Sesap passa a distribuir medicamentos de ponta

Com o objetivo de incentivar uma melhor adesão ao tratamento de pessoas que vivem com HIV e Aids, começou a ser distribuído no Rio Grande do Norte, neste mês de janeiro, o medicamento 3 em 1, composto por tenofovir, lamivudina e efavirenz. O uso dessa combinação de medicamentos está previsto no Protocolo Clínico de Tratamento de Adultos com HIV e Aids do Ministério da Saúde como tratamento inicial para os pacientes soropositivos.
De acordo com a responsável técnica pelo Programa Estadual de DST, Aids e Hepatites Virais da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), Sônia Cristina Lins, “vamos seguir a recomendação do Ministério de inicialmente priorizar a dispensação do medicamento aos pacientes que irão começar o tratamento. A disponibilização para os demais pacientes ocorrerá de forma gradativa”. Enquanto não passarem a receber a dose tripla combinada, esses pacientes continuarão tendo acesso aos medicamentos separadamente, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS).
Já distribuído para o Hospital Giselda Trigueiro, referência em doenças infectocontagiosas no Estado, o medicamento 3 em 1 será disponibilizado também para os municípios que possuem Serviço de Atenção Especializada (SAE). A utilização da dose fixa combinada estimula a adesão ao tratamento, pois além de ser de fácil ingestão, possibilita a redução dos 3 medicamentos para apenas 1 comprimido.