Menu

Saúde e Educação reforçam apoio ao Programa Saúde na Escola

0 Comments

Os secretários de Saúde e da Educação do Estado, Cipriano Maia e Getúlio Marques, respectivamente, assinaram uma nota técnica em apoio ao desenvolvimento do Programa Saúde na Escola (PSE) na manhã desta quinta-feira (14). A proposta é fortalecer o suporte ao desenvolvimento de projetos na rede pública de ensino do Rio Grande do Norte.

O programa, criado em 2007 pelos Ministérios da Saúde e da Educação, prevê recursos financeiros aos municípios para realizarem práticas de prevenção e promoção da saúde no ambiente escolar a partir de 12 temáticas diferentes.

No RN, todos os 167 municípios aderiram ao PSE e é com o intuito de fomentar essas atividades que as secretarias estaduais da saúde e da educação monitoram as ações desenvolvidas. “Ao assinarmos esse termo, assumimos uma grande responsabilidade. Nos comprometemos a dar maior efetividade e impacto nos trabalhos a fim de contribuir com o cuidado integral dos jovens do nosso estado.”, ressaltou Cipriano Maia.

De acordo com Getúlio Marques, a iniciativa tem impacto positivo na qualidade de vida da comunidade escolar. “O programa é de muita importância para a população. E ele só existe se as áreas da saúde e da educação conseguirem se articular atendendo às crianças e aos adolescentes das escolas públicas. Com a nota, novamente, reforçamos nosso empenho em apoiar os municípios”.

Sobre o PSE

O Programa Saúde na Escola (PSE) trata de uma política intersetorial entre a saúde e a educação que oferta diversos serviços num mesmo território, propiciando a sustentabilidade, o desenvolvimento da cidade e a qualidade de vida dos jovens de todo o país.

Com o credenciamento, são destinadas verbas às cidades para empreenderem ações envolvendo temas como combate ao Aedes Aegypti, prevenção de violências e acidentes, incentivo à atividade física e verificação e atualização da situação vacinal.