Skip to main content

Governo do RN: Carga com 100 ton. de farinha de trigo é retida no RN por inconsistência fiscal

Carga com 100 ton. de farinha de trigo é retida no RN por inconsistência fiscal

 

O período de carnaval começou no Rio Grande do Norte com um forte esquema de fiscalização nas rodovias. No fim de semana, auditores fiscais da Secretaria Estadual de Tributação (SET-RN), juntamente com agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF), interceptaram duas carretas com um carregamento irregular de 100 toneladas de farinha de trigo. O produto tinha documentação fiscal em duplicidade, e mais, foi constatada uma sonegação de tributos da ordem de R$ 102 mil. Toda a mercadoria, avaliada em R$ 300 mil, foi apreendida.

Vindos do Rio de Janeiro, os dois veículos foram inspecionados e autuados na BR-226, à altura do município de Serra Caiada, a cerca de 80 quilômetros de Natal, no Agreste Potiguar.  Ao verificar a documentação do produto, os auditores da SET-RN identificaram a mesma nota fiscal para as duas cargas, já que cada carreta continha 50 toneladas de farinha de trigo após pesagem da mercadoria. As notas declaravam apenas 36 toneladas e, ainda assim, estavam duplicadas, sem o recolhimento de impostos.

O material foi apreendido e retido em um dos depósitos do Fisco Estadual para liberação somente após a regularização. Ou seja, pagamento do imposto sonegado e das multas por infração. O transporte de mercadoria sem nota é considerado um crime contra a ordem tributária. Por isso, foi aplicada uma multa, que somada aos tributos devidos, chegou a R$ 102 mil. Segundo a Coordenadoria de Fiscalização (Cofis) da SET-RN, as fiscalizações volantes serão intensificadas durante o feriadão e os trabalhos visam combater ilícitos. A ideia é coibir, sistematicamente e com rigor, o crime de sonegação fiscal, permitindo ao bom contribuinte um ambiente de mercado competitivo, mais justo e igualitário, do ponto de vista tributário.

Safra do melão no RN ultrapassa 300 mil toneladas e tem faturamento 15% maior que em 2021

Safra do melão no RN ultrapassa 300 mil toneladas e tem faturamento 15% maior que em 2021

Foto: Inter TV Costa Branca

A colheita da safra 2021/2022 do melão deve durar até a primeira quinzena do mês de março. Segundo o Comitê Executivo de Fruticultura do Rio Grande do Norte (Coex), o estado deve produzir cerca de 330 mil toneladas de melão, a mesma quantidade da safra anterior. Inglaterra, Holanda e países do Oriente Médio são os principais compradores da fruta.

faturamento da safra deve chegar aos 250 milhões de dólares, um aumento de 15% com relação ao período anterior. Mas o preço dos insumos, como os fertilizantes e o plástico, e as incertezas causadas pela pandemia da covid-19, fizeram o custo de produção crescer mais da metade.

“Levando em consideração os lockdowns nos países que importam nossa fruta, a retração do consumo de frutas, do melão, nesse momento, então a gente considera que essa área plantada poderia até ter sido menor para não sobre ofertar o mercado consumidor”, comentou Fábio Queiroga, presidente do Coex.

Apesar dos desafios, a fazenda responsável por mais de 90% do melão exportado do RN vai conseguir entregar todos os pedidos. Inglaterra, Holanda e Oriente Médio são os principais compradores.

Na fazenda, mesmo com o fim da safra, a colheita do melão vai seguir o ano inteiro, isso porque os compradores europeus decidiram continuar comprando o melão do Rio Grande do Norte no período da entressafra. Houve um incremento de 60 mil toneladas da fruta destinadas à Holanda e Inglaterra.

Fonte: Blog do BG

BARES E CASAS DE SHOW DA GRANDE NATAL REALIZAM PROGRAMAÇÃO ESPECIAL PARA O CARNAVAL

BARES E CASAS DE SHOW DA GRANDE NATAL REALIZAM PROGRAMAÇÃO ESPECIAL PARA O CARNAVAL

Sem carnaval de rua por causa da pandemia da Covid, bares e boates de Natal prepararam programação especial para os dias de folia. Os eventos privados estão liberados pelos decretos e o público precisa apresentar o passaporte vacinal atualizado.

