Culpa do fuso horário

 

O fato de apresentar telejornal sozinha, na bancada, por volta da meia-noite (hora local em Londres, sede dos Jogos Olímpicos), foi o motivo que levou Ana Paula Padrão a cometer uma gafe logo na abertura do evento, quando disse o nome “Globo”, em vez de Record.
Ainda sofrendo de “jet lag” e num fuso horário quatro horas à frente do Brasil, Ana Paula provavelmente “viajou no tempo” em que todas as noites apresentava o “Jornal da Globo” por volta da meia-noite. “Voltei no tempo”, afirmou.
A gafe entrou para os tópicos mais comentados da internet, mas a jornalista disse que foi compreensiva consigo mesma, bem como toda a equipe da Record. “Dei risada, fazer o quê.”

ana-paula-padrao

Ana Paula Padrão durante a transmissão das Olimpíadas

{module Banner Entre Notas}

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.