Trânsito parado

Os servidores do Poder Judiciário Federal do Rio Grande do Norte formado pelo TRT, TRE e Justiça Federal participam, na manhã desta sexta-feira (24), de uma grande caminhada em parceria com os servidores do Ministério Público da União compreendido pelo MPF e MPT como parte das mobilizações em protesto contra a falta de negociação da Presidenta Dilma as reivindicações das duas categorias que estão há seis anos sem reajuste salarial.

 O governo acenou esta semana com uma proposta de reajuste salarial em três parcelas de 5% a serem aplicadas sempre nos meses de janeiro de 2013 a 2015. O percentual acumulado, índice com o qual o Planejamento trabalha, fica em 15,8%.  Para a categoria esta é uma proposta absurda, uma afronta, pois não repõe nem a inflação dos últimos seis anos. Para se ter uma ideia, de acordo com levantamento do Sintrajurn – Sindicato dos Trabalhadores do Poder Judiciário Federal do Rio Grande do Norte –  ao dividir os 15,8%  em três parcelas chegará ao equivalente a meia cesta básica para o técnico judiciário e uma cesta básica ou uma cesta e meia para o analista judiciário, dependendo da região onde mora. A categoria teve o último reajuste em 2006.

{module Banner Entre Notas}

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.