Skip to main content

Mais de 300 ações culturais em todas as regiões da cidade marcaram o Natal em Natal

Mais de 300 ações culturais em todas as regiões da cidade marcaram o Natal em Natal
Entre as mais 300 apresentações o Natal em Natal contou com teatro, música e dança em dezembro

Consolidado como o maior projeto cultural do RN, o Natal em Natal encerrou mais uma edição no último domingo (9) totalizando números impressionantes em ações culturais voltadas para ativar a economia criativa. Promovido pela Prefeitura do Natal, através da Secretaria de Cultura (Secult-Funcarte), o Natal em Natal registrou mais de 300 ações culturais entre shows, festivais, apresentações de dança, editais de fomentos e emendas parlamentares municipais.

Segundo o secretário de Cultura de Natal, Dácio Galvão, esta edição do Natal em Natal foi marcada pela pluralidade: “Nas quatro regiões da cidade foi possível ter um panorama amplo da cena cultural, que permitiu a ativação de cadeia produtiva e ofertar lazer e cultura de qualidade à população”, avaliou.

O prefeito Álvaro Dias destacou a importância do projeto para cidade nesta época do ano. “Uma data tão especial como essa, merece uma programação especial. Natal é uma cidade que recebe turistas do mundo todo. Por isso temos uma diversificada programação cultural com shows musicais, teatrais, artesanato e culinária num só lugar, aqui na Árvore de Mirassol e em outros bairros da cidade”, afirmou.

Somente de atrações musicais e shows foram 200 apresentações, distribuídos da seguinte forma: 75 se apresentaram na Árvore de Mirassol, 40 no Espaço Cultural Jesiel Figueiredo (Zona Norte), 27 no Centro Histórico, 8 shows no Alecrim, 6 no Soledade II, 6 no bairro das Quintas, 6 nas Rocas  e apresentações em diversas Igrejas dentro do edital Aldo Parisot.
Através de editais de fomento foram realizadas 11 apresentações teatrais (incluindo teatro infantil), exposição de Artes Visuais com 20 contemplados, Feira Garajal, Mostra de Break com 36 apresentações, Cortejo e Presente de Natal, Festivais Gastronômicos (Pratodomundo e Natal Fest Gourmet) e o Festival Garagem de Rua com 30 apresentações para bandas alternativas de rock. O Natal em Natal teve também o tradicional show pirotécnico com dois pontos (Ponte Redinha e Ponta Negra) com duração de 12 minutos.

“Nossa avaliação é que o projeto além de consolidado apresentou opções em todas as áreas da cultura e regiões da cidade, feito de forma participativa por todos os segmentos, com a sensibilidade dos vereadores através de emendas parlamentares, com recursos da Lei Djalma Maranhão e editais de fomentos”, explica o secretário Dácio Galvão.

Versátil News