Natal bem no filme: TripAdvisor destaca o La Brasserie de La Mer entre os 10 melhores restaurante do Brasil 

Prefeitura do Natal inicia levantamento de dados dos ambulantes que atuam no Alecrim

A Prefeitura do Natal, por meio da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Semsur), deu início ao levantamento quantitativo dos comerciantes informais que atuam no bairro do Alecrim. A ação, que começou na última terça-feira (17), faz parte do acordo firmado entre a Semsur e os comerciantes na reunião realizada no dia 13 de outubro, onde foi discutido o projeto de reordenamento do bairro.

  Para realização do levantamento, os comerciantes deverão fornecer aos fiscais o nome completo, o número do CPF e telefone para contato. O registro fotográfico do equipamento pode ser solicitado pela equipe de fiscalização, mas a ação só será realizada com autorização prévia dos ambulantes. 

Até esta quinta-feira (19), três das sete áreas que sofrerão intervenções foram visitadas por membros da equipe de fiscalização da Semsur. A previsão é de que o levantamento realizado pela secretaria seja concluído até a próxima semana.

 Na segunda-feira (23), será realizada uma nova reunião com os comerciantes informais do Alecrim. Na ocasião, será entregue um levantamento feito pela comissão criada pelos ambulantes. Os dados serão utilizados no projeto de reurbanização da área comercial do bairro. O encontro será realizado às 15 horas, na sede da Semsur, na Ribeira

 O projeto de reordenamento do Alecrim vai englobar a urbanização das calçadas, a reforma e recomposição da Praça Gentil Ferreira, a reorganização do obelisco para colocação do relógio, marco histórico do bairro, modernização de iluminação pública e ainda a instalação de um sistema integrado de câmeras, que será operado pela Guarda Municipal e disponibilizado para a área de segurança do Governo do Estado.

Suvinil apresenta estudo colaborativo e elege cor Terra Roxa para 2018

A cor escolhida para 2018 pela marca é Terra Roxa

n  Este tom terroso exprime um desejo comum de levar a natureza para dentro de casa, além de estabelecer conexões mais profundas com a essência e origem de cada um

n  Este ano, a marca foi pioneira em um estudo colaborativo com profissionais que trabalham cores sob as mais diferentes perspectivas

A Suvinil, como referência de mercado, se antecipa mais uma vez e inova em seu estudo, com uma visão mais ampla das tendências de cores. Acompanhando o movimento de não ditar, mas cocriar e colaborar, para 2018, a marca investe em um conceito que tem como resultado autonomia e diversidade, ou seja, mais que escolher a cor do ano, a marca propõe caminhos para descoberta do tom de cada pessoa.

A Suvinil observou que na pluralidade do mundo atual não cabe mais apontar uma cor do ano para todos. Além de escolher qual é a sua tonalidade, é necessário oferecer ferramentas para cada pessoa escolher o seu tom, que pode ser diferente da marca. Para colocar esse conceito em prática, participaram e contribuíram com o estudo profissionais referência de diferentes áreas de atuação, como arquitetos, designers, floristas, consultores comportamentais: Andrea Bisker, Jackson Araújo, Michele Okuhara, Lucas Liedke, Carlos Pazetto, Guto Requena, Glauco Diógenes e Tatiana Pascowitch.

Dentro do estudo, a Suvinil identificou um anseio atual por uma vida mais humana e elegeu a cor Terra Roxa como um emblema para 2018, que transmite essa busca pelo natural. Esse tom terroso alaranjado exprime o desejo comum de levar a natureza para dentro de casa e estabelecer conexões mais profundas com a nossa essência e ancestralidade, além de manifestar a valorização das relações pessoais, em detrimento das virtuais.

“Observamos esse movimento de aproximação com as nossas raízes no ano passado, quando adiantamos a tendência de tons terrosos na decoração. Para 2018, trazemos uma evolução desta tendência e na forma como enxergamos o nosso estudo, que foi feito de maneira colaborativa. Afinal, o mundo está mais múltiplo, a diversidade e a cocriação ganham mais força a cada dia. Por isso, nós trouxemos a cor do ano da Suvinil, mas desafiamos as outras pessoas a descobrirem qual é a sua. Afinal, se o universo cromático é tão vasto, por que escolher apenas uma cor do ano?”, comenta Juliana Hosken, diretora de marketing da Suvinil.

