RN COMPLETOU MIL EXECUÇÕES DE JOVENS EM SEIS MESES*

 

Hoje, o Rio Grande do Norte completou a macabra marca de mil homicídios registrados desde janeiro, conforme dados do Conselho Estadual de Direitos Humanos (CEDH/RN). O número representa um aumento de 5% em relação ao total das mortes violentas ocorridas no ano passado, quando 952 pessoas foram assassinadas no Estado. A estimativa é que, mantendo-se a média de 130 mortos por mês, o RN termine 2013 cm 1.560 assassinatos. Somente na Capital, foram 356 mortes no mesmo período, ou 80,18% do total de casos contabilizados em 2012, quando ocorreram 444 execuções.

Para o presidente do CEDH/RN, Marcos Dionísio, a situação mostra que o Estado vem enfrentando uma total fragilização dos órgãos ligados à área da Segurança Pública, sobretudo das polícias Civil e Militar, que também passaram a ser alvos dos bandidos. Uma prova disso foi o incêndio, criminoso, de uma viatura policial que estava estacionada em frente ao prédio do Destacamento da PM no município de Afonso Bezerra, no Oeste potiguar, na madrugada de ontem.

greve

                                                {module Banner Entre Notas}

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.