Menu
out 17
2018

Horário de verão começará dia 4, no primeiro dia do Enem

O Palácio do Planalto informou  que o início do horário de verão será mantido no dia 4 de novembro, cancelando um novo adiamento.  Os estudantes potiguares que irão fazer o Enem deverão ficar atentos às mudanças nos horários de abertura e fechamento dos portões nos locais de provas, que ocorrerão nos dias 4 e 11 de novembro.

Portões dos locais de provas no RN abrem às 11h e fecham ao meio-dia; provas iniciam às 12h30

Portões dos locais de provas no RN abrem às 11h e fecham ao meio-dia; provas iniciam às 12h30

 

Geralmente, o horário começa em outubro, mas foi adiado para novembro em virtude do segundo turno das eleições. No começo do mês, a União chegou a anunciar que adiaria o início do horário de verão para o dia 18 de novembro por causa de um pedido feito pelo Ministério da Educação para não prejudicar os candidatos do Enem.  A negativa do Planalto ao pedido veio após estudo de viabilidade feito pelos ministérios de Minas e Energia e Transportes. Segundo a assessoria do Planalto, a análise dos ministérios concluiu a inviabilidade de nova mudança no horário de verão, sem detalhes da decisão. Na época em que foi anunciado o adiamento, a medida foi criticada pela Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear). Segundo a associação, a mudança da data acarretaria “sérias consequências” ao planejamento das operações e, consequentemente, para quem adquiriu passagens antecipadamente, afetando 3 milhões de passageiros.

Atenção aos horários
A partir da meia-noite do dia 4 de novembro, moradores dos estados listados abaixo deverão adiantar o relógio em uma hora.

São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e no Distrito Federal.

Provas (horário de Brasília)
Abertura dos portões: 12h (horário de Brasília)

Fechamento dos portões: 13h (horário de Brasília)

Início das provas: 13h30 (horário de Brasília)

Saída: a partir das 15h30 sem o caderno de provas; a partir das  18h30 (horário de Brasília) com o caderno de provas;

Fim do Exame: 19h (horário de Brasília)

Estados sem horário de verão:
Acre, Alagoas; Amapá; Amazonas; Bahia; Ceará; Maranhão; Pará; Paraíba; Pernambuco; Piauí; Rio Grande do Norte; Roraima e Rondônia Sergipe e Tocantins.

No Rio Grande do Norte:
11h – Horário local

Abertura dos portões

12h – Horário local

Fechamento dos portões

12h30 – Horário local

Início das provas

14h30 – Horário local

Saída permitida sem o caderno de provas

17h30 – Horário local

Saída permitida com o caderno de provas

18h – Horário local

Fim do horário das provas

out 17
2018

PF pede bloqueio de bens de Temer e a prisão do Coronel Lima

Presidente Michel Temer no dia 7 de outubro.
Presidente Michel Temer no dia 7 de outubro. MARCELO CHELLO EFE

Na conclusão das investigações do inquérito dos portos entregue ao Supremo Tribunal Federal (STF), a Polícia Federal pediu o indiciamento e o sequestro e bloqueio de bens do presidente Michel Temer, a filha dele Maristela Temer, do ex-assessor especial da Presidência Rodrigo Rocha Loures e de outros oito investigados, conforme despacho do relator do caso na corte, Luís Roberto Barroso, a que a Reuters teve acesso.

No relatório final, a PF também solicitou ao Supremo a prisão preventiva do coronel João Baptista Lima Filho, amigo de Temer, da arquiteta Maria Rita Fratezi, mulher do coronel, e outras duas pessoas. Em despacho desta terça, Barroso disse que vai aguardar a manifestação da Procuradoria-Geral da República a respeito dos pedidos feitos pela PF antes de decidir. A PGR poderá oferecer denúncia contra Temer.

Se isso ocorrer, seria a terceira contra o atual chefe do Poder Executivo —as outras duas ele conseguiu barrar o prosseguimento na Câmara dos Deputados, que não deu aval para o STF julgar as acusações criminais e que ficaram suspensas até ele deixar o cargo.