As tendências servem como um guia para ajudar a optar em meio a tantas opções e a nos aproximar de determinados grupos ou comportamentos. Por séculos, os poucos corantes disponíveis estiveram em poder da nobreza e do clero. A democratização da oferta, com a Revolução Industrial, trouxe um desafio: como fazer escolhas, em meio ao excesso de informações e opções? A solução foi promover tendências – interpretação de ideias e desejos compartilhados pela sociedade naquele momento.

Hoje, porém, essa dinâmica está mudando. Vivemos um tempo de liberdade e individualidade, de consumidores que valorizam a interação com sua marca preferida, de humanização, ou seja, voltamos a ser pessoas que se comunicam e trocam experiências entre si. Protagonistas de nossas verdades e com acesso mais rápido às informações, nos tornamos senhores de nossas escolhas e cores, pois sabemos o que nos faz bem, o que traduz nosso momento e o que cada cor nos transmite. A Suvinil não só enxerga esse movimento, como o apoia e, por isso, questiona o sentido de apontar uma única cor do ano, afinal, cada um pode ter a sua.

Para 2018, a Suvinil traz suas tendências baseadas em três pilares distintos:Ideológico, Natural e Magnético. Estes três temas, que são diferentes, mas podem se complementar, contemplam as características atuais da nossa sociedade, que busca cada vez mais por pluralidade, colaboração, diversidade e humanização

Neves recebe imagem da Padroeira de Natal

Depois de passar por lares e instituições públicas da cidade, a imagem de Nossa Senhora da Apresentação chegou ao Neves nesta quinta-feira (19), onde permanecerá na Capela da escola até o fim da tarde desta sexta-feira (20).

A passagem da imagem da Padroeira de Natal pelo Colégio integra a tradicional peregrinação promovida pela Arquidiocese natalense, em comemoração às festividades da santa.

Enquanto a imagem estiver no colégio, os alunos participam de atividades que incluem momentos de oração e contação de história sobre o seu achado no Rio Potengi, na manhã de 21 de novembro de 1753.

 

Prefeitura faz seminário de sensibilização e mobilização para a Campus Party 2018

A Prefeitura do Natal , por meio da Secretaria Municipal de Planejamento (SEMPLA), realiza o Seminário de Sensibilização e Mobilização para a realização da Campus Party Natal 2018. O evento acontece nesta sexta-feira (20),  a partir das 9horas, no auditório do Sebrae RN e terá a participação do diretor-geral da Campus Party Brasil, Antonio Novaes.

O seminário, segundo explica a titular da SEMPLA, Glenda Dantas,  tem por finalidade reunir representantes das instituições governamentais e da iniciativa privada, com interesse na realização da Campus Party, que acontece em Natal entre os dias 11 e 15 de abril de 2018, “consagrando a cidade como pólo importante no cenário nacional da tecnologia e da inovação”.

A Campus Party é a maior experiência tecnológica do mundo, que une jovens e adultos dos mais diversos perfis em torno de um festival de Inovação, Criatividade, Ciências, Empreendedorismo e Universo Digital.

Reunindo todos os atores interessados nas discussões e dinâmicas que esses temas podem promover, a Campus Party funciona 24 horas por dia, e, em Natal contará com mais de 250 conteúdos, além de Drones, FreePlay, Robótica, Interações Digitais, Startups, Hackathons, Workshops, e diversas outras atividades que visam promover a cultura digital.

Em 2018, durante 5 dias de duração, a Campus Party Natal receberá 4.000 campuseiros na Arena Campus (espaço pago do evento), sendo que 2.000 deles ficarão acampados, garantindo experiência 360º no evento.Além disso, a Open Campus, espaço aberto ao público e gratuito, tem como expectativa receber mais de 40 mil visitantes.

