Aquivos Coluna: FLASHES E BRILHOS

CASACOR destaca ambientes praianos para inspirar veranistas do RN

Mostra segue até o dia 29 de outubro no Aeroclube em Natal

Ambientes com referência em casa de praia prática e aconchegante para receber. Esse foi o desafio que alguns profissionais da CASACOR Rio Grande do Norte receberam para edição 2017. E como o Estado tem um litoral extenso e várias casas de praia, vale a pena visitar a mostra e conferir as tendências da arquitetura e decoração. E quem sabe já se preparar para receber bem no verão que se aproxima. Três ambientes se destacam para deixar o visitante ainda mais atualizado: Living da Praia; Varanda da Praia e Adega da Praia.

O Living da Praia, criado pela arquiteta e urbanista, Insara Gurgel, é um espaço acolhedor e ideal para o convívio familiar e receber os amigos. A inspiração veio da praia com o uso de materiais que remetem aos elementos terra e água.  A paleta de cores utilizada varia entre tons off white, cinzas, verdes e azuis.  Os materiais utilizados, como o teto em madeira, o piso cimentício e o revestimento 3D da parede, se harmonizam e criam uma atmosfera que convida à permanência. O layout define dois ambientes integrados, com uma mesa de varanda e o estar.

A arquiteta Claudiny Cavalcanti veio com proposta de uma varanda em uma praia urbana. O ambiente ‘Varanda da Praia’ usa tons de cinza expressos no revestimento com efeito concreto se une ao amadeirado de parte do teto e com os quadros em tons de azul, cores que não podem faltar em ambientes praianos. Elementos naturais e rústicos também estão presentes na Varanda da Praia, o que a torna aconchegante e projetada para encontros e reencontros, principalmente com a presença de um sofá com quase cinco metros e um design orgânico. 

A Adega da Praia é outo ambiente que chama atenção. Criado pela arquiteta Fernanda Bezerra, o espaço é aconchegante, despojado e marcante. Seu teto inclinado é destacado pelas tesouras em MDF na cor verde, predominante no ambiente. Com layout leve, a proposta é integrada a um living, o ambiente conta com espaço para duas adegas climatizadas adaptadas em uma caixa de vidro a qual concede leveza ao ambiente. Uma parede recebe revestimento cimentício que emprega o conceito de rusticidade da tradicional pedra esculpida. Em resumo, o espaço é bem contemporâneo com toques de rústico chic.

A CASACOR Rio Grande do Norte funciona de terça-feira a domingo, das 16h às 22h, no Aeroclube, no bairro do Tirol em Natal. A Mostra segue até o dia 29 de outubro.

Suvinil apresenta estudo colaborativo e elege cor Terra Roxa para 2018

A cor escolhida para 2018 pela marca é Terra Roxa

n  Este tom terroso exprime um desejo comum de levar a natureza para dentro de casa, além de estabelecer conexões mais profundas com a essência e origem de cada um

n  Este ano, a marca foi pioneira em um estudo colaborativo com profissionais que trabalham cores sob as mais diferentes perspectivas

A Suvinil, como referência de mercado, se antecipa mais uma vez e inova em seu estudo, com uma visão mais ampla das tendências de cores. Acompanhando o movimento de não ditar, mas cocriar e colaborar, para 2018, a marca investe em um conceito que tem como resultado autonomia e diversidade, ou seja, mais que escolher a cor do ano, a marca propõe caminhos para descoberta do tom de cada pessoa.

A Suvinil observou que na pluralidade do mundo atual não cabe mais apontar uma cor do ano para todos. Além de escolher qual é a sua tonalidade, é necessário oferecer ferramentas para cada pessoa escolher o seu tom, que pode ser diferente da marca. Para colocar esse conceito em prática, participaram e contribuíram com o estudo profissionais referência de diferentes áreas de atuação, como arquitetos, designers, floristas, consultores comportamentais: Andrea Bisker, Jackson Araújo, Michele Okuhara, Lucas Liedke, Carlos Pazetto, Guto Requena, Glauco Diógenes e Tatiana Pascowitch.

Dentro do estudo, a Suvinil identificou um anseio atual por uma vida mais humana e elegeu a cor Terra Roxa como um emblema para 2018, que transmite essa busca pelo natural. Esse tom terroso alaranjado exprime o desejo comum de levar a natureza para dentro de casa e estabelecer conexões mais profundas com a nossa essência e ancestralidade, além de manifestar a valorização das relações pessoais, em detrimento das virtuais.