Ainda assim, de antemão Barroso decidiu proibir os investigados que tiveram a prisão preventiva requerida pela PF de deixarem o Brasil.

“Aguardarei a manifestação do Ministério Público quanto aos requerimentos de sequestro e bloqueio de bens, assim como do pedido de prisão preventiva. Determino, no entanto, desde logo, a proibição de se ausentarem do país aos investigados que tiveram sua prisão processual solicitada pela autoridade policial”, disse Barroso.

Segundo o ministro do STF, a PF decidiu apontar o indiciamento dos investigados pelos crimes de corrupção passiva, corrupção ativa, lavagem de dinheiro e organização criminosa. O ministro cita que essa organização está “dividida em quatro núcleos: político, administrativo, empresarial (ou econômico) e operacional (ou financeiro)”.

Na lista de indiciados estão Antônio Celso Grecco, ex-presidente da Rodrimar, Ricardo Conrado Mesquita, ex-diretor da Rodrimar, sócio do grupo Libras, Gonçalo Borges Torrealba.

“De acordo com o relatório, foram produzidas, no âmbito do inquérito, provas de naturezas diversas, que incluíram colaborações premiadas, depoimentos, informações bancárias, fiscais, telemáticas e extratos de telefone, laudos periciais, informações e pronunciamentos do Tribunal de Contas da União, bem como foram apurados fatos envolvendo propinas em espécie, propinas dissimuladas em doações eleitorais, pagamentos de despesas pessoais por interpostas pessoas —físicas e jurídicas—, atuação de empresas de fachada e contratos fictícios de prestação de serviços, em meio a outros”, informa Barroso, citando o relatório da PF.

O inquérito dos portos foi aberto em setembro do ano passado, diante da suspeita de que Temer teria recebido propina, por meio do então assessor especial Rodrigo Rocha Loures, para editar um decreto que beneficiou a Rodrimar em alterações legais para o setor. Mas, no curso das apurações, outros crimes foram sendo investigados.

A defesa de Temer informou à Reuters na noite desta terça que ainda não tinha tido acesso ao relatório final da apuração e que vai se manifestar na quarta-feira.

out 17
2018

Denúncias de irregularidades nas votações serão ‘online’

Os eleitores poderão fazer denúncias sobre fake news ou irregularidades no processo de votação no segundo turno das eleições, que serão registradas em tempo real e disponibilizadas on line para acompanhamento da apuração do caso. A presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministra Rosa Weber e o  ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, assinaram , ontem, um termo de orientação conjunta com diretrizes a serem seguidas por mesários e presidentes das seções eleitorais diante de denúncias sobre fraude nas urnas.

Presidente do TRE-RN, Glauber Rego participa de teleconferência com a presidente do TSE, Rosa Weber

Presidente do TRE-RN, Glauber Rego participa de teleconferência com a presidente do TSE, Rosa Weber

 

Nesses casos, os mesários e presidentes de seção deverão fazer o registro das denúncias e enviá-las em tempo real ao sistema da Justiça Eleitoral, por meio de uma funcionalidade acrescentada ao aplicativo Pardal, que já se encontra disponível.

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), desembargador Glauber Rego, informou aos membros da Corte, na sessão ordinária de ontem, que já na segunda-feira (15), que havia participado de videoconferência com outros presidentes de TREs, na qual a presidente do TSE explicava como vão ser feitas as aferições de fake news para o segundo turno do  pleito eleitoral, que no Rio Grande do Norte inclui a disputa pelo governo estadual entre os candidatos Fátima Bezerra (PT) e Carlos Eduardo (PDT).

Primeiro turno

Até ontem à noite, o sistema Pardal do TRE do Rio Grande do Norte havia registrado 1.300 denúncias de eleitores, desde o inicio da campanha eleitoral para o primeiro turno das eleições. Metade das denúncias, 645, referiam-se a realização de propaganda eleitoral irregular, outros 25% eram de crimes eleitorais diversos, com 324 casos, enquanto só 25% restantes das denúncias eram de outros  (11%), com 141 denúncias e ainda compra de votos, uso da máquina pública e doações e gastos ilícitos de campanha (14%), com 190 casos de denúncia.