A primeira edição da Campus Party Natal será realizada no Centro de Convenções de Natal, entre os dias 11 e 15 de abril de 2018, e contará com uma robusta estrutura para atender participantes e palestrantes, além de uma programação que inclui palestras, debates, oficinas, desafios e hackthons.

“Trata-se de um ecossistema colaborativo em prol de divulgar e também desenvolver soluções tecnológicas aplicadas a diferentes segmentos”, argumenta a diretora do Departamento de Desenvolvimento Socioeconômico da SEMPLA, Irani Santos.

Sendo um evento que reúne talentos de diferentes perfis e grupos, a Campus Party visa proporcionar um ambiente perfeito e sem barreiras para o intercâmbio de conhecimento entre instituições e jovens.

“Esse encontro certamente proporciona resultados positivos e aproxima empresas de diferentes segmentos a um público engajado com ciência, inovação, tecnologia e suas aplicações e implicações sobre a vida das pessoas”, disse Irani.

Robinson se reúne com companhia aérea TAP e Embaixada do Brasil em Lisboa

Dando continuidade à agenda de trabalho para divulgação do RN como destino turístico religioso, o governador Robinson Faria se reuniu nesta quinta-feira (19), em Lisboa, Portugal, com o vice-presidente de Marketing da TAP Linhas Aéreas, Abílio Martins, e a diretora de Marketing da Companhia, Paula Canada. Participaram também do encontro os secretários de Turismo do RN, Ruy Gaspar, de Gestão de Projetos, Vagner Araújo e de Comunicação, Juliska Azevedo.

Com o objetivo de gerar emprego e renda para o estado, o governador comunicou oficialmente à TAP, na reunião, sobre a canonização dos 30 mártires do RN e do interesse em desenvolver parcerias com a empresa para a divulgação do estado potiguar na rota do turismo religioso.

Robinson ainda destacou algumas iniciativas que o Governo do Estado vem desenvolvendo para expor o novo destino e da importância da empresa nesse processo, já que a companhia portuguesa é a principal ligação entre a Europa e o Rio Grande do Norte, estado brasileiro mais próximo do Velho Continente. “A parceria com TAP é fundamental para que a história dos mártires potiguares seja difundida para os europeus e para levar esses turistas a conhecer a nova rota religiosa, criando assim, um local de peregrinação e movimentação de fiéis”, ressaltou o governador.

O vice-presidente da TAP afirmou que o Rio Grande do Norte é um dos principais destinos da companhia no Brasil e que “a empresa tem interesse na divulgação do turismo religioso no estado potiguar, já que o roteiro de sol e mar já é consolidado”. Na ocasião, Abílio Martins adiantou que os voos de Lisboa para o Aeroporto de São Gonçalo do Amarante serão retomados a partir do dia 29 deste mês, agora com frequência de quatro voos semanais. Martins também convidou o governador para participar de eventos e feiras da companhia para divulgar o RN como destino de turismo religioso.

Após o encontro com a TAP, Robinson atendeu a um convite do Embaixador do Brasil em Lisboa, Luiz Alberto Figueiredo Machado, e participou de uma reunião para tratar de investimentos no turismo, em que relatou que a atividade turística tem sido fundamental para a economia do RN. “Apesar da maior crise econômica que o Brasil já enfrentou e no momento em que as receitas federais só caem, o turismo no Rio Grande do Norte continua crescendo”, informou.

O embaixador conversou com o governador sobre as ações que podem incrementar a divulgação do estado e tratou de agendas para o ano que vem, quando o RN poderá participar e divulgar os Mártires. “A Embaixada está à disposição para ajudar a disseminar e transformar o Rio Grande do Norte em destino religioso para os portugueses e europeus”, disse Machado.

Na quarta-feira (18), Robinson Faria esteve com a presidência da Operadora Abreu, segunda maior empresa de turismo da Europa. O encontro teve o objetivo de abordar as perspectivas do Rio Grande do Norte como um dos principais destinos de turismo religioso do Brasil.

