Fecomércio: Varejo acumula R$ 23,26 bilhões em perdas durante 2020, diz Abrappe

varejo brasileiro perdeu R$ 23,26 bilhões no ano passado. O índice médio de perdas no setor caiu de 1,36% em 2019 para 1,33% em 2020. Entre outros fatores, a queda foi puxada pelo aumento das vendas (houve alta de 6% no faturamento do setor) e a diminuição de furtos em loja. Os dados são da 4ª Pesquisa Abrappe de Perdas no Varejo Brasileiro, realizada em parceria com a consultoria EY, e adiantados ao Broadcast, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado.

As perdas são divididas em duas categorias: perdas conhecidas (produtos sem condições de venda) e perdas não identificadas (furtos).

Na comparação dos 15 setores pesquisados, quatro formatos de supermercados (hipermercado, convencionais, vizinhança e conveniência) são responsáveis pelos maiores índices de perdas do varejo brasileiro. Os hipermercados tiveram a maior porcentagem de perdas, com 2,52%, seguido de perto pelas lojas convencionais com 2,10% de perda total e as lojas de vizinhança, que apresentaram índice de 1,89%.

De acordo com o presidente da Abrappe, Carlos Eduardo Santos, os supermercados em geral tiveram redução de perdas em todos os seus formatos, exceto nos hipermercados.

“Todos tiveram redução das perdas não identificadas (furtos) em virtude da redução do fluxo de clientes e maior controle pelo time de prevenção de perdas e pelo aumento das vendas. Já nas perdas identificadas (quebras e produtos sem condições de venda) podemos notar um aumento das quebras nos formatos de hipermercados, supermercados convencionais e de vizinhança. Já os formatos conveniência e atacado mostraram uma redução”, explica Santos.

Com uma das maiores variações da pesquisa, o segmento de Perfumaria vê o índice de perda crescer pelo terceiro ano consecutivo (1,92% em 2018, 1,99% em 2019 e 2,04% em 2020).

“Geralmente, o setor de perfumaria é um dos mais afetados por práticas criminosas, dado o apelo dos produtos como perfumes e maquiagens. O segmento precisa investir mais em boas práticas de prevenção”, avalia o presidente da Abrappe.

O estudo faz o levantamento em 15 segmentos – Atacados e Atacarejos, Calçados, Construção/Lar, Drogarias, Eletro/Móveis, Esportes, Livrarias/Papelarias, Lojas de Departamento, Magazines, Moda, Perfumarias, Supermercados.

Governo do RN: Emprotur inicia presstrip nesta segunda-feira (21)

Com objetivo de promover o destino, a Empresa Potiguar de Promoçao Turística do Rio Grande do Norte (Emprotur) promove, em parceria com a jornalista Cristina Lira, a partir da próxima segunda-feira (21), uma viagem técnica voltada aos jornalistas dos principais mercados emissores. Os participantes irão vivenciar o destino, além de explorar os motivos que levam o Rio Grande do Norte a ser um dos destinos mais procurados na retomada do turismo. 

Para o responsável pela promoçao do Estado, Bruno Reis, a ação faz parte do calendário do destino “Estamos sempre buscando por parcerias estratégicas que fomentem o turismo de forma responsável para assim continuarmos promovendo destino e atingindo toda a cadeia produtiva deste setor”, pontuou o diretor-presidente da Emprotur.

Para a jornalista que irá ciceronear os profissionais da imprensa, a ação é uma importante forma de valorizar os veículos e jornalistas especializados. “O Rio Grande do Norte tem alcançado excelentes resultados, pois que vem fazendo um importante trabalho na área do turismo, ações como essa mostram de perto a experiência para aqueles que tem a missão de ajudar a fomentar o turismo”, declarou Cristina Lira. 

Os jornalistas convidados são: Fábio Cardoso, do portal Turismo em Foco; Alessandra Lontra, do site Alê Lontra; Alexandre Galvão, do blog Trade News; Ana Duek, do site Viajar Verde e Marcos Martins, do HotelNews. A ação conta ainda com a parceria do trade potiguar, por meio das associações Preserve Pipa, Abrasel na Pipa e Sindetur/RN.