Aplicativo Pardal recebe as denúncia enviadas pelos eleitores que podem incluir imagens

Aplicativo Pardal recebe as denúncia enviadas pelos eleitores que podem incluir imagens

“A grande vantagem aqui é que toda e qualquer denúncia estará registrada e colocada em rede aberta, e vocês vão poder conferir o se, o quando e o como, e qual o resultado daquela apuração. Essa é amaneira mais transparente que você pode dar a qualquer tipo de problema que seja verificado por qualquer eleitor ou eleitora”, disse Jungmann após assinar o termo, no TSE.

Segundo o ministro, o objetivo é desencorajar que denúncias sejam feitas após o eleitor deixar a seção eleitoral. Desse modo, acredita o ministro, ficaria mais fácil separar situações verdadeiras de boatos que tenham como objetivo somente abalar a credibilidade da urna eletrônica. Ainda de acordo com Jungmann, reclamações posteriores necessitariam assim apresentar também uma justificativa para não terem sido feitas na hora da votação.

“Acredito que qualquer denúncia que venha a ser feita, deve ser devidamente investigada e apurada. Agora, não entendo por que se você tem a mesa ali, o mesário está ali, o presidente [da seção] está ali, ele tem um aplicativo, tem a determinação de fazê-lo [registrar a denúncia], por que fazer depois? No mínimo uma justificativa tem que ser dada a esse respeito”, defendeu o ministro.

Jungmann informou que espera receber até o fim de semana um relatório da Polícia Federal (PF) com o resultado das investigações sobre todas as irregularidades em urnas eletrônicas relatadas no primeiro turno das eleições. Ele disse que “quem usa fake news para tirar a credibilidade ou para deturpar ou causar comoção, aí de fato não tem jeito, tem que ser punido”.
Denúncias no Pardal 

1.300 casos

645 de propaganda irregularidades

324 de crimes eleitorais

141 de outros

92 de compra de votos

91 de uso da máquina pública

07 de doações e gastos ilícitos

Fonte – Justiça Eleitoral

out 17
2018

Oktoberfest já tem data em Natal

Arena das Dunas recebe Festa Alemã, com cinco bandas renomadas e open bar

A tradicional festa alemã Oktoberfest chega à Arena das Dunas, em sua primeira edição, com tudo o que mais gostamos: open bar de cerveja e música de qualidade.  Considerada  a maior festa de cerveja que Natal já viu, a tradicional festa alemã acontece no dia 27 de outubro, das 16h às 22h e promete muita cerveja e música boa.

Para essa edição, sobe ao palco cinco bandas. Os veteranos e irreverentes da banda paulistana Velhas Virgens, que trazem a Natal, sua mais nova turnê  “Velhas Virgens 30 anos” e as já conhecidas e consolidadas bandas locais: Sfinge, Mobydick, Uskaravelho e Stoneglass.  A Banda  paulista é ícone indiscutível do cenário do rock independente nascida nos anos 80, e carrega na bagagem mais de dois mil shows realizados por todo o Brasil. Muitas músicas são esperadas pela banda Velhas Virgens , para a Oktoberfest , entre elas não poderão faltar os clássicos “Toda Puta Mora Longe”, “Beijos do Corpo” e “Abre Essas Pernas pra Mim”.

(mais…)

out 17
2018

PF indicia Michel Temer e filha Maristela por corrupção passiva e lavagem de dinheiro

O Globo

Após 13 meses de investigação, a Polícia Federal (PF ) finalizou o inquérito que apurava se o presidente Michel Temer e seu grupo político receberam propina em troca de beneficiar indevidamente empresas do setor portuário. No relatório final, a PF indiciou o atual presidente e sua filha Maristela por corrupção passiva , lavagem de dinheiro e organização criminosa , além de outros acusados. A PF também solicitou a prisão preventiva do coronel João Baptista Lima, amigo de Temer, e a mulher dele Maria Rita Fratez, e pediu o bloqueio de bens de todos eles, inclusive do presidente.

