Jucá é denunciado por lavagem de dinheiro e corrupção

R7

Denúncia narra a corrupção em quatro contratos e sete aditivos
Pedro França/Agência Senado 19.12.2018

O ex-senador Romero Jucá foi denunciado pelo MPF-PR (Ministério Público Federal do Paraná) por corrupção em contratos da Transpetro e por lavagem de R$ 1 milhão em propinas na manhã desta terça-feira (4). Também foi denunciado Sérgio Machado. 

A denúncia narra a corrupção em quatro contratos e sete aditivos celebrados entre a Galvão Engenharia e a Transpetro, os quais geraram pagamentos ilícitos para Romero Jucá, em 2010, no valor de, pelo menos, R$ 1 milhão.

Segundo o MPF, a Galvão Engenharia efetuava o pagamento de propinas no percentual de 5% do valor de todos os contratos com a subsidiária da Petrobras a integrantes do MDB que compunham o núcleo de sustentação de Sérgio Machado no cargo de presidente da Transpetro.

O MPF diz também que as investigações comprovaram que a Galvão Engenharia não tinha qualquer interesse em Roraima que justificasse a realização da doação oficial, a não ser o direcionamento de propinas para Romero Jucá.