A Banda Grafith, por exemplo, vai se apresentar no Barraco Praia, em Ponta Negra, na sexta-feira (25), e na Imperium Music, na Praia do Meio, no domingo (27).

Também tem shows no Redação Bar, na praia de Pirangi, na Grande Natal, com atrações como Raí Saia Rodada, Chicabana e Henry Freitas.

BARRACO PRAIA – PONTA NEGRA

  • Sexta-feira – Banda Grafith e Eita Mamãe
  • Sábado – Lucas Boquinha, Filho Araújo e Artur Dias
  • Domingo – Tonny Farra, John Sensação e Junior Bahya

BIZU CLUB – PONTA NEGRA

  • Sexta-feira – Lucas Boquinha, Núzio Medeiros e DJ Avenuy
  • Sábado – Romarinho, Fabinho Fernandes e DJ Avenuy
  • Domingo – Roberto Filho, Som e Balanço e DJ Avenuy
  • Segunda-feira – Lucas Pavani, Juninho Ousado e DJ Avenuy

IMPERIUM MUSIC – PRAIA DO MEIO

  • Sábado – DJ Túlio Lima, Igor Karuzo, Whadi Gama e Swing na Pegada
  • Domingo – Branda Grafith, Saullo Braz, Whadi Gama e Swing na Pegada
  • Segunda-feira – Japãozin, Tonny Farra, Alecio Farra e Rodriguinho
  • Terça-feira – Pagode do Coxa, Nova Sensação e Xingu

DONANA PUB NATAL

  • Sexta-feira – Joelika Diniz, DJ Yanka Motta e DJ Nany Ragazza
  • Sábado – Tornado do Samba, Banda Niuma e DJ Edson Almeida
  • Domingo – Marlus e Chimene Elétrico, Vivi Brito
  • Segunda-feira – Gisele Alves, Robson Paiva e DJ Amélie Bracchi
  • Terça-feira – Larissa Dantas, Jonny e DJ Kathy

REDAÇÃO BAR – PRAIA DE PIRANGI

  • Sábado – Raí Saia Rodada, John Sensação e Eric Land
  • Domingo – Zé Cantor, Pagode do Coxa e Henry Freitas
  • Segunda-feira – Chicabana, Som e Balanço e Litto Lins

MR. HOPPY – NATAL

  • Sexta-feira (25) – Mad Dogs
  • Sábado (26) – Deckadas
  • Domingo (27) – Banda Café
  • Segundo (28) – Som da Casa
  • Terça-feira (1º) – Trio Tequila

Fonte: Hilneth Correia

Putin põe equipes de armas nucleares em posição de alerta


Putin coloca forças de controle nuclear russo em alerta

Putin coloca forças de controle nuclear russo em alerta

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, deu ordem para que o comando de seu país coloque as armas nucleares de represália em posição de alerta grave, depois de ouvir declarações que considerou agressivas de representantes dos países que fazem parte da Otan. As informações são da agência Reuters.

“Como vocês podem ver, países do Ocidente não só tomam medidas não amistosas contra nós na dimensão econômica —eu me refiro às sanções que todos conhecem bem e também aos principais dirigentes que lideram a Otan que se permitem fazer declarações agressivas em relação ao nosso país”, ele afirmou na TV estatal.

 

“Dessa forma, comando ao ministro da Defesa para que as forças de deterrência do país estejam de prontidão”, disse.

Deterrência é o ato de impedir um ataque provocando um dano ao agressor —essa é uma referência a unidades militares que incluem armas nucleares.

 

Reação dos EUA

 

O governo dos Estados Unidos afirmou que a ordem do presidente Vladimir Putin para colocar as armas nucleares de seu país em estado de alerta grave faz parte de um padrão da Rússia em fabricar ameaças para justificar uma agressão.

“Nós o vimos fazer isso várias vezes. Em nenhum momento a Rússia esteve sob ameaça da Otan, a Rússia esteve sob ameaça da Ucrânia”, disse a porta-voz da Casa Branca Jen Psaki.

Os americanos também disseram que estão abertos a dar mais assistência aos ucranianos.

Por que a Rússia não quer a Ucrânia na Otan

 

A possibilidade da aproximação da Ucrânia com a União Europeia e com a Otan é um dos principais pontos destacados pelo presidente da Rússia, Vladimir Putin, como motivação para invadir o território ucraniano. Para ele, uma aliança militar da Ucrânia com a organização seria uma ameaça contra o Kremlin.