Após a série de reuniões, o governador retorna ao Rio Grande do Norte nesta sexta-feira (20).

Festival “Fenômenos – As vozes de uma geração” apresenta edição em Natal (RN)

Festival que tem se consolidado como um dos principais de música no Nordeste do Brasil, o projeto “Fenômenos – As Vozes de Uma Geração” apresenta a primeira edição em Natal (RN). A festa será realizada neste próximo sábado (21/10) na área externa do Partage Norte Shopping, a partir das 21h00.

No palco grandes nomes do forró nacional: Kátia Cilene (Ex-vocalista da banda Mastruz com Leite e Forró do Bom), Batista Lima (Ex- vocalista da banda Limão com Mel), Walkyria Santos (Ex-vocalista das bandas “Magníficos” e “Solteirões do Forró”) e Eliane do forró.

“O bacana é que este evento resgata os fãs destes grandes artistas e mostra para as novas gerações o sucesso que eles têm feito ao longo da carreira. Queremos com isso demonstrar a importância destes verdadeiros fenômenos para história e para a cultura do nosso forró, pois eles são grandes representantes do gênero, da música Nordestina e da música brasileira”, destaca Leonardo Sinfrônio, idealizador do projeto.

A edição do Festival em Natal traz três setores: Arena, Área VIP e Lounge Premium – espaço que traz como grande destaque o serviço de open bar (cerveja, água, refrigerante e caipifrutas), além de dar acesso à frente do palco, praça de alimentação e setor dos banheiros exclusivos. Os ingressos estão a venda na loja Stalker (Partage Norte Shopping) e www.bilheteriadigital.com.br

Festival “Fenômenos – As vozes de uma geração”

PARABÉNS PARA O COLUNISTA RODRIGO LOUREIRO

Parabéns e muitas felicidades! Que a vida continue sorrindo e presenteando você com as melhores graças, com muito amor, com muita saúde, amizade e felicidades mil. Desejamos de um dia muito feliz e que você possa celebrar a vida hoje e sempre, e celebrar-se a si todos os dias da sua vida.

São os votos da coluna Versátil News.

 

CASACOR Rio Grande do Norte 2017 apresenta projeto ousado e inédito

Mostra acontece em Natal-RN e alia decoração, arquitetura a conscientização ambiental

Até o dia 29 de outubro, o público poderá contemplar a maior e melhor mostra de arquitetura, design de interiores e paisagismo das Américas, que acontece no Aeroclube de Natal, localizado na Avenida Hermes da Fonseca, bairro Tirol. Em sua 4ª edição em terras potiguares, a CASACOR Rio Grande do Norte, trouxe para este ano o lema “Foco no Essencial” e, pensando nisso, os profissionais envolvidos na Mostra se dedicaram em pesquisas e olhares mais apurados para trazer novos conceitos e formas construtivas com menos impactos à natureza.

Dentro dos seus 31 ambientes, a Mostra emprega o conceito sustentável em detalhes, adornos, materiais e estruturas. Um dos exemplos que deixa este conceito em total evidência é o projeto ousado e inédito da arquiteta Olga Portela, em transformar um enferrujado silo (tonel) de óleo de castanha, esquecido há anos em um depósito de ferro na cidade de Macaíba (região metropolitana de Natal), em uma charmosa e aconchegante doceria, o Silo de Açúcar (produtos da Rafaela Fontes Chocolateria). De acordo com Olga, a ideia inicial era utilizar um container. “Minha ideia era agregar valores, não só arquitetônicos, mas também ambientais. Queria utilizar materiais já existentes que me proporcionasse a redução significativa de subsídios e recursos naturais, pois sempre procuro dar aos meus projetos, novas aplicações a materiais. Mas, sem dúvida nenhuma, esse foi o meu maior feito neste sentido”, explica Portela.

