SME firma parceria com Casa Durval Paiva para contribuir com diagnóstico precoce de câncer

Manoel Barbosa

Segundo o Instituto Nacional do Câncer, 70% das crianças acometidas de câncer podem ser curadas, se diagnosticadas precocemente e tratadas em centros especializados. No entanto, o câncer infanto-juvenil atualmente é a primeira causa da mortalidade por doença entre crianças e adolescente de 1 a 19 anos no Brasil. Realizando o suporte psicossocial de pacientes com a doença no Rio Grande do Norte, a Casa de Apoio à Criança com Câncer Durval Paiva apresentou, na manhã desta segunda-feira (22), à Secretaria Municipal de Educação (SME), uma proposta de parceria para que a rede pública de ensino de Natal contribuía com a divulgação dos sinais e sintomas para o diagnóstico precoce do câncer infanto-juvenil, para mudar essa triste realidade.


Bem recebida pela secretária de Educação de Natal, professora Cristina Diniz, e sua equipe, a parceria foi apresentada pelo presidente da entidade, Rilder Campos, e a gerente da Casa, Neide Filha. “Fico muito feliz em receber essa parceria e todos os pontos são possíveis de executar. Entendemos que precisamos trabalhar os conhecimentos e educação na rede de ensino, mas também o lado emocional, assim como as doenças dos estudantes, enxergando as pessoas e suas realidades”, disse a gestora. Entre os pontos acordados, estão: postagens em redes sociais, banners publicitários com a temática, formações dos servidores que atuam na rede, distribuição da cartilha “Aprendendo mais sobre o câncer infantojuvenil” com sensibilização que mostre o papel da escola no antes, durante e depois do adoecimento da crianças e adolescente, palestras e adesão da SME ao “Setembro Dourado” com realização de eventos nas escolas.  


Segundo explica o dirigente da entidade, um dos principais entraves para o diagnóstico é a desinformação, o que leva as pessoas ao tratamento com estágios da doença já avançados. Desse modo, veem na SME uma excelente oportunidade de alcançar previamente um maior número de famílias, podendo transformar a realidade de muitas com melhores expectativas e possibilidade de curas com menores sequelas.  Os principais sintomas do câncer infantojuvenil são: desequilíbrio ao andar, febre de origem inexplicada, dor óssea persistente, suor noturno exacerbado, mancha branca no olho.  


SAIBA

Com reconhecimento nacional de sua atuação, através de premiações ano a ano, a Casa Durval Paiva tem 24 anos de existência e investe na melhoria de vida das famílias assistidas através de projetos sociais. Além disso, oferece hospedagem, alimentação, mediação do atendimento médico hospitalar, encaminhamentos e transporte para exames, consultas, além da promoção do bem-estar com apoio multiprofissional (psicológico, assistência social, nutricional, fisioterápico, odontológico, farmacêutico, pedagógico, arte terapêutico e terapêutico ocupacional).