Lembrei de você…….

comemorando idade nova hoje os amigos:  Marcílio Carrilho, Any Azevedo Cunha Lima, Walter Gomes, Marta Dias,Karina Lamas Abou Chakra, Pedro Rodrigues de Melo e Marilú di Santini. Felicidades!

Helô Rocha Lança Inverno 2016A estilista Helô Rocha comemora nova primavera. Parabéns!!!

Miss RN 2016

Hoje sobem ao palco do Teatro Riachuelo as vinte e seis candidatas a Miss RN 2016. O evento coordenado pelo colega George Azevedo, que promete dar um show acontece a partir das 20 horas.

A Band Natal, emissora que tem a exclusividade do evento, com produção do colunista e todo fashionista George Azevedo, transmitirá um programa especial, onde vai mostrar todos os momentos da festa, dos bastidores, a passarela do concurso.


post-miss-rn-2015-manoela-alves-14

 

Manuela Alves, Miss RN 2015

 

5 anos de Praia Bonita Resort

Na noite deste sábado (20.8.2016) o Resort Praia Bonita celebrou 5 anos em solo potiguar e elegeu a nova Garota Praia Bonita Brasil 2016. A vencedora foi Amanda Kaline, estudante universitária, 19 anos da Agência Estilo Modell. A segunda colocada foi a representa da Praia de Boa Viagem-PE, Eslovênia Marques e a terceira colocada foi Luana Klitzek de Balneário Camburíu.

Fotos: Elias Medeiros

DSC_0127 DSC_01341

IMG_0942 IMG_0954 IMG_0966 IMG_0989 IMG_0995 IMG_1005 IMG_1017 IMG_06002 IMG_06061 IMG_0265 IMG_0290 IMG_0619 IMG_0853 IMG_0914 IMG_0909 IMG_0889 IMG_0886 IMG_0868

Lembrei de você…

Os parabéns de hoje vão para: Luiz Eduardo Carneiro Costa, Paulo Monte Duarte, Cristina Raquel Guimarães, Antônio Teófilo de Andrade Filho, Fátima Carrilho de Oliveira, Glauberto Bezerra, Anilda Pereira de Medeiro e- Carlos Alberto Salustino Dutra. Felicidades!

10717779_10154708442715182_1059063990_n

Amanhece em idade nova hoje  Anísio Barreto de Paiva. Parabéns!

FÓRUM “PENSAR BRASIL” DA ASSEMBLEIA É ADIADO

O evento “Pensar Brasil – Fórum Legislativo”, que aconteceria na próxima quinta-feira (25), na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, foi adiado por motivos de saúde do palestrante, o economista Luiz Carlos Mendonça de Barros, ex-ministro e ex-presidente do BNDES.

O projeto, de iniciativa do Poder Legislativo estadual, pretende pensar o futuro do Brasil a partir dos cenários e implicações sociais, políticas e econômicas do Rio Grande do Norte e será retomado ainda neste semestre.

98772G-238f03c256f54cf180104e5d0a83b3c8

Berço da Cultura Popular, São Gonçalo promoveu o III Festival do Folclore

A 3ª edição do Festival de Folclore de São Gonçalo do Amarante marcou a terra que é Berço da Cultura Popular. O evento aconteceu na Praça Senador Dinarte Mariz com a apresentação de 16 grupos Folclóricos e Parafolclóricos do município e demais cidades do Estado, além de grupos da Paraíba.

Organizado pelo Centro de Projetos e Pesquisas Coco do Calemba o festival contou com recursos do Ministério da Cultura e o apoio logístico da Prefeitura Municipal de São Gonçalo do Amarante, através da Fundação Cultural Dona Militana.

Na oportunidade foram homenageadas personalidades que efetivamente contribuem para a construção de políticas culturais e mestres brincantes. Presente no evento e homenageado, o prefeito Jaime Calado destacou a importante contribuição da cultura para formação do cidadão. “Há o empenho de nossa gestão em promover políticas públicas que contribuam para produção cultural do município,” disse.

Para Ivani Machado, coordenadora do evento, o Centro de Projetos e Pesquisas Coco do Calemba não poderia deixar passar despercebido o mês do folclore, levando-se em consideração a importância que a cultura representa para a sociedade. “Apresentamos ao público o que temos de mais genuíno na cultura de nossa região, é o saber popular quebrando paradigmas e criando conceitos,” finalizou

.São Gonçalo

Juiz federal Ivan Lira de Carvalho é o mais novo cidadão norte-rio-grandense

O juiz federal Ivan Lira de Carvalho é o mais novo cidadão norte-rio-grandense. A honraria foi entregue durante sessão solene com o plenário e galerias da Assembleia Legislativa lotados. Autoridades políticas e do meio judiciário prestigiaram a homenagem. O deputado Hermano Morais (PMDB) foi o autor da proposição e destacou a contribuição de Ivan Lira numa vida dedicada ao Direito.