“Observamos esse movimento de aproximação com as nossas raízes no ano passado, quando adiantamos a tendência de tons terrosos na decoração. Para 2018, trazemos uma evolução desta tendência e na forma como enxergamos o nosso estudo, que foi feito de maneira colaborativa. Afinal, o mundo está mais múltiplo, a diversidade e a cocriação ganham mais força a cada dia. Por isso, nós trouxemos a cor do ano da Suvinil, mas desafiamos as outras pessoas a descobrirem qual é a sua. Afinal, se o universo cromático é tão vasto, por que escolher apenas uma cor do ano?”, comenta Juliana Hosken, diretora de marketing da Suvinil.

As tendências servem como um guia para ajudar a optar em meio a tantas opções e a nos aproximar de determinados grupos ou comportamentos. Por séculos, os poucos corantes disponíveis estiveram em poder da nobreza e do clero. A democratização da oferta, com a Revolução Industrial, trouxe um desafio: como fazer escolhas, em meio ao excesso de informações e opções? A solução foi promover tendências – interpretação de ideias e desejos compartilhados pela sociedade naquele momento.

Hoje, porém, essa dinâmica está mudando. Vivemos um tempo de liberdade e individualidade, de consumidores que valorizam a interação com sua marca preferida, de humanização, ou seja, voltamos a ser pessoas que se comunicam e trocam experiências entre si. Protagonistas de nossas verdades e com acesso mais rápido às informações, nos tornamos senhores de nossas escolhas e cores, pois sabemos o que nos faz bem, o que traduz nosso momento e o que cada cor nos transmite. A Suvinil não só enxerga esse movimento, como o apoia e, por isso, questiona o sentido de apontar uma única cor do ano, afinal, cada um pode ter a sua.

Para 2018, a Suvinil traz suas tendências baseadas em três pilares distintos:Ideológico, Natural e Magnético. Estes três temas, que são diferentes, mas podem se complementar, contemplam as características atuais da nossa sociedade, que busca cada vez mais por pluralidade, colaboração, diversidade e humanização

CASACOR Rio Grande do Norte 2017 apresenta projeto ousado e inédito

Mostra acontece em Natal-RN e alia decoração, arquitetura a conscientização ambiental

Até o dia 29 de outubro, o público poderá contemplar a maior e melhor mostra de arquitetura, design de interiores e paisagismo das Américas, que acontece no Aeroclube de Natal, localizado na Avenida Hermes da Fonseca, bairro Tirol. Em sua 4ª edição em terras potiguares, a CASACOR Rio Grande do Norte, trouxe para este ano o lema “Foco no Essencial” e, pensando nisso, os profissionais envolvidos na Mostra se dedicaram em pesquisas e olhares mais apurados para trazer novos conceitos e formas construtivas com menos impactos à natureza.

Dentro dos seus 31 ambientes, a Mostra emprega o conceito sustentável em detalhes, adornos, materiais e estruturas. Um dos exemplos que deixa este conceito em total evidência é o projeto ousado e inédito da arquiteta Olga Portela, em transformar um enferrujado silo (tonel) de óleo de castanha, esquecido há anos em um depósito de ferro na cidade de Macaíba (região metropolitana de Natal), em uma charmosa e aconchegante doceria, o Silo de Açúcar (produtos da Rafaela Fontes Chocolateria). De acordo com Olga, a ideia inicial era utilizar um container. “Minha ideia era agregar valores, não só arquitetônicos, mas também ambientais. Queria utilizar materiais já existentes que me proporcionasse a redução significativa de subsídios e recursos naturais, pois sempre procuro dar aos meus projetos, novas aplicações a materiais. Mas, sem dúvida nenhuma, esse foi o meu maior feito neste sentido”, explica Portela.

Entre os desafios: transformar o tonel em um espaço comercial e funcional, que permeasse a delicadeza e o conforto. Dentro da proposta sustentável do Silo de Açúcar, a arquiteta utilizou placas fotovoltaicas para gerar e abastecer o ambiente com a energia solar. Na parte interna utiliza pisos em porcelanato de uma empresa certificada pela Scientific Certification System – SCS, filiada ao U.S. Green Building Certification, os móveis são produzidos com madeiras reflorestadas, instalações com lâmpadas de LED, sistema de climatização tipo A e porta automática que assegura a economia de energia.