O relatório final afirma que Temer usou empresas do coronel reformado da PM João Baptista Lima, amigo do presidente de longa data, para receber propina da empresa Rodrimar por meio de uma complexa engenharia financeira envolvendo repasses a empresa de fachada ligada ao coronel. A PF aponta ainda crimes em pagamentos feitos pelo grupo Libra. Ambas as empresas são concessionárias de áreas do porto de Santos, reduto de influência política do emedebista.

(mais…)

out 16
2018

Inspirado na obra de Augusto Cury, o espetáculo “O Vendedor de Sonhos” terá apresentação nesta sexta-feira no Teatro Riachuelo

Baseado no best-seller homônimo de Augusto Cury, O Vendedor de Sonhos ganhou versão teatral, adaptada pelo próprio escritor, em parceria com Cristiane Natale e Erikah Barbin, sendo a primeira obra do autor a ser adaptada para o teatro. O espetáculo terá única apresentação em Natal, nesta sexta-feira (19), no Teatro Riachuelo.

Na trama, o personagem Júlio César tenta o suicídio, e é impedido de cometer o ato final por intermédio de um mendigo, o “Mestre”, que lhe vende uma vírgula, para que continue a escrever a sua história. Juntos encontram Bartolomeu, um bêbado boa-praça que decide unir-se a eles na missão de vender sonhos e despertar a sociedade doente. Só que a revelação de um passado conflituoso do Mestre pode destroçar a grande missão do Vendedor de Sonhos.

O livro é o romance mais vendido do escritor – traduzido em mais de 60 idiomas e teve adaptação para o cinema sob a direção de Jayme Monjardimem2016. O médico psiquiatra e escritor Augusto Cury é considerado o autor mais lido da década e vendeu mais 35 milhões de livros em 70 países do mundo.

FICHA TÉCNICA:

Adaptação: Augusto Cury, Erikah Barbim e Cristiane Natale

Direção: Cristiane Natale

Iluminação: Bruno Henrique França

Trilha Sonora: Victória Venâncio

Figurinos: Valentina Oliveira

Elenco: Luiz AmorimMateus CarrieriMarcos VeríssimoMaurício ColatoniAnisha ZevallosAdriano MerliniGuilherme Carrasco e Fernanda Mariano.

Apoio: Escola da Inteligência | Mario de Almeida Marcas e Patentes

Promoção: Academia do Conhecimento

 

SERVIÇO

O VENDEDOR DE SONNHOS

Dia 19 de outubro
Sexta-feira, às 21h
Teatro Riachuelo Natal (Av. Bernardo Vieira, 3775 / Natal – RN)
www.teatroriachuelonatal.com.br

Classificação: 12 anos

Duração: 90 minutos

out 16
2018

Prefeitura de Parnamirim comemora o Dia da Pessoa Idosa na próxima quinta-feira

Eduardo Maia

A Prefeitura de Parnamirim irá celebrar o Dia Internacional da Pessoa Idosa, comemorado em 1º de outubro, com uma vasta programação que terá a participação de diversas secretarias, na quinta-feira desta semana, dia 18. Haverá ações no Auditório Vereador Clênio José dos Santos, do Centro Administrativo Agnelo Alves, e no Parque Aluízio Alves.

“Nossa gestão trabalha para garantir o acolhimento e a valorização da pessoa idosa, incentivando sua participação ativa na sociedade e a longevidade saudável, combatendo toda forma de violência, falta de respeito e discriminação, reconhecendo a importância desse público em nossa sociedade”, disse o Prefeito Rosano Taveira.

A programação do dia 18 de outubro terá dois momentos. Pela manhã, a partir das 9h, no Auditório Clênio, haverá a assinatura da “Estratégia Brasil Amigo da Pessoa Idosa”, iniciativa do Ministério do Desenvolvimento Social que tem por objetivo orientar para o envelhecimento ativo, saudável, cidadão e sustentável, além de integrar as políticas públicas para que comunidades e cidades se tornem mais amigas das pessoas públicas.

Ainda pela manhã, haverá a implantação das Práticas Integrativas Complementares, que abordam meios de tratamento não-farmacológicos à saúde, como acupuntura, uso de florais e medicina terapêutica. Haverá ainda, o lancamento da cartilha “Respeito Sim, Violência Não”.

