Segurança desenvolve ação integrada para áreas rurais

A Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) se reuniu, nesta segunda-feira (24), com representantes de produtores rurais do Rio Grande do Norte para discutir ações para aperfeiçoar a segurança pública na área rural. Durante o encontro, os produtores relataram que recentes casos de roubo e furtos de animais das propriedades e ouviram do secretário da Segurança do RN, coronel Francisco Araújo, que investimentos serão feitos para trazer mais segurança para o setor. “Estamos recebendo recursos de emendas de bancada feitas por parlamentares federais. Entre os setores que vamos aplicar está a Ciopar (Companhia Independente de Operações e Patrulhamento em Áreas Rurais). Já entregamos novos armamentos de maior poder de enfrentamento da criminalidade e iremos dotar a Ciopar com novas viaturas, equipamentos, no mês de novembro teremos a incorporação de novos policiais ao efetivo, o que irá ajudar no reforço e ampliação do patrulhamento”, disse. As ocorrências relatadas pelos produtores já estão sendo investigadas pela Delegacia Especializada em Furtos e Roubos. “Os delitos que estão acontecendo são relacionados com o furto de gado. Já estamos trabalhando para identificar esses criminosos”, afirmou a delegada Danielle Filgueira, da Defur, que ainda destacou que em junho mais de 20 pessoas foram detidas por cometerem ações criminosas na área rural. “Nessas ocorrências os criminosos procuravam armas de fogo que os proprietários das fazendas tinham na localidade. A Defur conseguiu identificar e prender essa quadrilha. Mais de 20 inquéritos estão sendo remetidos para a Justiça com essas pessoas sendo indiciadas por roubo majorado”, complementou a delegada. O comandante da CIOPAR, major Andrey, frisou a importância de que as informações sobre essas ações criminosas sejam levadas ao conhecimento das forças de segurança do Estado. “Pedimos que quando ocorrerem essas ações em áreas rurais, as vítimas liguem para o 190 e depois se desloquem até a Delegacia Regional da sua região e passem todas as informações para os policiais. Isso vai ajudar as forças de segurança a combater esses crimes”. O presidente da Associação Norte-Rio-Grandense de Criadores do Rio Grande do Norte (ANORC), Marcelo Passos Sales, se mostrou satisfeito com o que foi discutido durante a reunião. “Sabemos que o problema que temos é grave e bastante complexo, principalmente pela quantidade de hectares envolvidos no processo. Mas saímos da reunião com a certeza que a cada dia vamos melhorar ainda mais a proteção junto ao produtor rural”.