O Silo inspira e expira reflexões aos visitantes. “Quero que todos repensem suas ações no presente, onde fazer o mais com menos tem relevância e insere valores no cotidiano das pessoas, de forma que os fatores econômicos, sociais e ambientais permaneçam sempre na mesma sintonia”, conclui a arquiteta Olga Portela. Além deste, outros ambientes se destacam no âmbito sustentável ou no uso de materiais com baixo valor para manutenção, como a Recepção concebida pela arquiteta Viviane Teles que já conta com mais de 30 anos de atuação, com ênfase em projetos sustentáveis, a Fachada e Passeio de Nilberto Gomes e Haroldo Maranhão, a Sorveteria de Mariana Lopes e Nathalia Bocayuva, a Adega de Débora Farias, a Varanda da Praia de Claudiny Cavalcanti, o Living e Lavabo projetado por Lorena Azevedo, a Cozinha de Gladys Fernandes e Yeda Maria Leite, o Home Office de Nadiedja Melo e a Confraria de Ana Clara e Ceres Madruga.

Cantata para os Santos Mártires será apresentada daqui a uma semana

São Gonçalo do Amarante abraça espetáculo que homenageia os santos potiguares

 Ensaio geral será na próxima quinta (26) – para imprensa, autoridades e convidados – no Monumento dos Mártires de Uruaçu, em São Gonçalo do Amarante, a partir das 19h, e dá início ao grande espetáculo de rua patrocinado pelo Governo do Estado, chamado Cantata para os Santos Mártires, pensado para homenagear os agora 30 santos potiguares que foram recentemente canonizados pelo papa Francisco. Nos dias 27 e 28, o público também poderá presenciar o trabalho dos atores e coro que está sendo dirigido pela coreógrafa Diana Fontes, no mesmo horário e local. No dia 29, o espetáculo se desloca para a Igreja Matriz de São Gonçalo e se une às celebrações do santo padroeiro da Cidade. E no dia 30, o espetáculo virá para Natal.

A Cantata para os Santos Mártires tem roteiro e direção musical do renomado músico Danilo Guanais. Ele baseou sua história em escritos dos pesquisadores padre Antonio Murilo de Paiva e monsenhor Paulo Herôncio de Melo. Desde o início do mês os ensaios estão em ritmo frenético. Tudo para deixar os atores e participantes do Coro afinados com a história do massacre dos Santos Mártires. Lembrando que o Coro vai dublar as experientes vozes do Coral Canto do Povo.

A Cantata para os Santos Mártires é patrocinada pelo Governo Cidadão, via Banco Mundial, e envolve várias secretarias como Sethas, Setur, Fundação José Augusto, além do apoio da Prefeitura de São Gonçalo e Arquidiocese de Natal; conta com produção executiva de Danielle Brito; figurino de Riccardo San Martini; assistência de direção e produção, Gleydson Almeida e Flávio Henrique e projeção mapeada de Wilberto Amaral. De acordo com a presidente da Fundação José Augusto, o governo do estado não tem medido esforços para celebrar esse grande feito religioso no Estado, com reflexos não só na fé católica, como também em setores importantes como o turismo religioso e na economia.

A maior parte dos participantes do espetáculo, que mistura teatro e música, com temática sacra e, por isso, é diferente de um Auto, são oriundos da própria cidade de São Gonçalo do Amarante. Segundo eles, a experiência tem sido enriquecedora para uma cidade que já respira cultura há muito tempo e tem familiaridade com a temática dos Mártires, mas que no entanto nunca haviam contado essa história a partir de uma cantata. “Estamos aliando a história que é deles, com a nossa experiência. E tem sido muito bom para todos nós”, disse Diana Fontes.

Tom Cavalcante volta ao Teatro Riachuelo em novembro

Espetáculo Stomdup volta aos palcos do Rio de Janeiro, Natal e Fortaleza. A realização é da Opus e TC Produções Artísticas.

 Após o sucesso da temporada nos meses de abril e maio desse ano, que passou por sete cidades brasileiras e esgotou em todas as praças, o espetáculo “STOMDUP” de Tom Cavalcante volta para novas apresentações no Rio de Janeiro (dia 01 de novembro, no Teatro Bradesco Rio); Natal (dia 30 de novembro, no Teatro Riachuelo); Fortaleza (dia 01 de dezembro, no Teatro RioMar Fortaleza). Arealização é da Opus TC Produções ArtísticasOs ingressos já estão à venda. Confira o serviço completo abaixo. 