Sorteadas as vagas para creches da Educação Infantil em Natal

A Prefeitura de Natal realizou nesta quinta-feira (17), às 10h na sede da Secretaria Municipal de Educação, o sorteio de vagas para a etapa de creche da Educação Infantil, que corresponde ao Berçário I e II e Níveis I e II, para crianças de faixa etária de 06 meses a 03 anos e 11 meses. O sorteio foi transmitido através de uma live comandada pela titular da Educação, professora Cristina Diniz, no canal da Prefeitura de Natal no YouTube. Foram ofertadas 3.721 vagas. O processo do sorteio foi feito através do portal e-Cidade utilizando números da Loteria Federal e o resultado divulgado no Sistema Matrícula On-Line (www.natal.rn.gob.br/sme/matriculaonline) e nos murais das unidades de ensino nesta quinta-feira (17).

“Desde o ano passado iniciamos uma nova etapa, que é o sorteio eletrônico. Antes, o sorteio era realizado de forma mecânica, com a utilização de papéis, feito nas próprias unidades escolares, e hoje, garantimos mais lisura no processo de sorteio e conhecemos também a realidade da demanda da etapa de creche. No ano passado atendemos 96% da demanda que procurou a Rede Municipal de Ensino, explicou Cristina Diniz.

A chefe do Setor de Normas e Organização Escolar da SME, Danielle Kelly de Oliveira explicou todo o processo. “A abertura das solicitações de vagas aconteceu dia 8 de junho e foi até o dia 14, através de portal oficial. O responsável poderia escolher três opções de unidades de ensino. Hoje aconteceu o sorteio, que vai informar aos responsáveis em que unidade de ensino a criança pode ser matriculada. Os responsáveis podem comparecer à unidade de ensino a partir de hoje até o dia 25 de junho para efetivar essa matrícula, levando a documentação das crianças. Vencido esse prazo, a vaga vai ser disponibilizada obedecendo a lista de suplência”.

O sorteio foi acompanhado por vários segmentos da Educação Infantil. A gestora Pedagógica do CMEI Professora Maria Luiza Santos de Souza, Dumara Alves, falou sobre como os sorteios facilitam o processo de matriculas “Eu achei o processo muito interessante, pelo fato de estarmos em um contexto pandêmico, e prático, porque dessa vez os pais puderam colocar três opções de unidade, isso facilitou um pouco, usando a tecnologia a favor da transparência para que os pais possam ver os nomes e o acesso também, já que dessa forma a divulgação será feita de forma mais ampla. ”

A responsável pelas crianças Pedro Lucas Martins de Lima (sobrinho) e Nicolas Miguel da Silva Santos (filho), Jacira Edvanilda da Silva participa do conselho de pais do CMEI Professora Raquel Maria Filgueira. Ela acompanhou o processo e comentou. “É muito importante o processo, democrático, rápido e eficaz. Antes os pais ficavam na porta dos CMEIs tentando conseguir uma vaga. Dessa forma, as vagas são distribuídas de forma mais linear. ”

As turmas de Berçário I e II funcionarão em tempo parcial ou integral, a ser definido em função da demanda real discutida pela comunidade escolar e definida em reunião deliberativa do Conselho Escolar, considerando a capacidade de atendimento do CMEI. As turmas de Nível I e II funcionarão em tempo parcial

Escola líder na Zona Norte realiza simulado ENEM com ranking nacional

Divulgação

Na próxima segunda-feira, dia 21, o Mundial Colégio e Curso, primeiro lugar no ENEM, na zona norte de Natal, realiza o segundo simulado de preparação para o exame, de forma gratuita e on-line para todos os alunos do ensino médio testarem os seus conhecimentos com estudantes de todo o Brasil.

O Simulado traz um diagnóstico do aluno nas principais áreas do conhecimento testadas no ENEM, possibilitando conhecer os pontos fortes e fracos para traçar uma linha de estudo customizada, aumentando as chances de ter o resultado que tanto deseja no Exame.

Segundo Salete Pereira, coordenadora pedagógica do Mundial, os simulados são indispensáveis na preparação para os vestibulares e, por isso, a escola faz vários durante o ano para os alunos testarem os seus conhecimentos e chegarem no dia do exame preparados.

“O simulado ajuda os alunos a lidarem com a gestão do tempo no dia da prova, pois reproduz a experiência real do Enem, com hora marcada para início e fim. São 90 questões em cada dia de prova”, explica.

