Vivas!!!

Joãozinho Escóssia
Joãozinho Escóssia

Hoje o dia é mais que especial, um amigo querido Joãozinho Escóssia está de idade nova e estamos muito felizes em compartilhar um momento único como esse!

Parabéns, o mundo hoje está em festa, estou falando deste mundo
que está a sua volta, seus amigos, sua família.
Hoje nós todos temos um motivo especial para abraçar você, e te
desejar um calendário de sonhos realizados.

Parabéns, hoje você tem todo direito de ser feliz, de se sentir feliz.
É o seu aniversário.
É dia de festa.

Que Deus continue te abençoando e dobrando seus dias de vida,
com muita saúde.
Que esse aniversário, traga novas chances e oportunidades para
você crescer profissionalmente, espiritualmente, emocionalmente
e muito mais.

Que você encontre uma nova amizade para que possa somar com a
gente na festa do próximo ano.
Feliz aniversário, que o céu, te cubra com as bençãos de Deus Pai,
e que você continue sendo esse amigo ímpar, esse amigo verdadeiro,
essa pessoa maravilhosa que eu faço questão de ter ao meu lado
e chamá-lo de amigo.

Parabéns, seja feliz, porque você merece, e precisa desta felicidade sempre.

Coleção Mossoroense será abrigada no Museu Lauro da Escóssia

Reunião-Museu-Medium
Reunião aconteceu entre representantes do comércio local, executivo e editora. Foto: Cedida

 

Caberá às entidades privadas viabilizar uma plataforma móvel, responsável por deslocar os visitantes até o primeiro andar do Museu, sem interferir na estrutura arquitetônica do prédio histórico, mas possibilitando assim a acessibilidade exigida pelos órgãos competentes.

O acervo da Coleção Mossoroense, que conta com mais de 4 mil títulos publicados, terá, enfim, um porto seguro. O Museu Lauro da Escóssia receberá o grande acervo.

O anúncio foi feito na tarde de quarta-feira, 24, pelo prefeito Francisco José Júnior, durante reunião realizada no próprio prédio histórico, e contou com a participação de representantes do segmento privado, historiadores, vereadores e auxiliares da gestão.

Em comunicado enviado à imprensa, Francisco José Júnior ressaltou: “Uma cidade sem memória é uma cidade sem história. Encontramos, em parceria, uma solução para manter viva a Fundação Vingt-un Rosado e preservar esse acervo, que será disponibilizado para estudantes, pesquisadores e para a população em geral. Com essa decisão, nós estamos preservando a memoria, a história de Mossoró”.

Participaram da reunião, a secretária da Cultura, Isolda Dantas, acompanha de seu adjunto, Jurandi Filho, os presidentes da Fundação Vingt-un Rosado, Dix-sept Sobrinho, do Sindicato do Comércio Varejista de Mossoró (Sindivarejo), Michelson Frota, da Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL), Getúlio Vale, o vereador Claudionor dos Santos, o diretor do Museu Lauro da Escóssia, Alnyr Moura, e os historiadores Kydelmir Dantas e Geraldo Maia, além de Oberi Penha, que representou a Associação Comercial e Industrial de Mossoró (ACIM).

Caberá às entidades privadas viabilizar uma plataforma móvel, responsável por deslocar os visitantes até o primeiro andar do Museu, sem interferir na estrutura arquitetônica do prédio histórico, mas possibilitando assim a acessibilidade exigida pelos órgãos competentes. O Município, em parceria com a Fundação, fará a catalogação do acervo, e será responsável pela manutenção dos títulos.

Para o médico e diretor da Coleção Mossoroense, Dix-sept Rosado Sobrinho, este é um momento importante, haja vista que a editora passa por um período delicado de sua história. “A minha responsabilidade é de quem recebeu o maior bem, o amor maior do meu pai, a sua editora, os seus livros. Não sou intelectual, mas estou dando continuidade ao legado deixado por meu pai, dando um destino melhor ao grande acervo que ele, em vida, organizou e publicou. Tenho certeza que o exemplo de meu pai, Vingt-un Rosado, serve para toda uma cidade”, disse.

Segundo Dix-sept, agora com a proposta e o espaço para a editora, até a próxima terça-feira, 30, a Coleção Mossoroense estará em novo endereço. “Vamos catalogar, outra vez, os livros. Selecionar o que deve vir, organizar tudo e nos mobilizar ainda mais. A comunidade, os pesquisadores, alunos e professores não podem ficar distantes de tão rico acervo, acervo que servirá a todos e que estará à disposição da comunidade mossoroense”, falou, explicando que, assim que forem feitos os ajustes necessários, a população terá acesso aos livros.