Será oficializada a implantação do PRO-EVA, projeto de Promoção ao Envelhecimento e Vida Ativa, parceria da Prefeitura com a UFRN que estimula o uso da caderneta do idoso como instrumento legal para assegurar garantias a este público. O PRO-EVA é aplicado atualmente nos bairros de Monte Castelo e no Jockey Club e tem planos de expansão para todos os bairros, sendo os próximos Primavera e Jardim Planalto.

Já pela tarde, às 13h30, haverá uma caminhada no entorno do Parque Aluízio Alves ao interior do mesmo, onde os idosos participarão de atividades de lazer, sessão no planetário municipal e contação de histórias pelo projeto “Parnamirim, um rio que flui para o mar de leitura”.

1º de Outubro, Dia Internacional da Pessoa Idosa

Esta data foi criada por iniciativa da Organização das Nações Unidas – ONU, em 1991, para tratar dos direitos dos idosos, incentivando o respeito e a dignidade a esse público. No Brasil, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística -BGE, o número de pessoas acima de 60 anos em 2017 era de 28 milhões, o que corresponde a 13,5% da população. Em dez anos, pode chegar a 38,5 milhões, ou seja, 17,4% da população. A expectativa de todos nós é chegar lá. Para isso, é preciso envelhecer com cuidados e atenção, respeito e gentileza.

Agora RN

out 16
2018

Licitação do transporte público volta a ser prioridade na Câmara

Projeto que regula o sistema de ônibus públicos de Natal será votado em urgência após 2° turno eleitoral
José Aldenir / Agora RN
Projeto de licitação vai regulamentar serviço de transporte público de Natal

O projeto de lei de licitação de transportes coletivos de Natal deverá ser tratado como prioridade na Câmara Municipal após o segundo turno das eleições.

De acordo com o vereador Felipe Alves (MDB), presidente da Comissão de Justiça – uma das comissões pelas quais o projeto precisa tramitar –, uma reunião está sendo articulada para essa semana para discutir o cronograma da votação. “Há um acordo informal para que essa pauta seja prioridade a partir de agora”, afirmou o vereador.

O projeto de lei foi levado ao plenário no mês de setembro, mas alguns vereadores apresentaram novas emendas e o documento foi reencaminhado para apreciação das comissões temáticas. “É necessário entrar em acordo para que o projeto seja votado em caráter de urgência, e é que está prestes a ocorrer”, explicou Felipe. Atualmente, o projeto de lei está em apreciação pela Comissão de Justiça e ainda deve passar pelas comissões de Planejamento e de Transporte.

Agora RN

out 16
2018

Leilões da Festa do Boi já movimentaram quase meio milhão de reais em dois dias

Tradicional de cavalos quarto-de-milha, que acontece nesta terça-feira, deve gerar mais de R$ 1,5 milhão em negócios
José Aldenir / Agora RN
Destaques foram bovinos da raça Guzerá vendidos individualmente no leilão da Emparn por R$ 13.200,00

As vendas de animais pelo maior lance são um espetáculo à parte dentro da Festa do Boi.

No últimos fim de semana – sábado e domingo, 13 e 14, respectivamente – os leilões da Nuleite e da Emparn comercializaram 72 lotes, levantando R$ 445 mil em negócios.

Os destaques foram bovinos da raça Guzerá vendidos individualmente no leilão da Emparn por R$ 13.200,00.

No mesmo evento, uma vaca da raça Pardo Suíço foi arrematada por Lauro Maia, um tradicional criador paraibano de Catolé do Rocha, cuja família está na atividade há 150 anos.

Segundo o leiloeiro rural oficial do RN, Eduardo Melo, 70% dos compradores nos leilões este ano são de criadores potiguares e os 30% restantes espalhados pelos demais estados nordestinos.

Há 30 anos no ramo, dos 12 leilões que promove anualmente, seis estão na Festa do Boi. “Muito pouco ainda para se viver só disso”, comenta o leiloeiro.

Ainda de acordo com o leiloeiro, em média, cada lote vendido nos leilões tanto do Nuleite como da Emparn saiu por R$ 6.105,00 e os destaques financeiros por pouco mais de o dobro disso.

