IR 2019: um quinto dos contribuintes ainda não entregou a declaração. Prazo termina nesta terça

O Globo

Imposto de Renda 2019 Foto: Brenno Carvalho / Agência O Globo
Foto: Brenno Carvalho / Agência O Globo

Na véspera do fim do prazo para a entrega da declaração do Imposto de Renda   ( IRPF ) 2019, um quinto dos contribuintes ainda não entregou o formulário. Segundo balanço da Receita Federal , 23,8 milhões de pessoas já transmitiram a declaração . A expectativa é que 30,5 milhões sejam enviadas: ou seja, 6,7 milhões de brasileiros ainda não estão em dia com o Fisco.

Uma questão que muitos se perguntam é a seguinte: quem declara Imposto de Renda? Não é apenas um fator que determina isto, entretanto, os principais são quem recebeu rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 em 2018 ou teve ganho de capital com a venda de algum bem.

Com um prazo tão apertado, caso o contribuinte não consiga recolher todos os documentos e recibos necessários, a indicação dos especialistas em tributos é que a declaração seja entregue mesmo que incompleta até 30 de abril.

Eles aconselham isto porque, caso o formulário seja enviado fora do prazo, o contribuinte paga multa, cujo valor mínimo é de R$ 165,74, que pode subir até 20% do valor do imposto devido. Vale lembrar que, após o prazo de 30 de abril, o contribuinte não pode trocar o modelo de declaração entregue (simplificada ou completa).

Além disso, é bom saber que o programa da Receita Federal não não aceita o envio de declaração entre 1h e 5h da madrugada porque o sistema é suspenso para ajustes.