O primeiro dia de prova será no dia 21, das 15h às 20h30, e o segundo dia será no dia 26, das 8h às 13h. Mais informações no whatsapp da escola: 84 99643-0149.

Fecomércio: Varejistas de material de construção indicam estabilidade nas vendas

A percepção de vendas dos varejistas de materiais de construção apresentou estabilidade em maio. Os resultados do Termômetro Anamaco mostram que, no mês passado, o porcentual de revendedores que indicaram alta nas vendas foi de 31%, contra 30% em abril. As assinalações de queda recuaram, passando de 25% para 18% e as indicações de estabilidade avançaram, de 45% para 51%.

O levantamento chama a atenção para o fato de que, em abril, o varejo de materiais ainda sofria os efeitos das medidas restritivas de combate à pandemia. Em paralelo, em maio, foram retomados os pagamentos do auxílio emergencial, ainda que em valores menores do que no ciclo anterior.

Nas regiões Sul e Sudeste, as assinalações de alta de vendas em maio foi de 26% e 37%, respectivamente, ante 25% e 37%, em abril. O otimismo se elevou no Norte e no Centro Oeste, regiões onde passou de 26% para 35% e de 38% para 47%. O único recuo nesse indicador foi registrado no Nordeste: de 32% para 26%.

Mais afetados

Os números sugerem que os pequenos varejistas, mais afetados pelas medidas restritivas ao comércio, seguem com desempenho pior frente aos grandes estabelecimentos. As assinalações de alta nas vendas em maio não superaram os 30% nas revendas com menos de 20 colaboradores. Já nos grandes homecenters (com mais de 99 empregados), esse indicador chegou a 54%.

Na média, as expectativas de alta, estabilidade e queda nas vendas nos próximos três meses permaneceram praticamente iguais em maio na comparação com o mês anterior: 49%, 41% e 10%, contra 50%, 41% e 9% em abril.

As expectativas quanto às ações do governo nos próximos meses seguiram o mesmo padrão. A parcela de respostas otimistas foi a mesma em abril e maio (53%), enquanto se registrou recuo nas assinalações pessimistas (de 19% para 15%) e avanço nas indicações de indiferença (de 28% para 32%).

Prefeitura realiza reunião do Conselho Municipal do Trabalho, Emprego e Renda

Prefeitura realiza reunião do Conselho Municipal do Trabalho, Emprego e Renda

Semtas

Na tarde desta quinta-feira (17), a Prefeitura do Natal, através da Secretaria Municipal do Trabalho e Assistência Social (Semtas), realizou reunião ordinária do Conselho Municipal do Trabalho, Emprego e Renda (Cmter). A reunião aconteceu no auditório da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU), sendo realizada de forma híbrida. Estiveram presentes alguns membros e suplentes, representando os demais conselheiros, que, em função das medidas de distanciamento social, acompanharam via web.


O Conselho é formado por representantes de entidades classistas, sindicatos patronais e de trabalhadores, representantes dos empregadores, além de representantes do Governo Municipal e Federal (IFRN) e Superintendência Regional do Trabalho e Emprego (SRTE-RN), aos quais fica definido deliberar, em caráter permanente, sobre as políticas de fomento e apoio à geração de trabalho, emprego e renda e à qualificação profissional do Município. Em pauta, a apresentação da  composição do Conselho,  eleição do presidente e vice-presidente e diretoria executiva. 

 
De acordo com o secretário Adjuto Dias, representante da Secretaria Municipal do Trabalho e Assistência Social, a reunião foi realizada com o intuito  de promover a eleição da diretoria executiva do CMTER. Ele agradeceu pelo empenho de todos os conselheiros que se fizeram presentes na reunião. “O trabalho segue firme para a consolidação da Política de Trabalho, Emprego e Renda no município de Natal”, destacou. 
 

Na ocasião, o diretor do Departamento de Recursos Humanos (DRH), Daniel Rendall, da Secretaria Municipal de Educação de Natal, foi eleito presidente do CMTER, com votação unânime. Na ocasião, esclareceu dúvidas sobre o estatuto e destacou a importância do conselho como ferramenta de assessoramento ao Prefeito na busca por oportunidades de desenvolvimento. “O Conselho conta com representantes de vários setores da sociedade e essa representação ampla é importante para ouvir várias opiniões e traçar um bom caminho de crescimento para a cidade”, afirmou. 


