Peça ‘Nos campos de alfenim’ volta ao palco do Dix-huit Rosado

Nos campos de alfenim: espetáculo poético para plateia que gosta de uma boa história – Foto Ângelo Gurgel
Nos campos de alfenim: espetáculo poético para plateia que gosta de uma boa história – Foto Ângelo Gurgel

Um espetáculo de muita poesia no palco, onde os atores interpretam, alguns, mais de um papel e onde textos se mesclam, em um tom ora melancólico, ora esperançoso. É assim Viagem aos campos de alfenim, que voltará ao palco do Teatro Municipal Dix-huit Rosado, no próximo dia 27, a partir das 19h30, com limite de entrada para 150 pessoas, de acordo com a proposta da peça, uma peça intimista e que leva à reflexão.

A apresentação faz parte do incentivo recebido pelo Prêmio Mirian Muniz de Teatro/2013 da Funarte e do Prêmio Fomento de Incentivo as Artes da Prefeitura Municipal de Mossoró, tem texto de João Marcelino e um elenco invejável de atores.

Maria das Dores, Maria da Piedade, João de Deus e Pedro dos Anjos, são quatro atores de teatro que resolvem fazer uma viagem que mudará suas vidas. A viagem em alguns momentos é sacrifício, em outros é sonho realizado e noutros, pura fantasia absoluta. Assim, os quatro amigos seguem numa longa viagem tentando chegar aos Campos de Alfenim.

A Viagem é uma jornada de descobertas, prazeres e realizações, como também um mergulho nos compartimentos mais profundos de suas mentes. Nela, as palavras salvam e apontam lugares para onde ir quando todos os caminhos parecem bloqueados. Nesses momentos a realidade e a fantasia se imbricam, revelando possibilidades para que a Viagem continue. E ela precisa continuar.

Como diz Maria das Dores, alter ego de Maria da Piedade, “precisamos de fé e rito para continuarmos vivos”, nossas personagens precisam cumprir seus ritos para alcançarem seus objetivos. “João Marcelino trabalha a leveza e a poesia em um texto denso e cheio de meandros. Aprendemos muito nos campos de alfenim, principalmente acerca de outros textos que estão inseridos nesta obra, se fizermos uma releitura de tudo”, acrescenta a atriz Luciana Duarte, que estreou, há algum tempo, com a peça Medeia, ao lado de Tony Silva.

COMPANHIA – A Máscara é uma Companhia de Teatro com sede na cidade de Mossoró/RN e tem como proposta de trabalho atuar e fomentar a pesquisa no campo da atividade teatral, experimentando todas as suas possíveis estéticas, além de incentivar as manifestações culturais, formação de plateia, intercâmbio entre grupos artísticos e abrindo espaços para fins de divulgação da arte local.

De 1999, ano de sua criação, até os dias de hoje foram criados e apresentados inúmeras esquetes, oficinas, projetos em escola, recitais e espetáculos de pesquisa como: A viagem de um barquinho, de Silvia Orthoff, Medeia, um fragmento – Eurípides; Deus Danado, de João Denys e seu mais recente projeto Viagem aos Campos de Alfeni, de João Marcelino.

 

ESPETÁCULO

Viagem aos Campos de Alfenim

Produção – Cia. a Máscara de Teatro

Dramaturgia e Direção – João Marcelino

 

ATORES

Tony Silva – Maria das Dores

Luciana Duarte – Maria da Piedade

Jeyzon Leonardo – Pedro dos Anjos

Damásio Costa – João de Deus

Leo Wagner – Dr. Claro

 

Desenho de Luz – Ronaldo Costa

Canção Tema – Mariano Tavares

Cenário – Damásio Costa e João Marcelino

Preparação de Atores – Carla Martins

Assistente de Direção – Leo Wagner

Figurinos – João Marcelino

 

Local: Teatro Municipal Dix-Huit Rosado

Quando: 27 de novembro

Horário: 19h30

Entrada: R$ 50,00

Informações e reservas: (84) 8813-0188

Fonte: Gazeta do Oeste