A Otan (sigla que significa Organização do Tratado do Atlântico Norte) é uma aliança formada por 30 países, incluindo EUA, Canadá, Reino Unido e França. A organização foi criada em 1949, no período da chamada Guerra Fria, sob a liderança dos EUA em oposição à extinta União Soviética. Com o fim do bloco comunista em 1991, a Otan passou a atuar, sobretudo, como uma aliança que zela pelos interesses econômicos dos membros.

Na sexta-feira (25), a porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Maria Zakharova, alertou tanto a Finlândia quanto a Suécia que enfrentarão “consequências militares e políticas prejudiciais” se tentarem ingressar na Otan.

Zakharova fez a afirmação em entrevista coletiva em Moscou no início da tarde desta sexta-feira (25). Ela avisou que a adesão da Finlândia ou da Suécia à Otan provocaria uma resposta séria de Moscou.

 

 

Presidente russo, Vladimir Putin — Foto: Sputnik/Aleksey Nikolskyi/Kremlin via Reuters

Presidente russo, Vladimir Putin — Foto: Sputnik/Aleksey Nikolskyi/Kremlin via Reuters

Fonte: Globo

G1: Brasileiro lamenta mais um dia de tentativa frustrada para sair da Ucrânia: ‘fé que nossa hora vai chegar’


Jogador de futebol Edson Fernando ainda não conseguiu deixar a Ucrânia — Foto: Reprodução

Jogador de futebol Edson Fernando ainda não conseguiu deixar a Ucrânia — Foto: Reprodução

O jogador de futebol Edson Fernando, de 23 anos, ainda não conseguiu autorização para entrar na Polônia. O sábado (26) foi mais um dia de tentativas de sair da Ucrânia por causa da guerra, mas no fim houve uma “decepção enorme”, conforme relatou o atleta potiguar em uma rede social.

Edson deixou a cidade de Lviv, no Oeste da Ucrânia, ao lado do companheiro de equipe, Talles Brener, e Jéssika Ariani, namorada de Talles. Os três buscam juntos uma solução para chegar à Polônia e retornar ao Brasil o quanto antes.

“Só nós sabemos o que estamos passando esses dias aqui, cada humilhação, desaforo, nãos que a gente vem tomando uma hora vamos ser honrados. Tô com muito orgulho da nossa força e coragem pra enfrentar isso tudo”, publicou Edson em foto com os amigos, às 5h20 deste domingo (27) – horário da Ucrânia.

“A cada oportunidade que temos de sair vibramos iguais crianças, mesmo sabendo que não temos certezas. Tenho fé que nossa hora vai chegar e vamos estar sorrindo com nossos familiares e amigos”, completou.

O jogador do Rukh Lviv afirmou ainda que o grupo está há quatro dias “sem sequer tirar o tênis do pé”. “Dá pra imaginar isso? Sim, quase quatro dias sem tomar banho, sem dormir em uma cama, apenas cochilos em alguma cadeira”.

A alimentação também não tem sido fácil.

“Somente hoje (sábado) comemos algo mais constante que foi um peito de frango, outros dias era só chips de batata e biscoito recheado. A ignorância aqui na fronteira é muito grande, vocês não têm noção, tudo é motivo pra gritar com estrangeiros”.

 

No desabafo, Edson fez questão de agradecer o “apoio de familiares, todos amigos, aos consulados de outros países que estão nos procurando pra ajudar e a todas as pessoas do mundo que está tentando ajudar a gente”.

Em rede social, Edson Fernando fez novo desabafo sobre situação na fronteira com a Polônia — Foto: Reprodução

Em rede social, Edson Fernando fez novo desabafo sobre situação na fronteira com a Polônia — Foto: Reprodução

Por volta de 9h30 (horário de Brasília), em contato com amigos no Brasil, Edson disse que seguia na fronteira com a Polônia, sem previsão para sair da Ucrânia.

 

 

Brasileiro que tenta sair da Ucrânia relata dificuldade para entrar na Polônia

Brasileiro que tenta sair da Ucrânia relata dificuldade para entrar na Polônia

Drama

 

Edson Fernando deixou a cidade de Lviv com um grupo de colegas atletas em busca de refúgio na Polônia. Eles fizeram parte do percurso a pé, mas quando chegaram na fronteira da Polônia não conseguiram entrar.

