Menu

Perito do ITEP desenvolve ferramenta para extrair imagens de câmeras

0 Comments

Câmeras de monitoramento e segurança são equipamentos que têm papel estratégico nas investigações policiais. No entanto, muitas vezes não é possível obter a senha do aparelho Digital Vídeo Recorder (DVR) para ter acesso a imagens. Há casos, ainda, em que os arquivos são propositadamente deletados do aparelho. Para estes casos, o perito criminal do Instituto Técnico-Científico de Perícia (ITEP-RN), Jossérgio Gouveia, desenvolveu, com sucesso, uma ferramenta tecnológica que permite acessar as imagens.

“A ferramenta é compatível com diversos modelos de aparelhos existentes no mercado e vem sendo sistematicamente aprimorada. Vem apresentando resultados satisfatórios em diversas perícias solicitadas ao ITEP-RN, inclusive, em casos tratados por peritos em outros estados que também já nos solicitam apoio. Uma de suas grandes vantagens é permitir análises mais elaboradas da situação das imagens no aparelho”, explicou o perito.

A tecnologia, desenvolvida no ITEP-RN, pode ser utilizada como meio auxiliar em casos onde há suspeita de remoção, apagamento, adulteração ou inacessibilidade às imagens de circuito de segurança e monitoramento. Também ajuda em casos nos quais o proprietário do circuito não fornece senhas, quando há troca de disco de armazenamento ou de discos ou aparelhos encontrados avulsos ou com tentativa de ocultação.

“A utilização da ferramenta não se resume somente à recuperação das possíveis imagens apagadas, mas também possibilita detectar e concluir por adulterações da atividade do aparelho e tentativas de prejudicar a investigação policial”, destacou Jossérgio.

Segundo o perito, que atua no Setor de Perícias de Informática e Audiovisuais, a ferramenta foi desenvolvida com base em trabalho apresentado no XXII Congresso Nacional de Criminalística, em Brasília, em 2013. A ferramenta também serviu de base para apresentação na Conferência Internacional de Ciências Forenses, também em Brasília, em 2017.