Ministério Público quer que Câmara de Caicó anule contrato com empresa que faria concurso

 

Anna Ruth informa em seu Blog que o Ministério Público Estadual recomendou que a Câmara Municipal de Caicó anule contrato com a empresa Vale do Piauí, que seria responsável pela realização de concurso público da Casa Legislativa. O promotor Carlos Henrique Rodrigues apontou, no seu documento, uma série de irregularidades na contratação da empresa.

Segundo ele, a modalidade de licitação não poderia ter sido a de Registro de Preço, já que essa leva em conta apenas o menor preço e não a questão técnica, o que, de acordo com o promotor, é importante já que se trata de concurso público. Na visão do MP ocorreu cerceamento de concorrência para escolha da empresa Vale do Piauí.


Fonte: Marcos Dantas

{module Banner Entre Notas}

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.