Para Oberi Penha, que participou das negociações representando a ACIM, esse é um momento histórico, “de valorização da nossa cultura e história, um esforço das instituições no sentido de preservar esse importante acervo. A ACIM está de parabéns por ter abraçado essa ideia e termos hoje esse compromisso firmado com a prefeitura de Mossoró”.

Fonte: Gazeta do Oeste

Livro conta a história de Expedito Bolão

DSCF6417
Expedito Bolão ao lado de familiares. Foto: Raimundo Antonio

 

Biografia escrita por Raimundo Antonio, com o título “Expedito Mariano de Azevedo, a saga de um Bolão”, será lançada no dia 7, no Requinte Buffet, a partir das 19h. Nesta data, o homenageado completa 96 anos.

Expedito Mariano de Azevedo, ou apenas Expedito Bolão alcançou, quando na atividade da vida política, a marca de 38 anos como vereador em Mossoró, numa época em que um edil não recebia salário e a função era desempenhada, segundo ele, com “amor e dedicação à causa da comunidade”. Aos 96 anos, morando no Sítio Campestre, Expedito é um ancião lúcido, acorda cedinho e faz trabalhos convencionais. Preferiu a vida no sítio à da cidade. Distanciou-se de algumas coisas e lá, em seu recolhimento pessoal, cuida das galinhas e observa a criação. “Como é que está Canindé?”, pergunta, se referindo ao fundador da Gazeta.

Na memória, a história de parte da política local – de 1954 até o dia em que se aposentou da vida pública e preferiu o recolhimento de um lar calmo, na zona rural. “Os meninos resolveram escrever esse livro sobre mim e eu resolvi contar tudo, sem rodeios”, fala Expedito, se referindo à biografia escrita por Raimundo Antonio, com o título Expedito Mariano de Azevedo, a saga de um bolão, que será lançada no dia 7, no Requinte Buffet, a partir das 19h. “No livro, falei tudo, falei sobre minha vida, enfim. Principalmente, também, da parte política. À época em que fui vereador nesta cidade, representante público como eu não recebia vencimentos. Nós trabalhávamos pela causa do povo, sem salários, sem regalias. E a Câmara Municipal tinha bastante qualidade. Hoje a maioria entra por dinheiro. O vereador, naquela época, cuidava mais em observar os problemas do município”, destaca.

Expedito tem saudades da vida pública. “Naquele tempo, procurávamos coisas para resolvermos. Hoje, muitos vereadores esperam que a população os procure. Está errado. O vereador deve estar atento às necessidades da comunidade”, diz. “Ir aos bairros, aos hospitais, entrevistar as pessoas, conversar com a comunidade, legislar”, salienta.

A morada no sítio o alegra. “No sítio, não tenho medo dos assaltantes. Nada disso. Levanto-me cedo, olho as galinhas, a criação, ando pelo quintal, faço uma coisa e outra, me movimento. Muitos amigos me visitam, aparecem, conversam. Herbert Mota esteve recentemente lá em casa. Tenho uma casa aqui, na Rio Branco, mas gosto é do sítio, lá é melhor pra mim”, diz, sorrindo. “Mas quando falam em política, eu fico doidim”, comenta, brilhando os olhos e olhando para o filho. “Tenho saudades dos políticos antigos, os que prestavam. A política em Mossoró, hoje, acabou-se. Mossoró está precisando de um homem de pulso, de uma mulher de pulso. A cidade está mal administrada”, critica. “Mas tudo mudou”, ele fala, lamentando o cenário. “Mossoró tem muitos problemas para se resolver, muitos mesmo”, salienta.

 

VIDA EM LIVRO

O livro será lançado numa data singular: o aniversário de 96 anos de Expedito. “O que eu fiz de bom e de errado, quero que o povo saiba…”, brinca.

A obra tem várias histórias e causos do ex-vereador, como a devolução de 25 mil cruzeiros aos cofres públicos. “Quando mandei fazer o ofício para devolver o dinheiro do povo à prefeitura, muita gente me criticou. Mas Dix-huit Rosado, prefeito à época, me chamou ao gabinete para elogiar a atitude, quando eu era presidente da Câmara Municipal. Um dia, longe da vida pública, Dix-huit, o velho prefeito, narrou o fato em um comício. Chorei de emoção. A honestidade deve acompanhar o homem público e o homem comum, em todos os seus atos”, fala o ex-vereador.

