Dezembro Vermelho: prevenção do HIV é destaque nas Unidades de Saúde

O Dia Mundial de Luta contra a Aids é comemorado em primeiro de dezembro. A Secretaria Municipal de Saúde de Natal (SMS), realiza durante todo o mês o Dezembro Vermelho, campanha em alusão a ações de prevenção e diagnóstico precoce do HIV/Aids e IST’S (Infecções Sexualmente Transmissíveis). São diversas atividades com a intenção de conscientizar a população sobre o riscos, formas de contágio e o tratamento da doença.

Designado em 1987 pela Assembleia Mundial de Saúde e apoiada pela Organização das Nações Unidas, o dia de luta contra o vírus foi definido no Brasil, no ano seguinte, por uma portaria do Ministério da Saúde. Ele tem a intenção de reforçar a solidariedade e formas de cuidado com as pessoas que convivem com a doença. O período ainda é desenvolvido nas unidades de saúde da cidade, que trabalham o último mês do ano como foco da campanha de prevenção e informação sobre o HIV.

“Orientamos os distritos para que eles fizessem ações junto com as suas unidades de saúde e que procurassem fazer também parcerias com algumas escolas para alcançar um público mais jovem, que também é um público prioritário.”, afirma Emilly Miranda, responsável técnica pelo núcleo de IST/Aids e Hepatites Virais da SMS, sobre o foco nos mais diversos públicos que a campanha pretende alcançar.

Emilly também fala sobre a importância de discutir o tema e da população procurar as unidades para realizar os teste rápido e se informar, “Existe ainda muito tabu, muito preconceito; e algumas pessoas acham que não estão expostos a possibilidade de pegar um IST, um HIV. Então é um momento da gente chamar a atenção da população, de ampliar também a oferta dos serviços e dos insumos de prevenção.” comenta.

Atividades com a intenção de esclarecer a prevenção, mostrar formas de tratamento e detecção da doença serão realizadas durante todo o período nas unidades Básicas de Saúde e em pontos estratégicos da cidade, como nas praias e escolas da rede pública. Acontecem palestras sobre o tema, além da realização de teste rápido de HIV e Sífilis e distribuição de preservativos.

O público universitário e os moradores da região do Distrito Sanitário Norte II foram foco da ação que ocorreu na última quarta-feira (04) na Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (UERN). Nesta sexta-feira, (06) as pessoas que fazem tratamento e que convivem com o HIV serão tema de ação desenvolvida no SAE (Serviço de Assistência Especializado), que trará um momento lúdico de discussão e empoderamento para esses usuários.