“Falaram que só iam entrar crianças e mulheres; ai começou um tumulto. Tivemos que sair da fila, não tínhamos o que fazer”, disse.

Fecomércio: Bolsas despencam após Rússia invadir Ucrânia; petróleo passa de US$ 100 pela 1ª vez desde 2014

Bolsas despencam após Rússia invadir Ucrânia; petróleo passa de US$ 100 pela 1ª vez desde 2014

A invasão da Ucrânia pela Rússia derrubou as bolsas internacionais nesta quinta-feira (24) e fez o preço do petróleo passar de US$ 100 pela primeira vez desde 2014, com o barril do tipo Brent atingindo US$ 105.

Outros ativos considerados refúgios seguros, como o ouro, o dólar e o iene japonês, se valorizaram num momento de tensão elevada nos mercados.

Bolsa da Alemanha cai; em Moscou, tombo chega a 50%
Por volta das 13h50 (horário de Brasília), o índice DAX da bolsa da Alemanha – a maior economia da Europa e muito dependente de insumos energéticos russos – caía 4,01%. As bolsas de Paris e Madrid tinham baixa de 7% e 2,85%, respectivamente%. Em Londres, o índice FTSE recuava 3,82%.

A Bolsa de Valores de Moscou chegou a suspender a operações após abrir com queda de mais de 10%, e fechou com queda de 33,28%. Ao longo das negociações, chegou a tombar 50%. Já o rublo caiu 7% em relação ao dólar e atingiu seu mínimo histórico, mas reduziu a desvalorização após intervenção do Banco Central russo.

A Bolsa de Tóquio encerrou a sessão de quinta-feira em baixa de 1,8%. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, caiu 2,03%. Em Hong Kong, o índice Hang Seng caiu 3,21%. Já a bolsa de Sydney tombou 2,99%.
Nos EUA, o Dow Jones recuava 2,13%, enquanto o S&P caía 1,05%. O Nasdaq ficava a caminho de cair 20% em relação a um pico recorde de novembro, a primeira distância dessa magnitude desde março de 2020, na ocasião da chegada da pandemia de Covid-19.

“Neste momento, é impossível apostar em qualquer cenário”, diz Ipek Ozkardeskaya, analista da empresa de investimentos SwissQuote, para quem este “é o pânico nos mercados”.

O porta-voz do Kremlin Dmitry Peskov afirmou que a Rússia criou ferramentas de segurança suficientes para sobreviver à reação “emocional” do mercado financeiro à invasão russa da Ucrânia.

Petróleo bate US$ 105
O preço de petróleo barril do tipo Brent, a referência do mercado, ultrapassou a barreira de US$ 100 pela primeira vez desde 2014. Por volta das 13h50, o preço do barril de Brent subia 7,45%, a US$ 104,05. O petróleo WTI avançava 5,60%, a US$ 97,26.
A escalada militar eleva os temores sobre o abastecimento de produtos básicos chave, como petróleo, trigo e metais, em meio a uma demanda crescente na reabertura das economias, após os fechamentos provocados pela pandemia da Covid-19.

Grandes petroleiras, como BP, Exxon Mobil e Shell, têm investimentos significativos na Rússia.

“O suprimento de petróleo da Rússia vai desaparecer do dia para a noite se sofrer sanções, e a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) não consegue produzir de forma rápida o suficiente para compensar”, diz o economista Howie Lee, da OCBC.

Desde o início do ano, o petróleo já tinha subido mais de US$ 20 por conta do temor de que a Europa e os Estados Unidos impusessem sanções no setor energético da Rússia e afetasse o suprimento global de energia.

Embora não tenha havido ainda imposição de sanções sobre esse setor, países ocidentais e o Japão impuseram novas sanções contra a Rússia na terça-feira (24) e prometeram ampliá-las caso Moscou invadisse a Ucrânia, o que acabou ocorrendo.

A disparada do petróleo coloca mais pressão sobre os preços dos combustíveis no Brasil. Desde 2016, a Petrobras passou a adotar para suas refinarias uma política de preços que se orienta pelas flutuações do preço do barril de petróleo no mercado internacional e pelo câmbio.