Raimundo Antonio, biógrafo de Expedito Bolão, destaca que escrever o material foi um reencontro com parte da história viva da cidade. “Antes de ser um desafio foi, para mim, um prazer enorme escrever a biografia de Expedito Mariano de Azevedo, ou Expedito Bolão. E isso se deu pelo fato de conhecê-lo desde os meus tempos de menino e de frequentar a sua casa (morava na mesma rua em que ele iniciou as suas atividades – Princesa Izabel), ser amigo de seus filhos e já conhecer a sua irreverência. Porém, apesar de conhecê-lo, de saber de suas presepadas, de acompanhá-lo na sua vida pública de vereador (com o maior número de mandatos seguidos do Brasil), encantou-me conhecer o homem voltado para as causas sociais, de prestar ajuda ao próximo (com seus próprios recursos) e de ser reconhecido como uma grande figura humana. Expedito é irreverente, não malicioso. Uma pessoa simples, honesta e, acima de tudo, querida. Esse Expedito vocês vão conhecer melhor a partir do livro”, destaca o biógrafo.

 

A SAGA DE UM BOLÃO

 

Quando: terça-feira, 7 de julho

Onde: Requinte Buffet

Horário: 19h

Valor do livro: não divulgado

Fonte: Gazeta do Oeste.

Coordenadores pedagógicos do CEI Mirassol dão dicas para o recesso escolar

Encerrando o primeiro semestre, os coordenadores e orientadores pedagógicos do colégio CEI Mirassol, na última semana, deram dicas para os alunos sobre como melhor aproveitar o período do recesso escolar. O recesso, diferente das férias, tem curta duração e deve ser utilizado para relaxamento, mas também é necessário manter o foco nos estudos e organizar-se para o segundo semestre. As dicas dos coordenadores podem ser aproveitadas por estudantes de todas as idades.

Os alunos do Pré são os que mais precisam manter o foco. “O recesso é um momento para descansar, se acalmar, mas não para relaxar totalmente. É bom organizar tudo o que viu durante o primeiro semestre, em cada disciplina, para não se esquecer dos assuntos quando retomar as aulas”, indica o coordenador da 3ª série do Ensino Médio Paulino Mendonça.

Segundo a orientadora pedagógica do Fundamental II Clícia Barros, uma boa maneira de aproveitar, prazerosamente, o recesso é praticando atividades que tragam benefícios para a mente e para o corpo. “É o ideal clássico de ‘mente sã num corpo são’”, orienta.

Para as crianças até seis anos, a dica da coordenadora do Ensino Infantil Idyanne Cunha é elaborar uma “caixa de férias”. “Na ‘caixa de férias’, a criança e a família devem guardar pequenas coisas que fizeram parte das férias. Quando a criança traz a caixa na volta para a escola, a professora vai relembrar esses momentos a partir dos objetos guardados, exercitando a memória do aluno”, explica Idyanne.

Já para os estudantes que também se dedicam ao esporte, a dica do coordenador de esportes Bruno Xavier é manter o ritmo dos treinos. “Eu indico aos alunos colônias de férias ou escolinhas de esportes, onde eles possam continuar sua prática esportiva sem maior compromisso. Já os alunos que são atletas de alto rendimento são necessários manter o foco e o ritmo de treinamento”, aconselha.

A orientadora pedagógica do Fundamental II Clícia Barros indica atividades que tragam benefícios para a mente e para o corpo, como a leitura de livros

A orientadora pedagógica do Fundamental II Clícia Barros indica atividades que tragam benefícios para a mente e para o corpo, como a leitura de livros

Segundo o coordenador de esportes Bruno Xavier, os alunos que são atletas de alto rendimento devem manter o foco e o ritmo de treinamento

Segundo o coordenador de esportes Bruno Xavier, os alunos que são atletas de alto rendimento devem manter o foco e o ritmo de treinamento

FÁTIMA RECEBEU TÍTULO DE CIDADÃ DE SÃO MIGUEL DO GOSTOSO

A senadora Fátima Bezerra recebeu nesta sexta-feira (26) o título de cidadã do município de São Miguel do Gostoso. A homenagem foi concedida pela Câmara Municipal, que atendeu iniciativa dos vereadores José Jubenick (PT), José de Agostinho (PSD) e Nenê de Lala (PMDB). Foto: Blog de Daltro Emerenciano

1_A_A_fatima_bezerra

SHOW DE LUAN SANTANA EM MOSSORÓ REGISTRA RECORDE DE PÚBLICO

Uma multidão de fãs lotou a Estação das Artes nesta sexta-feira, 26, para acompanhar o show de Luan Santana. O público, estimado em cerca de 120 mil pessoas, cantou junto com o artista os grandes sucessos que embalam sua carreira. Conforme a expectativa da organização do evento, o Mossoró Cidade Junina registrou o maior público de sua história. Além de Luan Santana, se apresentaram Lagosta Bronzeada, Aline Reis e os artistas locais com o projeto São João da Terra.

Fotos: Gildo Bento

1luan_santana 1luan_santana_mossoro

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA TEM NOVO PROJETO DE SEGURANÇA

Com o Decreto assinado pelo Governador Robinson Faria, que chamou de volta ao quartel da PM, os policiais que se encontravam nas repartições pública, chega a Assembléia o novo projeto de Segurança, encaminhado à Casa Legislativa pelo governador em exercício, Fábio Dantas (PCdoB).