Entre os desafios: transformar o tonel em um espaço comercial e funcional, que permeasse a delicadeza e o conforto. Dentro da proposta sustentável do Silo de Açúcar, a arquiteta utilizou placas fotovoltaicas para gerar e abastecer o ambiente com a energia solar. Na parte interna utiliza pisos em porcelanato de uma empresa certificada pela Scientific Certification System – SCS, filiada ao U.S. Green Building Certification, os móveis são produzidos com madeiras reflorestadas, instalações com lâmpadas de LED, sistema de climatização tipo A e porta automática que assegura a economia de energia.

O Silo inspira e expira reflexões aos visitantes. “Quero que todos repensem suas ações no presente, onde fazer o mais com menos tem relevância e insere valores no cotidiano das pessoas, de forma que os fatores econômicos, sociais e ambientais permaneçam sempre na mesma sintonia”, conclui a arquiteta Olga Portela. Além deste, outros ambientes se destacam no âmbito sustentável ou no uso de materiais com baixo valor para manutenção, como a Recepção concebida pela arquiteta Viviane Teles que já conta com mais de 30 anos de atuação, com ênfase em projetos sustentáveis, a Fachada e Passeio de Nilberto Gomes e Haroldo Maranhão, a Sorveteria de Mariana Lopes e Nathalia Bocayuva, a Adega de Débora Farias, a Varanda da Praia de Claudiny Cavalcanti, o Living e Lavabo projetado por Lorena Azevedo, a Cozinha de Gladys Fernandes e Yeda Maria Leite, o Home Office de Nadiedja Melo e a Confraria de Ana Clara e Ceres Madruga.

Cantata para os Santos Mártires será apresentada daqui a uma semana

São Gonçalo do Amarante abraça espetáculo que homenageia os santos potiguares

 Ensaio geral será na próxima quinta (26) – para imprensa, autoridades e convidados – no Monumento dos Mártires de Uruaçu, em São Gonçalo do Amarante, a partir das 19h, e dá início ao grande espetáculo de rua patrocinado pelo Governo do Estado, chamado Cantata para os Santos Mártires, pensado para homenagear os agora 30 santos potiguares que foram recentemente canonizados pelo papa Francisco. Nos dias 27 e 28, o público também poderá presenciar o trabalho dos atores e coro que está sendo dirigido pela coreógrafa Diana Fontes, no mesmo horário e local. No dia 29, o espetáculo se desloca para a Igreja Matriz de São Gonçalo e se une às celebrações do santo padroeiro da Cidade. E no dia 30, o espetáculo virá para Natal.

A Cantata para os Santos Mártires tem roteiro e direção musical do renomado músico Danilo Guanais. Ele baseou sua história em escritos dos pesquisadores padre Antonio Murilo de Paiva e monsenhor Paulo Herôncio de Melo. Desde o início do mês os ensaios estão em ritmo frenético. Tudo para deixar os atores e participantes do Coro afinados com a história do massacre dos Santos Mártires. Lembrando que o Coro vai dublar as experientes vozes do Coral Canto do Povo.

A Cantata para os Santos Mártires é patrocinada pelo Governo Cidadão, via Banco Mundial, e envolve várias secretarias como Sethas, Setur, Fundação José Augusto, além do apoio da Prefeitura de São Gonçalo e Arquidiocese de Natal; conta com produção executiva de Danielle Brito; figurino de Riccardo San Martini; assistência de direção e produção, Gleydson Almeida e Flávio Henrique e projeção mapeada de Wilberto Amaral. De acordo com a presidente da Fundação José Augusto, o governo do estado não tem medido esforços para celebrar esse grande feito religioso no Estado, com reflexos não só na fé católica, como também em setores importantes como o turismo religioso e na economia.

A maior parte dos participantes do espetáculo, que mistura teatro e música, com temática sacra e, por isso, é diferente de um Auto, são oriundos da própria cidade de São Gonçalo do Amarante. Segundo eles, a experiência tem sido enriquecedora para uma cidade que já respira cultura há muito tempo e tem familiaridade com a temática dos Mártires, mas que no entanto nunca haviam contado essa história a partir de uma cantata. “Estamos aliando a história que é deles, com a nossa experiência. E tem sido muito bom para todos nós”, disse Diana Fontes.