 

No palco, Tom canta suas perfeitas imitações de grandes nomes da música, entre outras surpresas. Cada apresentação tem seus diferenciais, pois Tom trabalha suas crônicas e piadas em cima das atualidades do Brasil e do mundo, com uma boa dose de improviso, que ele domina tão bem. As observações do comportamento humano e o olhar atento sobre a política do país somam-se às hilariantes imitações de personalidades da televisão e aos personagens originais do humorista, como o hilário João Canabrava, O velho contador de causos Sr. Venâncio, a petulante doméstica Jarilene. Com licença, obrigada.

Senhoras e senhores divirtam-se! Com vocês Tom Cavalcante. Absolutamente imperdível.

Duração: 90 min.
Classificação: Livre

Dia 01 de novembro, no Teatro Bradesco Rio (Rio de Janeiro/RJ)

Dia 30 de novembro, no Teatro Riachuelo (Natal / RN)

Dias 01 de dezembro, no Teatro RioMar Fortaleza (Fortaleza/CE)

Nalva Lopes Hairdresser ofecere liquidação imperdível de produtos de beleza

È isso mesmo que você viu!

Nalva Lopes Hairdresser está com uma liquidação imperdível, vários produtos com desconto de até 30% , veja alguns dos produtos. Lembrando que tem muito mais.

Av. Amintas Barros, 2107 – Lagoa Nova, Natal – RN, (84) 3231-0011
Vale a pena, venha conferir!

 

Natal recebe a maior imersão digital do Norte e Nordeste: Digital Training Weekend

A capital potiguar recebe nos dias 18 e 19 de novembro um dos maiores eventos de estratégias de mídias do Norte e Nordeste: o Digital Training Weekend (DTW). Idealizado pela Berlim Digital, o projeto conta com suporte do time: Fellipe Maia, Paulo Filho e Tiago Moura e tem o propósito de ser um final de semana de debates com os melhores profissionais das áreas que englobam os três pilares do evento: Comunicação, Futurismo e Negócios. O DTW vai ocorrer no Hotel Ocean Palace, das 8h30 às 19h.

Sucesso de público e conteúdo em Recife-PE, o evento chega a Natal com grandes nomes do mercado como Fábio Prado (foto), fundador da AdResults, e eleito o profissional de Facebook Ads mais influente pela Alexandra Marketing.  Também já confirmada presença de André Ferraz (foto), CEO da In Loco Media, startup eleita uma das mais promissoras do mercado publicitário no Cannes Lions de 2015 e detentora da tecnologia de geolocalização mais precisa do mundo de acordo com a Microsoft. E muitos outros profissionais, com conteúdo comprovadamente de qualidade, como: Débora Torri (foto) e Jacques Barcia (foto).

O Digital Training Weekend está no segundo lote e tem como opções de investimentos: meia R$ 145,00, social R$ 217,50 e Inteira R$ 290,00 já disponíveis no site www.digitaltw.com.br.

Para validação do ingresso social, o portador deve levar um livro em bom estado para doação na entrada do evento. Não serão aceitos livros didáticos, técnicos, religiosos, políticos, eróticos, pornográficos, fotográficos e de língua estrangeira.

 CURRÍCULO DOS PARTICIPANTES:

André Ferraz:

CEO da In Loco Media, apontada pelo Cannes Lions como uma das 10 startups mais promissora do mercado publicitário do mundo e bronze no MMA Smarties Latam 2016. A in Loco possui a maior rede de anúncios mobile do Brasil, com uma tecnologia única no mercado mundial, consegue fazer o mapeamento do consumidor no mundo offline e entregar anúncios digitais com assertividade de 1 metro.

Fábio Prado:

Professor do Face Ads Descomplicado e diretor da Ads Results, agência com ampla experiência em Facebook e Instagram Ads, que tem no portfólio clientes como: Lucas Lucco, Fernando e Sorocaba, Marcos & Belutti, entre outros. Eleito nos últimos 3 anos como a principal referência em Facebook Ads do Brasil, palestrou nos principais eventos de comunicação do Brasil, como: RD Summit, Social Media Week SP, Locaweb, Search Masters Brasil, entre outros.

Débora Torri:

Gerente de conteúdo na Think Olga, ONG que luta pelos direitos das mulheres e que criou campanhas contra a violência de gênero como #ChegadeFiuFiu e #PrimeiroAssédio. Já passou por agências como SalveTribal Worldwide e RIOT atuando em diversas campanhas digitais, entre elas #VelhaPraIsso e #QuemÉVocêNaRua, da Natura.