Prefeitura de Parnamirim: Prefeitura debate sobre fluxo de atendimento à mulher vítima de violência 

 Prefeitura debate sobre fluxo de atendimento à mulher vítima de violência

A Prefeitura de Parnamirim, através da Secretaria de Assistência Social (SEMAS), realizou nesta sexta-feira (25) um diálogo intersetorial com a rede socioassistencial com o objetivo de apresentar o fluxo de atendimento à mulher vítima de violência no município.

O evento ocorreu no auditório do Centro Administrativo e além dos profissionais da Assistência Social também recebeu representantes de diversas instituições de Parnamirim. Após a entoação dos Hinos Nacional e Municipal e a apresentação musical do Sexteto da Escola de Música da Fundação Parnamirim de Cultura, iniciaram os pronunciamentos.

A Secretária de Assistência Social e presidente do Conselho Municipal da Mulher, Alda Lêda Taveira, falou da importância do evento. “A violência contra mulher é uma das principais e mais graves formas de violação dos diretos humanos enfrentadas na atualidade e este momento vai contribuir para discutir e desenvolver estratégias de proteção”, declarou.

A vice-prefeita, Kátia Pires, representou o prefeito Taveira no evento: “Estamos quase entrando no mês de março, mês das mulheres, e não podemos deixar de chamar atenção aos vários tipos de violência contra mulher, muitas não percebem que são vítimas de um relacionamento abusivo. Não podemos nos calar, não só pela nossa vida, mas pela vida de outras mulheres”, afirmou.

Na ocasião, a promotora do juizado de violência contra mulher, Emília Zumba, ministrou sobre “Apresentação do fluxo de atendimento à mulher vítima de violência em Parnamirim”. Também estavam presentes a vereadora Rhalessa Freire; as secretárias adjuntas de Assistência Social, Marta Lopes, e de Educação, Delmira Dalva, e a coordenadora de apoio à Mulher da SEMAS, Amanda Melo.

A coordenadora do serviço social da Maternidade do Divino Amor e membro da Comissão do Programa Acolher, Renata Leal, palestrou sobre “A atuação dos equipamentos de saúde no atendimento à mulher vítima de violência”.

Em seguida, a coordenadora do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), Andréa Felipe, ministrou sobre “o acolhimento e atendimento da mulher vítima de violência na proteção de média complexidade”. O capitão da Policia Militar de Parnamirim, Moisés de Almeida Santos, tratou sobre “a abordagem da Policia Militar do RN nas ocorrências de violência contra a Mulher e os casos onde a Patrulha Maria da Penha é acionada”.

Prefeitura de Natal: Prefeitura libera nesta sexta-feira (25) informes de rendimentos dos servidores de Natal para o IR

Prefeitura libera nesta sexta-feira (25) informes de rendimentos dos servidores de Natal para o IR


Crédito: Foto: Joana Lima / Redação: Secom
Prefeitura libera nesta sexta-feira (25) informes de rendimentos dos servidores de Natal para o IR
Servidores podem pegar os informes no portal da Prefeitura de Natal

A Prefeitura de Natal liberou de forma antecipada, nesta sexta-feira (25), o Comprovante de Rendimentos para os servidores do Município começarem a organizar seus documentos para Declaração do Imposto de Renda 2022 (ano-base 2021). Os informes podem ser acessados de forma simples por meio do banner “Imposto de Renda” na página principal do portal da Prefeitura de Natal ou através do link https://www2.natal.rn.gov.br/sempla/dirf//.

O documento é necessário para o contribuinte preencher a declaração que deverá ser enviada à Receita Federal a partir de 7 de março até  29 de abril.

Segundo o secretário-adjunto de Gestão de Pessoas da Semad – Secretaria Municipal de Administração, Pedro Cruz, o procedimento está liberado para ativos da administração direta e indireta e inativos (aposentados e pensionistas). O canal também fica disponível todo o ano até a substituição do próximo ano. O link é exclusivo para a declaração deste ano, mas o funcionário do município pode ter acesso a declarações de anos anteriores no canal Natal Online.

Centenário
Em 2022, o Imposto de Renda no Brasil completará 100 anos de existência. A Receita informa que  para celebrar este centenário, preparou um pacote de inovações que simplificam o preenchimento da declaração, o pagamento do imposto e o recebimento da restituição.

