Verão 2020: Cajueiro de Pirangi apresenta música e arte a turistas e veranistas

Música, arte e natureza. Essa é a mistura do Maior Cajueiro do Mundo para estação mais vibrante do ano. O Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente do Rio Grande do Norte – Idema levará, semanalmente, atrações culturais e exposições para Cajueiro de Pirangi. Este é o projeto Cajucultura, que acontecerá durante todo o mês de janeiro e fevereiro.

O objetivo do Cajucultura é entreter o visitante e fazê-lo participar do movimento de valorização da cultura potiguar. Para a gestora do Cajueiro, Marígia Madge, a ideia visa também integrar e fortalecer a equipe de trabalho. “Esse é um momento especial, pois o Cajucultura foi pensado pela equipe do Cajueiro, para exibir o melhor da prata da casa, o SomCaju, além de valorizar a comunidade e encantar o visitante”, reiterou.

Segundo o coordenador do Cajucultura, Hemerson Bezerra, o evento  é uma oportunidade de mostrar a cultura local, motivando os artistas que habitam no litoral sul e no entorno do Cajueiro. “Aqui eles poderão mostrar sua arte, uma vez que este o projeto surgiu da observação das potencialidades de cada colaborador e comunitário”, afirmou.

O Maior Cajueiro do Mundo:

Cajueiro de Pirangi fica na praia de Pirangi do Norte, em Parnamirim, cidade da Grande Natal, e cobre uma área de aproximadamente 8.500 metros quadrados, com um perímetro de aproximadamente 500 metros. Conta a história, que o cajueiro foi plantado em dezembro de 1888 por um pescador chamado Luiz Inácio de Oliveira, que morreu com 93 anos sob as sombras da árvore.

O Cajueiro é aberto todos os dias da semana, das 7h30 às 17h30. A entrada custa R$8,00.

Crianças, de sete a 12 anos, pagam meia entrada, assim como estudantes e professores, portando carteira comprobatória.

O Cajueiro é a razão da comunidade e faz parte de suas vidas desde sempre. O corpo funcional, em sua maioria, é composto por profissionais que habitam o entorno – Pirangi, Pium, Búzios, Cotovelo.

Confira a Programação Cajucultura: 

  • De 10 a 31/01 – Festival Rosas do Deserto
  • 10/01 – Pablo Jones
  • Horário: 9h
  • 11/01 –  Som Caju 
  • Horário: 9h
  • 12/01 Júlio César
  • Horário: 9h
  • De 12 a 18/01 – Exposição Barbie Couture – Estilismo e representatividade com a estilista Juliana Rosa 
  • Horário:das 13h às 17h
  • 13/01- RRodrigo – Caricaturas em camisetas
  • Horário: das 8 às 17h
  • 13/01 – Projeto Orquestra Sanfônica de Parnamirim 
  • Horário: 9h