QUISERAM CAUSAR POLÊMICA COM FRASE: “Não sou do tipo que põe o homem para baixo”, diz Anitta, sobre feminismo

Anitta causou polêmica nas redes sociais após uma entrevista à AFP em sua casa, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. A cantora falou sobre igualdade de gênero e sobre se sentir cobrada a ter opiniões políticas e feministas.

Quando perguntada sobre se considerar ou não uma feminista e se ela levanta esta bandeira, Anitta respondeu:

– Eu levanto a bandeira dos direitos iguais, só acho que hoje em dia tem mudado um pouco essa questão: as pessoas estão achando que é colocar a mulher acima do homem e não é. Pra mim, são os direitos iguais mesmo. Eu só não gosto de ser confundida com essa parte que, para levantar a mulher, coloca o homem para baixo. Não sou desse tipo, sou do tipo que todo mundo tem que estar lá em cima e está tudo certo.

Outra resposta da cantora que gerou discussão nas redes foi quando ela respondeu sobre se sentir ou não cobrada a ter sempre uma opinião sobre feminismo, política, racismo. Ela disse:

– Com certeza, sempre é cobrada uma opinião, e, quando você dá a opinião, aqueles que não concordam vão te julgar. Quando possível, e quando acho que não vai atrapalhar, dou minha opinião. Só não me aprofundo porque acho que cada um vem com a sua missão, e a minha é passar entretenimento, alegria, mensagens boas e dar um bom exemplo.

“Anitta diz que não é feminista MAS quer direitos iguais, alguém avisa? kkkkkkk”, postou uma seguidora no Twitter. “A anitta tem uma meta e essa meta é destruir qualquer traço de admiração que a gente teve um dia por ela”, comentou outra fã.