Menu

Parnamirim será homenageada pela contribuição à cultura

0 Comments

Troféu Cidade Cultural será concedido à prefeitura pelos investimentos na área cultural

Parnamirim tem história e cultura para preencher livros. Mas uma política articulada e voltada à seara da cultura vem de pouco tempo. A Fundação Parnamirim de Cultura é a responsável por esse trabalho de construção. E em apenas 15 anos de fundação tem feito seu dever de casa.

Como forma de reconhecimento ao trabalho realizado durante o ano de 2018, Parnamirim será homenageada com o Troféu Cidade Cultural, uma das honrarias criadas pelo Troféu Cultura para reverenciar o trabalho de pessoas, entidades e gestores que contribuem para a educação e a cultura potiguar.

O Troféu Cidade Cultural, voltado aos gestores, o Troféu Noilde Ramalho, para pessoas e entidades da educação, além da Medalha Djalma Marinho, para a cultura, serão entregues durante cerimônia promovida no próximo 21 de março, no auditório da Fiern. A premiação aos artistas acontece dia 2 de abril, no Teatro Riachuelo.

“As ações da Fundação Parnamirim de Cultura se desenvolvem em dois campos. O primeiro é na formação cultural. Atendemos 600 crianças por semana no campo da dança. E na formação de música, saltamos de 250 para 900 pessoas”, se orgulha o diretor da Fundação, Haroldo Gomes.

A segunda vertente, segundo ele, são os eventos, com o crescimento vertiginoso do carnaval, com o ineditismo de três polos carnavalescos este ano. E ainda o Festival de Dança, um dos principais do Nordeste. E ainda o roteiro junino da cidade, que inclui a tradicional Festa do Sabugo, também numa crescente abrangência.

“Haroldo Gomes, com apoio do prefeito Rosano Taveira, tem feito um trabalho voltado à formação e à diversão, com educação e entretenimento. Um exemplo de gestão eficiente que merece ser reconhecida”, comentou o idealizador do Troféu Cultura, Toinho Silveira.

Patrocínio
 
O Troféu Cultura 2018 tem patrocínio da Cosern e da Comjol, ambos por meio da Lei Câmara Cascudo, do Governo do Estado; e da Unimed e do Salão Nalva Lopes, pelo Programa Djalma Maranhão, da Prefeitura de Natal, além do apoio da Faculdade Uninassau e do Caxangá Restaurante.