“Questão de sobrevivência”

O dia foi tenso para os membros do Democratas do Rio Grande do Norte. Em clima pesado, o partido realizou neste domingo sua convenção e vetou a candidatura à reeleição da governadora Rosalba Ciarlini, única chefe do Executivo estadual do partido.

Prevaleceu entre os partidários da legenda a tese do presidente nacional e estadual do partido, senador José Agripino Maia, que defendeu a coligação proporcional com o PMDB, que terá como candidato ao Governo o deputado federal Henrique Eduardo Alves. O grupo de José Agripino teve 121 votos e a defesa da reeleição obteve 63 votos.

O senador ressaltou que lançar apenas candidatos a proporcional era “questão de sobrevivência do partido”, além de lembrar que a governadora foi punida pelo Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte com a inelegibilidade.

Com esse resultado, o jogo não para por aí. Ainda teremos intervalo e pênaltis.

RROSALBA DEM
Governadora não teve o apoio do seu partido. | Foto: Divulgação

Fonte: Portal Terra