Os grandes lances, porém, estão reservados para a noite desta terça-feira, 16, quando acontece o leilão da ANQM (Associação Nacional dos Criadores de Cavalos Quarto-de-Milha) quando 52 lotes são vendidos com uma expectativa de levantar até R$ 1,8 milhão em lances.

“Nesse leilões da ANQM, um único exemplar pode sair por até R$ 2 milhões”, diz Eduardo Melo.

Nesta quarta-feira, 17, o espetáculo dos lances continua com o 3º Leilão Nelore Montana Potiguar; na quinta, 18, com o Leilão Sindi Estrelas e sexta-feira, 19 com Leilão Pérolas do Nordeste e Grande Leilão Boer e Convidados de Ovinos, no Espaço da Associação Norteriograndense de Caprinos e Ovinos (Ancoc).

Ao todo, somente nesses eventos, estima-se que sejam movimentados alguma coisa entre R$ 4,5 milhões e R$ 5 milhões em negócios.

Até a sexta 19, já aconteceram e ainda serão realizados outros tradicionais julgamentos, incluindo as raças de bovinos (Pardo-Suíço, Sindi, Gir, Nelore, Gir, Girolando, Guzerá; Ovinos (Santa Inês, Dorper, White Dorper, Somalis, Soinga, Morada Nova e Cariri) e Caprinos (Boer, Anglo-Nubiana, Saanen, Toggenburg, Alpina, Bhujj, Savana e Kalarari).

Agora RN

out 16
2018

DNIT assina ordem de serviço para obras no Gancho de Igapó

A ordem de serviço para a construção do Gancho de Igapó foi assinada nesta segunda-feira. A obra de mobilidade é considerada uma das principais  de Natal. De acordo com o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) no Rio Grande do Norte, a obra vai começar  por desvios que serão feitos no tráfego e demolição de imóveis. As interferências da rede de energia da Companhia Energética do Rio Grande do Norte (Cosern), de acordo com o DNIT, estão “em nível avançado”. As interdições no trânsito serão divulgadas pelo departamento.

De acordo com Willy Saldanha, a partir da assinatura da ordem de serviço, a obra deve ser concluída em 415 dias. “É a principal obra da zona Norte de Natal. É importante porque vai desafogar o trânsito da região”, disse o superintendente, que classificou o empreendimento como “pontual e complexo”.   Serão construídos um viaduto, um túnel e uma rotatória no local, de acordo com o DNIT.

A obra, orçada em R$ 33.701.371,40, já está contratada, mas interferências de instalações de algumas concessionárias de serviço público, como gás e energia elétrica, impedem o seu prosseguimento. Do valor total, R$ 16 milhões estão garantidos. A empresa responsável pela obra será a “A Gaspar”.

O superintendente regional do Dnit informou que 70% das desapropriações foram feitas até o momento e  outras estão sendo negociadas. Está prevista a realocação de 37 imóveis entre residências e comércio. O valor pago é R$ 10 milhões no total. Uma das desapropriações foi a da agência do Banco do Brasil, na avenida Tomaz Landim, em 31 de agosto.

Em um comunicado colocado na porta da agência, é informado que os clientes devem dirigir-se a agências próximas. “Informamos que em cumprimento a decisão judicial exarada pela Justiça Federal, em ação de desapropriação, ficou determinada a desocupação deste imóvel, para realização de obra do Dnit”, diz o texto colocado na porta de entrada da agência.

No projeto do Gancho de Igapó serão construídos um viaduto e um túnel em formato Y, com extensão de 2,3km, que permitirão melhoria nos acessos ao Aeroporto Internacional de São Gonçalo do Amarante e à BR-406. A previsão inicial era de que as obras começassem em Janeiro de 2015, com duração máxima de 2 anos.

Desvio
Quando a obra do Gancho de Igapó for iniciada, será necessário um desvio no trânsito na avenida Tomaz Landim. Para quem sai de Ceará-Mirim para Natal, o desvio será feito pela Rua Santa Luzia. No sentido Contrário, de quem sai de Natal para Ceará-Mirim, o desvio será feito pela rua Henrique Dias.