Mossoró Cidade Junina 2017 é considerado o mais tranquilo de todos os tempos

PM/ASSECOM – Sd Ricardo

Foto: Divulgação

Órgãos de segurança realizaram uma reunião com o intuito de avaliar o evento Mossoró Cidade Junina 2017 e concluem que este foi o mais tranquilo de todos os tempos.

A reunião foi realizada nesta segunda-feira (03), na sede da SESEM, onde foram discutidos  números de ocorrências registradas durante todo o Mossoró Cidade Junina, do Pingo da Mei Dia a Boca da Noite, pelas forças de segurança que atuaram durante o evento, como a Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, 2º Distrito de Polícia Rodoviária Estadual (2° DPRE), Guarda Civil Municipal, Gerência Executiva de Transito (Getran) e Secretaria Municipal de Segurança Pública, Defesa Civil, Mobilidade Urbana e Trânsito (SESEM).

Divulgado como o Maior Arraiá do Brasil, a festa junina de Mossoró atrai milhares de moradores e turistas anualmente, além de movimentar a economia. São 21 anos de história, e a comemoração deste ano foi realizada entre 02 de junho a 02 de julho com diversas atrações para o público.

Além da programação musical, o Mossoró Cidade Junina abrange diversas atividades, como passeios ciclísticos, festival de quadrilhas, lançamentos de livros, seminários, exposições e o espetáculo teatral “Chuva de Bala no País de Mossoró” e a “Cidadela”, uma cidade cenográfica que faz as pessoas conhecerem a antiga Mossoró dos anos 20.

Participaram da reunião, o Comandante do 2° Batalhão de Polícia Militar (2° BPM), Major Maximiliano; Comandante do 2° DPRE, Capitão Lima; Secretário Municipal de Segurança Pública, Defesa Civil, Mobilidade Urbana e Trânsito), General Eliéser Girão; Delegado Regional de Mossoró, Dênis Carvalho; inspetor do Pelotão de Ação Ambiental Municipal (PAAM), Silva Júnior, gerente executivo de Fiscalização, Álamo Duarte; e o chefe do Serviço Técnico de Engenharia do Corpo de Bombeiros, Capitão Daniel Farias.

 “Temos essa certeza que é esse foi o Mossoró Cidade Junina com menos ocorrências, menos situações que envolvessem riscos na parte do evento”, disse Major Maximiliano.