Lei Djalma Maranhão injeta mais de R$ 11 milhões na economia criativa de Natal

A partir de hoje (01-06), o setor cultural de Natal e toda sua cadeia produtiva passam a contar com o incentivo de R$ 11 milhões da Prefeitura do Natal através do programa Djalma Maranhão de Incentivo à Cultura. O período de inscrições vai até 1 de dezembro de 2020, com limite de 4 (quatro) projetos por proponente.

Principal motor de impulsionamento da cultura potiguar, a Lei Djalma Maranhã disponibiliza um total de R$ 11.397.820,00 (onze milhões, trezentos e noventa  sete mil, oitocentos e vinte) para serem investidos na economia criativa da cidade. Produtores, artistas e realizadores podem captar recursos perante a iniciativa privada para a realização de projetos.

Através da Lei Djalma Maranhão são realizados projetos nas áreas do Audiovisual, Teatro, Shows, DVDS, blocos e prévias de Carnaval, Documentários, livros, exposições, espetáculos infantis e de dança. “A vida cultural e a economia criativa da cidade do Natal passam pela Lei Djalma Maranhão. Vai desde as programações semanais de continuidade até os principais projetos de música e Carnaval”, comenta o secretário de Cultura de Natal, Dácio Galvão.

Promovida e criada pela Prefeitura do Natal, a Lei de Incentivo à Cultura que utiliza renúncia fiscal do Município propicia centenas de projetos nos mais diversos segmentos.

As novas propostas deverão serem encaminhadas somente para o e-mail: [email protected], no período de 01 de junho de 2020 a 01 de dezembro de 2020. Os demais requerimentos solicitando ajustes, prorrogações, reduções de valores dos projetos de anos anteriores, ou qualquer dúvida, questionamento, devem ser enviados somente para o e-mail: [email protected]

A Lei Djalma Maranhão aprovou 138 projetos no ano passado. “A Lei Djalma Maranhão tem vida perene através de projetos diversificados e voltados para a cultura de qualidade, motor da economia criativa”, comenta o secretário de Cultura de Natal, Dácio Galvão.