Governo do RN: Novas rotas turísticas do RN são conhecidas pela equipe da SETUR e do Idema

Novas rotas turísticas do RN são conhecidas pela equipe da SETUR e do Idema

 

“Do Sertão para o Mar”, assim é denominado o novo polo turístico do Rio Grande do Norte composto por sete municípios da Região Salineira do Estado. A criação da nova região atende a demanda do Programa de Regionalização, por meio do Ministério do Turismo, que organiza os municípios turísticos no Mapa do Turismo Brasileiro.  A partir de agora as cidades de Jandaíra, Galinhos, Guamaré, Macau, Pendências, Alto do Rodrigues e Carnaubais – unem-se com objetivo de discutir, compreender e divulgar o turismo na região e, principalmente, entender as funções da Reserva Ponta do Tubarão como área de desenvolvimento sustentável.

Durante três dias, de terça (23) a quinta-feira (25), representantes da Secretaria Estadual de Turismo (Setur) e do Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema) estiveram em visitas técnicas nas cidades de Jandaíra, Macau e Guamaré para conhecer os atrativos turísticos e ambientais das localidades. A comitiva de turismo do Governo do Estado foi coordenada pela Secretária de Estado do Turismo, Ana Costa, com a participação do diretor-geral do Idema, Leon Aguiar. A visita técnica foi uma proposição dos municípios que integram o novo polo turístico, representado pelas lideranças municipais Tânia Fonseca e Carlos Gustavo Lima de Souza, presidente interina e vice-presidente da IGR “Do sertão para o Mar”.

O primeiro destino visitado foi a cidade de Jandaíra, na tarde da terça-feira (23), onde os gestores foram recepcionados por representantes dos sete municípios da IGR do Sertão para o Mar, na Associação de Jovens Agroecologistas Amigos do Cabeço (JOCA). A visita técnica oficializou, junto a Setur, a criação da primeira Instância de Governança Regional-IGR. A IGR do Sertão para o Mar é um modelo de gestão descentralizada do turismo que proporciona alternativas de desenvolvimento, de acordo com as especificidades de cada município.

Na ocasião, os gestores estaduais conheceram as ações na área de turismo sustentável da região. Os representantes das secretarias de turismo e de meio ambiente dos municípios apresentaram diversos roteiros, e entre os destaques, estiveram as belezas cênicas das praias de Galinhos, o Museu de Carnaubais, o turismo de eventos de Alto do Rodrigues e Pendências, o Meliponário desenvolvido pelas famílias locais com o JOCA e em parceria com o Sebrae, as Cavernas e Grutas, em Jandaíra.

Segundo a secretária de Turismo, Ana Costa, a visita técnica dará subsídios para uma futura divulgação das novas rotas turísticas para o Rio Grande do Norte. “Nossa vinda em conjunto com o Idema é estratégica para gestão do turismo do Estado, pois somos privilegiados geograficamente pelos encantos ambientais que temos em nosso território. É preciso zelar por esta riqueza. A visão do governo da professora Fátima é pautar a geração de renda com desenvolvimento sustentável e aqui estamos verificando in loco o que pode ser adotado na cadeia do turismo e que respeite o meio ambiente”, explicou.

Na segunda visita técnica no Novo Polo Turístico do Sertão para o Mar, os gestores do Idema e da Setur participaram da experiência turística pela Gamboa do Camurupim, no município de Macau/RN. “É aqui onde o Sertão de fato encontra o mar. É o encontro da Caatinga com o Mangue. A experiência turística do grupo D’adventure, une o turismo sustentável que respeita o meio ambiente, incluindo a história, a culinária e a música instrumental de qualidade”, apresentou Daybson Samid.

O eco passeio de canoa e caiaques pelos mangues e gamboas de Macau, no Rio Grande do Norte é uma oportunidade única de conhecer de perto o ecossistema de transição chamado manguezal. Outros pontos visitados foram a empresa Lavi, que desenvolve larvas para o cultivo de camarão, as obras do Recinto de Aclimatação e Programa de Soltura e Monitoramento de Peixes-bois Marinhos, do Projeto Cetáceos Costa Branca da UERN (PCCB/UERN) e a sede do Ecoposto da RDS Ponta do Tubarão.