O projeto de lei de Segurança Pública dispõe sobre a designação de policiais militares da reserva remunerada para o serviço ativo. De acordo com o projeto, o comandante da Polícia Militar poderá designar, para o serviço ativo, militares da reserva com até 65 anos de idade, para o caso dos homens, ou até 60 anos, se mulheres, para promover a segurança dos imóveis pertencentes ao patrimônio do Estado, afetados ao serviço de qualquer dos Poderes, do Ministério Público e do Tribunal de Contas do Estado e para, juntamente com os servidores que já exercem essas atribuições, desenvolverem as atividades meio indispensáveis à prestação de serviço de Segurança Pública. As atividades terão uma vigência de dois anos. Após o prazo o militar volta à reserva remunerada.

88643G-258011a744b94550b974719e3ff1f59d

SESSÃO SOLENE NA ASSEMBLEIA VAI HOMENAGEAR AGNELO ALVES

O deputado estadual Tomba Farias (PSB) encaminhou Requerimento solicitando a realização, no próxim mês de julho, na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, de uma Sessão Solene em homenagem do saudoso deputado Agnelo Alves, que faleceu no último dia 21. A solenidade deverá ocorrer no dia 16 de julho, data em que Agnelo Alves completaria mais um aniversário.

Amigo pessoal do parlamentar falecido, Tomba destacou que a iniciativa representa uma justa homenagem a um homem público que dedicou sua vida ao jornalismo e ao exercício macro da atividade política. Para Tomba, Agnelo era um político que ousava sonhar e acreditar ser possível construir um estado mais justo e próspero para todos os norte-riograndenses. Tomba Farias lembrou que Agnelo foi prefeito de Parnamirim no mesmo período em que ele foi prefeito de Santa Cruz. “Posteriormente, quis o destino me brindar com o privilégio de com ele dividir o espaço do Plenário da Assembléia Legislativa. Muito aprendi com o velho mestre. A minha admiração e respeito por Agnelo evoluiu para uma grande amizade, que foi consolidada a cada dia”, finalizou.

88650G-agneloalvesok

PRESIDENTE DO FECOMÉRCIO RECEBE COMITIVA ALEMÃ

Em mais uma ação de busca por parcerias que ampliem e qualifiquem o trabalho já desenvolvido pelo Sistema Fecomércio RN nos setores de Comércio e Turismo, o presidente Marcelo Queiroz receberá, nesta terça-feira (30), uma delegação de alemães para realizar visitas técnicas a Unidades do Senac, e tratar de possíveis trabalhos conjuntos entre o Rio Grande do Norte e os estados alemães da Renânia Palatinado e de Baden-Württemberg.

O grupo alemão será recepcionado pelo presidente Marcelo Fernandes de Queiroz na sede da Federação e seguirá para visita técnica às Unidades Senac Alecrim e Senac Centro, onde poderão conhecer, respectivamente, os trabalhos desenvolvidos pelo Sistema na área de idiomas e de formação de mão de obra profissional. A programação seguirá com visita a um estabelecimento comercial onde os convidados alemães poderão conversar com profissionais egressos de cursos oferecidos pelo Senac e que estão atualmente bem colocados no mercado de trabalho potiguar.

88653G-unnamed

MISS BRASIL RENUNCIA AO TÍTULO

Uma reviravolta no concurso de “Miss Mundo Brasil”. O título dado à Miss Sergipe, Ana Luísa Castro, sábado, foi contestado e ela renunciou depois que veio à tona o fato de ser casada na Bélgica. Como em qualquer concurso de miss, o regulamento é claro quando coloca como critério que só podem participar mulheres solteiras. Agora o título vai para as mãos da segunda colocada, Catharina Choi Nunes, de 25 anos, representante de Ilhabela, São Paulo, o que consequentemente dá o segundo lugar agora à Paula Gomes, de Mato Grosso do Sul. Em nota, a organização do concurso informou que “o estado civil da miss não atende às exigências prescritas no regulamento, e ela optou por abrir mão do título”. A organização do Miss Mundo Brasil afirmou ainda que não estava ciente do estado civil da candidata, que tem uma união homologada em outro país e decidiu por manter o processo de homologação para reconhecimento no Brasil. Ana Luísa Castro afirmou que tem uma “união” com um belga e que “homologação” da união “pode se dar em um futuro próximo, o que poderia causar problemas para mim e para o concurso nacional”. Ela também falou que a coordenação estadual sabia da união e que mesmo assim ela seguiu na disputa. “Entrego a coroa e o título à vice Miss Mundo Brasil, com grande tristeza no coração”, afirmou a miss.

11653409_10203735542343877_134448621_n