COMITÊ OLÍMPICO (COI) DIZ QUE OLIMPÍADAS NO RIO ESTÃO AMEAÇADAS*

Os Jogos Olímpicos de 2016 no Rio de Janeiro correm sérios riscos. Segundo relatório do Comitê Olímpico Internacional (COI) ao qual o jornal Estado de S. Paulo diz ter tido acesso, o atraso de obras e de planejamento e a falta de dinheiro preocupam, e muito, a realização da Olimpíada.

4mai2013---esgoto-e-sujeira-se-acumulam-no-sope-dos-arcos-da-lapa-simbolo-da-regiao-boemia-do-rio-de-janeiro-rio-de-janeiro-a-famosa-vida-boemia-da-lapa-no-rio-de-janeiro-vem-enfrentando-problemas-13676

A três anos da realização dos Jogos, apenas metade das obrigações do Rio de Janeiro estão em dia. O informe técnico classifica os 44 capítulos em cores. Apenas 22 deles está com o verde, que significa um bom andamento.

Em amarelo, que indica que inspira cuidados, aparecem pontos como segurança, transporte, comunicação, controle de doping e evento-teste. Em vermelho, que indica atrasos que podem comprometer a realização dos Jogos, estão intens mais que importantes: locais de competição, infraestrutura geral, acomodação e finanças

O que mais preocupa o COI é a infraestrutura, que é um capítulo que está inteiro classificado com a cor vermelha. O Comitê pede até um “acompanhamento muito cauteloso” nas obras de transporte, que já estão todas atrasadas. Há ainda a preocupação de que a frota de ônibus da cidade não seja suficiente para o evento.

Outro item em vermelho é o relativo à rede hoteleira. Até agora só foram contratados 19,2 mil dos 45 mil quartos que o COI estima que precisará para o evento. Além disso, os contratos com os navios que seriam usados como hotéis ainda não foram acertados. E, para piorar, as obras no porto, essenciais para os navios-hotéis, estão classificadas em amarelo.

Mas o que mais preocupa mesmo são as instalações esportivas. “Ainda existem muitas e frequentes mudanças de locais e incertezas sobre a localização e especificações das instalações”, critica o COI no relatório. O Comitê ainda alerta para os processos que o Maracanã enfrenta na Justiça, o que poderia atrapalhar no uso do estádio.

rio de_janeiro_sujo_01

Fonte: Jornal Folha de São Paulo.

                                {module Banner Entre Notas}

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.