Em seu pronunciamento o presidente do conselho destacou a importância da participação e envolvimento de todas as entidades e segmentos da sociedade na condução das decisões do Conselho. “O CMTER é um marco para Natal, é a modernização do modelo de gestão, mas, é importante que possa contar com todos seus pares, para alcançar o resultado esperado, que é melhorar a economia da cidade”, enfatizou.

 
O CMTER tem como objetivo prover recursos para a execução de ações, serviços, e para o apoio técnico relacionados à política municipal de trabalho, emprego e renda, em regime de financiamento compartilhado no âmbito do Sistema Nacional de Emprego (Sine). Além da importância do Conselho no que se refere ao novo formato de transferência de recursos da União, para manutenção do Sine Natal, que agora será por meio do Fundo de Trabalho de Natal.
 
O conselho se difere dos demais já existentes uma vez que é um órgão colegiado consultivo e deliberativo, de assessoramento ao Poder Executivo Municipal. “O que propomos com esse conselho é uma gestão colaborativa com o Prefeito; é uma forma de administração moderna, que ouve a voz da cidade. Temos convicção de que será um marco na história de Natal”, enfatizou a diretora do Departamento de Desenvolvimento e Qualificação Profissional, Priscila Lôbo
 
 
O Fundo Municipal do Trabalho é o local onde os recursos serão aplicados para execução da Política do Trabalho. São instrumentos de gestão orçamentária e financeira da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, nos quais devem ser alocadas as receitas e executadas as despesas relativas ao conjunto de ações, serviços, programas, projetos e benefícios da política do trabalho

Governo do RN: Subsecretaria de Trabalho da Sethas estabelece parceria com Instituto Coca-Cola

A Subsecretaria de Trabalho da Sethas, responsável pelo SINE RN, estabeleceu parceria com o Instituto Coca-Cola Brasil para o Programa  Coletivo Online, de empregabilidade 100% digital que conecta jovens de 16 a 25 anos, moradores de comunidades de baixa renda, com oportunidades no mercado de trabalho através de uma rede de mais de 400 parceiros empregadores.

Segundo a secretária-adjunta da Sethas, Josiane Bezerra, Subsecretária do Trabalho, o programa é online e tem abrangência nacional. “É um Programa gratuito e oferece videoaulas curtas e objetivas durante 6 semanas”, explicou. De acordo com ela, esse formato permite que o jovem faça o curso de qualquer lugar, a qualquer momento, através de seu WhatsApp, um aplicativo de celular de amplo acesso.

De acordo com o Instituto Coca-Cola o conteúdo do Coletivo Online é focado em temas do mundo do trabalho, elaboração de um plano de vida, planejamento financeiro, construção de currículo, e como se preparar para entrevistas e processos seletivos. Quem assistir às videoaulas e fizer as atividades práticas recebe um certificado de conclusão e, ao final do curso, os participantes são convidados a se cadastrarem nas comunidades de vagas do programa, podendo se candidatar aos processos seletivos de uma rede de parceiros empregadores.

Além da faixa etária, o outro requisito para participar é ter concluído o ensino médio ou estar cursando. As inscrições são feito pelo link  http://bit.ly/coletivoonlinesn

Impacto

A iniciativa do Instituto Coca-Cola faz parte da plataforma Coletivo que conta também com o programa Coletivo Jovem. Desde o início de sua implementação, em 2009, a plataforma Coletivo já impactou mais de 256 mil jovens em comunidades brasileiras espalhadas em 22 estados mais o Distrito Federal — incluindo as suas duas versões: o Coletivo Jovem, com aulas presenciais, e o Coletivo Online, com turmas 100% digitais. Desses, mais de 77 mil tiveram acesso ao mercado de trabalho. Apenas em 2020, 7.500 se formaram nas aulas dos programas presencial e online, sendo 68% negros e 70% mulheres. De acordo com a pesquisa da Plan Avaliação, 41% dos participantes do Coletivo Jovem, interessados em oportunidades de emprego, estavam inseridos no mercado de trabalho até 6 meses depois da conclusão do curso. No caso do Coletivo Online, 78% dos jovens acreditam que o curso contribuiu para o desenvolvimento pessoal e a taxa de empregabilidade deste programa será aferida em 2021.