Jacques Barcia:

Futurista, membro da APF (association of professional Futurists), certificado pelo Institute For The Future, consultor de tendências do Porto Digital do Recife e fundador da Futuring Today. Jacques palestrou em diversos eventos, alguns internacionais, como o Friends of Tomorrow.

Dia Mundial da Alimentação: oportunidade de alerta sobre a nossa relação com a comida

Segundo dados da Organização Mundial da Saúde, na última década o aumento de obesidade e diabetes foi de 60% e 61%, respectivamente

  Criado na década de 1940, o Dia Mundial da Alimentação é comemorado no dia 16 de outubro com a finalidade de alertar a população sobre a necessidade de uma nutrição consciente e hábitos alimentares saudáveis. O tema tem ganhado bastante espaço com a publicação de dados alarmantes, que indicam o aumento da obesidade, colesterol e hipertensão. Com isso, é conveniente pensarmos se estamos indo na direção correta em busca de uma alimentação mais equilibrada ou fazendo o caminho contrário?

                Antes de mais nada, é preciso entender a relação que vem sendo criada com a alimentação ao longo dos últimos anos. Cada vez mais comuns no dia a dia de muitas pessoas, as dietas restritivas, por exemplo, levantam o seguinte questionamento: fazemos do alimento um aliado ou um inimigo? A nutricionista Marcia Daskal comenta: “A ciência da nutrição já passou por diversas fases. Ovos, pães, manteiga, leite e muitos outros alimentos já foram vistos como vilões da nossa dieta. A comida virou tema científico, com quantidade, jeito certo de preparar e de consumir”.

Buscar uma dieta saudável tem a ver com a relação que se tem com o alimento em si. Com tantas recomendações sobre o que deve ser ingerido, além das proibições, a informação que chega ao consumidor dificulta sua educação e autonomia no momento de definir o que pode ser incluído na rotina, e como isso deve ser feito – e isso vale principalmente para aqueles alimentos que proporcionam a sensação de prazer.

“Sentir-se feliz com a comida e com o próprio corpo não é uma realidade tão distante de nós a ponto de não podermos mudar o rumo da nossa alimentação. Quando foi que deixamos de levar marmita da festinha, com bolo e brigadeiro, para levar marmita para a festa? Comer não tem que ser chato e nem científico”, afirma a nutricionista.

Medidas que buscam controlar o consumo de alguns alimentos, como é o caso do aumento de impostos sobre bebidas açucaradas, ainda são vistas como maneiras eficazes para alcançar esse objetivo, quando, na verdade, são uma forma de punição ao consumidor. “As pessoas devem ser informadas sobre os nutrientes dos alimentos, e não aterrorizadas. A informação deve ser clara e a decisão deve partir do consumidor. Não basta dizer ‘coma isso’, ’não chegue perto daquilo’ ou taxar produtos para inibir seu consumo”, comenta Márcia Daskal. Para isso, a chave é, mais uma vez, a educação, junto do equilíbrio e bom senso.

A nutricionista ressalta: “Antigamente, os cientistas não entendiam como os franceses não tinham colesterol alto e problemas do coração, mesmo comendo gordura e açúcar, o que ficou conhecido como “O Paradoxo Francês” e dominou a mídia nos anos 1990. Porém, depois de certo tempo, ficou comprovado que a justificativa é o estilo de vida que levavam (e ainda levam) — eles caminham, cozinham, comem com calma e em porções pequenas — o que faz com que comer açúcar e gordura e tomar vinho não tenha um impacto negativo na saúde”.

A melhora da qualidade de vida, portanto, não está somente atrelada aos hábitos alimentares. Segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS) publicados em 2016, a equação não é tão simples assim. Os resultados da pesquisa realizada indicam que a população brasileira passou, ao longo dos últimos anos, a ter hábitos de vida mais saudáveis, aumentando o consumo regular de frutas e hortaliças e reduzindo o de refrigerantes e sucos artificiais. Porém, os índices de obesidade, hipertensão e diabetes continuam altos.

Segundo dados do VIGITEL Brasil 2016, o brasileiro está passando por um momento de transição, saindo da desnutrição e caminhando para a obesidade. Só nos últimos 10 anos, o aumento no índice de obesidade foi de 60%”. Doenças cardiovasculares, respiratórias crônicas, diabetes e câncer respondem por 74% dos óbitos no Brasil e são as principais causas de mortes no País.