O presidente da Casa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB) destacou durante a solenidade que ocorreu na manhã da última sexta-feira (19), as qualidades do juiz Ivan Lira: “O homenageado é um cidadão do mundo, profícuo fazedor de laços locais, querido e respeitado no seu meio profissional, como professor universitário, homem de família, religioso e é um amigo que cultiva a amizade com excelência. O amor e entrega ao trabalho, aos amigos, as pequenas coisas do dia-a-dia ficaram claras no discurso do homenageado à terra que lhe acolhe como cidadão”, ressaltou Ezequiel Ferreira, ao saudar o novo cidadão norte-rio-grandense e informar da publicação do discurso proferido na sessão solene para que as futuras gerações possam ler e tirar ensinamentos de um apaixonado pelo que faz.

Hermano Morais destacou: “Ivan Lira tem uma vida marcada pela dedicação à família, aos amigos e ao Direito. Seja na academia ou no ofício do magistrado, conquistou a admiração e inspirou toda uma geração de aprendizes e profissionais”. O parlamentar ressaltou que o homenageado edificou a sua trajetória em muitos anos de aperfeiçoamento.

Natural de Alagoa Grande, no vizinho Estado da Paraíba, Ivan Lira passou a infância e adolescência em Cuité e chegou ao RN para concluir os estudos secundários no Colégio Atheneu. Cursou Direito na UFRN, concluindo em 1980 e em seguida se especializando em Direito do Trabalho, Direito Civil e Direito Penal. Exerceu as funções públicas de promotor de justiça, juiz substituto, juiz federal, diretor do foro, juiz do TRE, desembargador federal, professor universitário, entre outras.

HOMENAGEADO

Em seu pronunciamento, o juiz Ivan Lira historiou de forma poética e emocionada os lugares em que morou por força de sua atividade profissional. Afirmou que ambos os Estados, Paraíba e Rio Grande do Norte, lhe dão cidadania de origem e de adoção. Enalteceu as características e a cultura local de cada município. “Sou muito agradecido a Assembleia. Em especial ao deputado Hermano Morais. Se algum mérito os senhores viram na minha pessoa, decerto decorre da minha tentativa de acertar, da minha insistência em servir, da tentativa de não decepcionar aos que confiam na minha tarefa”, afirmou o juiz. Ivan Lira fez um agradecimento aos colegas e auxiliares e especialmente à sua família. “Sou agora, em repetição parafraseada, potiguar por afeto e por decreto e continuo sendo por isso mesmo, feliz”.

Ivan

R$ 1 mi é o prejuízo gerado pelo roubo de armas, coletes e munição das empresas de segurança do RN

Empresas de segurança de todo o país já acumulam milhões de reais em prejuízos decorrentes decorrente de assaltos a agências de bancos e correios. No Rio Grande do Norte a situação não é diferente, segundo revelou o diretor nacional da Federação Nacional de empresas de segurança e transporte de valores (Fenavist), o potiguar Edmilson Pereira de Assis, durante reunião da Federação, realizada essa semana na sede da CNC, em Brasília.

Edmilson Pereira destaca que no estado o prejuízo das empresas já atingiu nos últimos 12 meses a cifra de R$ 1 milhão, como consequência da ação de quadrilhas que roubam armas (escopetas e revólveres calibre 38, de fabricação especial), coletes a prova de bala e munição durante assalto a bancos ou as próprias bases operacionais das empresas. “Nos últimos seis meses, essas ocorrências aumentaram significativamente, principalmente em Pernambuco, que é o estado que mais sofre com esse tipo de ação no Nordeste”, destaca Edmilson Pereira.

O diretor da Fenavist destaca ainda que, além do prejuízo material, há um prejuízo invisível, que é o fato de criminosos se equiparem com os armamentos roubados. Edmilson Pereira estima que no Rio Grande do Norte esteja circulando, atualmente, cerca de 90 armas roubadas de empresas de segurança. “São armas na mão de bandidos, que vão fazer girar o mercado do crime e dos assaltos a bancos e agências dos Correios”, explica.

segurança

Hermano propõe disponibilização de armas não letais para agentes da Fundac

Os funcionários da Fundação Estadual da Criança e do Adolescente (FUNDAC), que no Estado executa o atendimento de menores infratores, pode ser autorizada a usar armas não letais. Isso se o projeto de Lei, de autoria do deputado Hermano Morais (PMDB), for aprovado na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte. O parlamentar apresentou a proposta por acreditar que os profissionais do CEDUC e CIAD, unidades de internação, ficam expostos a riscos.

“O nosso projeto autoriza o Poder Executivo a disponibilizar armamentos não leitais e equipamentos de proteção à vida aos servidores do quadro da FUNDAC. O desempenho das atividades destes profissionais merece preocupação e nossa proposta é que eles tenham capacitação prática e teórica de defesa pessoal, exames psicológicos, antes do uso do armamento, que deverá ser utilizado apenas mediante conduta agressiva do menor”, explicou.

Entre as armas que poderão ser disponibilizadas pelo Governo aos agentes estão as de choque, espargidores de agentes químicos, coletes, algemas, consideradas pela Lei como armas não letais, instrumentos de menor potencial ofensivo e capaz de controlar ações agressivas.

unnamed-16