Hospital de Campanha de Parnamirim será entregue na segunda-feira (1)

Foto de: ASCOM

A Prefeitura de Parnamirim, através da Secretaria Municipal de Saúde (Sesad), entregará na próxima segunda-feira, (1), às 10 horas, o Hospital de Campanha da cidade. A estrutura foi montada no Centro Especializado em Reabilitação (CER), no bairro Vida Nova, e conta com 44 leitos de internação, para dar apoio aos pacientes de COVID-19 com sintomas leves e moderados.

Após a chegada e instalação de boa parte dos equipamentos, como também a etapa de contratação de profissionais em sua reta final, uma vistoria foi realizada no início desta semana para acertar os últimos detalhes da abertura do Hospital de Campanha. “Estamos fazendo tudo o que está ao nosso alcance para combater a Covid-19. A chegada do Hospital de Campanha é um reforço muito importante. Sabemos das dificuldades do enfrentamento à pandemia, mas em conjunto com o trabalho do pessoal da linha de frente, apoio e conscientização da população, vamos superar essa batalha”, disse o prefeito Rosano Taveira.

Profissionais

De acordo com a Sesad, o Hospital de Campanha conta com uma equipe composta por médicos internistas, infectologistas, plantonistas e técnicos de enfermagem trabalhando em rodízio de 12 horas, e enfermeiros. Fisioterapeutas, funcionários de limpeza e duas secretárias também atuarão na unidade, além de profissionais de assistência social, psicologia, bioquímicos e recepcionistas.

Durante o período de estruturação da unidade, a Sesad realizou uma capacitação com os profissionais que atenderão a pacientes infectados pelo coronavírus. Fisioterapeutas, recepcionista e auxiliares de serviços gerais tiveram aulas de atendimento ao público, higienização, controle e fluxo de entrada e saída de pessoas e resíduos. Ensinamentos sobre uso correto dos Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), chamado de paramentação e desparamentação, que consiste na colocação e retirada dos mesmos, também foram ofertados.

Estrutura e equipamentos

Dos 44 leitos disponibilizados, dois leitos de estabilização são exclusivos para pacientes graves. A função desses leitos é, justamente, manter o paciente estável, até que ele possa ser transferido com segurança para uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI). O espaço é diferenciado dos demais, pois conta com respiradores e outros equipamentos avançados.

A Secretaria de Saúde recebeu na última terça-feira (26) dois respiradores e três monitores que serão utilizados na unidade. Os equipamentos foram cedidos pelo Ministério da Saúde, através do Governo do Estado, e estarão à disposição do município como empréstimo até o fim da pandemia. Um dos respiradores será utilizado na ambulância e outro no Hospital de Campanha.

De acordo com a secretária de Saúde, Terezinha Rêgo, até sexta-feira (29) a unidade hospitalar receberá mais um respirador. Os monitores também são fundamentais pois avaliam frequências cardíaca e respiratória, pressão arterial e saturação (oxigenização).

SERVIÇO:

HOSPITAL DE CAMPANHA

Rua: Novo Oriente, s/n

VIDA NOVA