Para o preparador físico Marcio Atalla, “ainda que exista a redução no consumo da gordura, sal, açúcares e mais frutas, fibras ou alimentos in natura, nada vale se não nos atentarmos para a relação entre a quantidade de calorias consumidas e gastas. Dessa forma, a atividade física é um fator determinante para a saúde da população”, comenta. Além disso, 78% das pessoas são consideradas sedentárias por não atingirem o mínimo de atividade física proposta pela OMS.

Marcio acredita que “atividades físicas regulares, que estejam adequadas ao estilo de vida de cada um e que se sustentem por mais tempo, são recomendações que devem ser seguidas por todos. Com isso, pode-se adquirir o equilíbrio, comendo de tudo um pouco”. Extremismos em dietas e atividades físicas tendem a não ser sustentáveis por muito tempo, o que dificulta o controle da própria saúde.

Com isso, é evidente a necessidade de implementação de políticas públicas que mostrem o caminho a ser seguido e auxiliem nessa trajetória. “Assim como a mãe que apenas proíbe o filho de comer doce, mas a criança continua pedindo aquele brigadeiro, de nada adianta a imposição se não há educação”, completa Atalla.

Para comer, não é preciso receita, apenas bom senso, porque saudável é comer de tudo. “Isso faz com que a pessoa se alimente de forma mais tranquila. A proibição gera desejo e compulsão. Mais saciadas, as pessoas passam a comer menos e somente quando têm vontade”, finaliza Marcia.

Dia das Crianças: Rio Center promove encontro de Moana e Maui com os pequenos

O Dia das Crianças terá um toque a mais de magia para os pequenos que forem à Rio Center do Natal Shopping nesta quinta-feira, 12, entre as 14h e as 18h. A rede reunirá em um encontro especial Moana e Maui, os personagens centrais da animação da Disney com maior faturamento no Brasil em todos os tempos.
O encontro encerra a programação especial pensada para as crianças, que começou no último dia 3. Em outros momentos, elas brincaram, vibraram e fizeram fotos com a Cinderela, o Thor, a Branca de Neve e o Super Homem.
Além dos personagens, a loja terá um cantinho especial onde acontecerá distribuição de revistinhas e material impresso para colorir, e serão servidas  guloseimas. Os lanches do Pittsburg estão no cardápio.

Troféu Cultura anuncia indicados e abre votação para o internauta neste domingo

Internauta poderá votar nos seus preferidos em 14 categorias; resultado sai em dezembro

Agora é com você, leitor ou internauta. Os 70 indicados nas 14 categorias da maior premiação da cultura potiguar estão definidos e agora o público é quem escolhe os vencedores da 14ª edição do Troféu Cultura.

Todos os indicados foram definidos por um time de especialistas em cada área artística e anunciados na noite de ontem (7) durante prestigiada festa realizada na Pinacoteca do Estado, com shows e a presença de artistas, intelectuais e produtores.

O sistema de votação está abrigado no site Papo Cultura (www.papocultura.com.br) e começa hoje, a partir das 12h. Para votar, você acessa o site ou este link AQUI e, no Menu superior da página, está a aba para o Troféu Cultura. Basta clicar e preencher um formulário para iniciar a votação.

O sistema de votação este ano está ainda mais seguro. Mantém a votação única por IP de computador, aliado às informações do votante, com informações de nome, CPF, e-mail, profissão e local, depois validados por códigos de softwares.

O internauta poderá escolher entre os destaques no Audiovisual, na Literatura e nas Artes Visuais, Melhor Produtor(a) Cultural, Melhor Fotógrafo(a), Melhor Banda, Melhor Show, Melhor Cantor e Cantora, Melhor Ator e Atriz, Melhor Espetáculo de Dança e de Teatro, além do Artista do Ano.

A votação permanecerá aberta até 12 de dezembro. E durante esses dois meses o Troféu investirá na divulgação de cada categoria e seus indicados. O anúncio dos vencedores será feito durante festa agendada para 18 de dezembro, no palco do Teatro Riachuelo.

A solenidade de ontem contou com patrocínio da Suvinil e da Mercedes Bens e apoio da Ambev. O projeto do Troféu Cultura conta com patrocínio, por meio da Lei Câmara Cascudo e do Programa Djalma Maranhão, da Cosern Neonergia, Comjol, Unimed Natal e Hospital do Coração.

Veja os cliques de Abner Alves