“A Região Salineira tem muitas potencialidades para consolidar o turismo ecológico das cidades inseridas na IGR – Do Sertão para o Mar. O Idema gerencia a Reserva de Desenvolvimento Sustentável, que compreende uma área de quase 13 mil hectares entre os municípios de Macau e Guamaré, e podemos constatar que é um patrimônio ambiental bem conservado, rico em biodiversidade e belezas cênicas que podem sim conviver com as atividades de ecoturismo”, destacou o diretor-geral do Idema, Leon Aguiar.

Um dos pontos a serem observados no diagnóstico do Idema é a participação da população local, em parceira com poderes públicos, com o objetivo de gerar os atrativos pautados na conservação ambiental e no turismo de experiência. “A presença das representações populares no Conselho Gestor da RDS Ponta do Tubarão é o fórum indicado para recepcionar demandas e debater soluções para uma ocupação adequada”, completou Aguiar.

Encerrando a série de visitas técnicas conjuntas entre Idema e Secretaria de Turismo, na Região Salineira do Estado, a cidade de Guamaré apresentou suas potencialidades e projetos. A secretária de Turismo, Ana Costa, e o diretor-geral do Idema, Leon Aguiar, foram recebidos pelo prefeito Artur Teixeira. Os gestores conheceram, juntamente com as equipes técnicas, as praias do Queimado, Minhoto, Atabaia, Praia do Rio Aratuá, a Trilha da Canoa e o Amaro.

“Para nós que queremos desenvolver o Turismo Responsável em Guamaré com seriedade, o diálogo e o apoio com a Secretaria de Turismo e com o Idema são fundamentais. Queremos que os projetos de infraestrutura turística sejam iniciados brevemente para desenvolver não apenas Guamaré como toda a região”, explica o prefeito de Guamaré, Arthur Teixeira.

Participaram ainda das visitas técnicas, a arquiteta e subcoordenadora de Infraestrutura da Setur, Anna Cecília Guedes; a assessora de comunicação do Idema, Dannyelle Nunes; a Jornalista e a Subcoordenadora de Comunicação, Analice Lima; o supervisor do Núcleo de Gestão de Unidades de Conservação, Rafael Laia e o gestor da RDS Ponta do Tubarão, Ramiro Camacho. A equipe esteve acompanhada da fotógrafa e videomaker Caroline Macedo, que registrou momentos para utilização futura na divulgação do projeto do turismo estadual.

Míssil atinge prédio residencial em Kiev, capital da Ucrânia

Rússia confirma ataques com mísseis navais e de cruzeiro aéreo, mas apenas em áreas militares

Edifício residencial em Kiev é atingido por míssil

Edifício residencial em Kiev é atingido por míssil

GLEB GARANICH / REUTERS

Um míssil russo atingiu um grande edifício residencial em Kiev, disse o Serviço de Situações de Emergência do Estado da Ucrânia neste sábado (26). Segundo informou o Ministério do Interior do país, não há vítimas no local. O míssil caiu entre o 18º e o 21º andar do prédio.

A Rússia anunciou pouco antes que havia disparado mísseis de cruzeiro contra a infraestrutura militar, no terceiro dia de sua invasão militar da Ucrânia.

Bases militares

O Exército da Rússia confirmou o ataque a infraestruturas militares da Ucrânia com mísseis navais e de cruzeiro aéreo, disse o Ministério da Defesa russo neste sábado, no terceiro dia da invasão de seu vizinho pró-ocidental.

“Durante a noite, as Forças Armadas da Federação Russa lançaram um bombardeio de armas de precisão de longo alcance, usando mísseis de cruzeiro navais e aéreos, contra a infraestrutura militar ucraniana”, afirmou Igor Konashenkov, porta-voz do ministério, em comentários televisionados.

O porta-voz afirmou ainda que no leste da Ucrânia, as forças separatistas dos territórios de Donetsk e Lugansk apoiadas pela Rússia ganharam terreno, embora essa informação não possa ser verificada por fontes independentes.

O Exército russo também assumiu “controle total da cidade de Melitopol”, no sul da Ucrânia, perto da Crimeia, península anexada por Moscou em 2014, acrescentou.

Segundo o porta-voz, desde o início da invasão, as forças russas destruíram um total de 821 infraestruturas militares ucranianas, incluindo 14 aeródromos.

Fonte: R7