Sobre o Instituto Coca-Cola Brasil

O Instituto Coca-Cola Brasil (ICCB) é uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP) que, há mais de 20 anos, tem como missão a transformação social em larga escala por meio da articulação de parceiros e da capilaridade do Sistema Coca-Cola Brasil. Reconhecido por sua tecnologia social e capacidade de escala, assumiu o compromisso público de, até 2030, elevar o patamar de milhares para milhões de jovens impactados por suas iniciativas, incluindo intencionalmente as perspectivas de equidade de gênero e raça. Para cumprir seu compromisso, redesenhou sua estratégia para focar exclusivamente na inclusão produtiva de jovens e expandiu novas formas de atuação para além de seus programas proprietários. Até hoje, o ICCB já beneficiou 426 mil pessoas

Ministro das Comunicações visita o presidente da Assembleia, Ezequiel Ferreira

Divulgação

Dando continuidade à agenda que cumpre no Rio Grande do Norte, o ministro das Comunicações, Fábio Faria, visitou o presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, Ezequiel Ferreira (PSDB), nesta quinta-feira (17). Na pauta da reunião assuntos como a visita do presidente da República, Jair Bolsonaro ao Estado, no próximo dia 24, o aumento de envio de doses da vacina contra COVID-19, investimentos do Governo Federal no Estado, implantação da tecnologia 5G no Brasil, entre outros assuntos de interesse do povo potiguar.

“Alegria em receber o ministro Fábio Faria que traz boas notícias e ações para o Rio Grande do Norte como o aumento, para os próximos dias, da campanha de vacinação contra a COVID-19 e a chegada da tecnologia 5G, que o ministro garante chegar ao nosso Estado até junho de 2022”, comentou Ezequiel.

O ministro potiguar destacou as ações e investimentos do Governo Federal no Rio Grande do Norte. “Essa foi uma visita institucional do Ministério das Comunicações, do Governo Federal, a Casa do Povo Potiguar, onde tratamos de muitos assuntos, como a vacinação que chegaremos a dois milhões de doses entregues, 100% adquiridas e pagas pelo Governo Federal”, disse.

Acompanharam a reunião, o presidente da Frente Parlamentar Evangélica, Cezinha de Madureira (PSD) e o secretário de Radiodifusão do Ministério das Comunicações, Maximiliano Martinhão, a diretora de Comunicação da Assembleia Legislativa, Marília Rocha, o diretor da TV Assembleia, Bruno Giovanni e o diretor geral da Presidência da Assembleia Legislativa, Fernando Rezende.

Prefeitura de Parnamirim: Sob um lindo pôr do sol, Se Cuida Parnamirim desembarca em Vida Nova

Divulgação

Foi num entardecer de encher os olhos que a equipe do projeto Se Cuida Parnamirim chegou oficialmente a mais um local da cidade, o bairro de Vida Nova. Um ótimo público se fez presente para dar as boas vindas aos professores, que, como de costume, não deixaram ninguém ficar parado.

Depois de dois testes realizados no bairro com ótima aceitação da população, o projeto passará a atender Vida Nova definitivamente às terças e quintas, a partir das 17h. Além do novo local atendido, a iniciativa da Prefeitura de Parnamirim já existe nos seguintes polos:

Caminhódromo da Cohabinal – Segundas, quartas e sextas, a partir das 18h;

***Praça de Vida Nova – terças e quintas, a partir das 17h

Caminhódromo de Monte Castelo e Parque Industrial – terças e quintas, a partir das 19h (simultaneamente);

Passagem de Areia (ao lado do ginásio) – quartas e sextas, a partir das 7h;

Nova Parnamirim (ao lado do ginásio) – terças e quintas, partir das 7h; e

Emaús (ao lado do ginásio) – segundas e quartas, a partir das 7h.

Eleen Martins, que é professora do ‘Se Cuida’, disse que o desafio para manter a qualidade em alta é diário. “Precisamos, além de manter o pique nas aulas, nos deslocar bastante para atender os polos antigos e os novos. Nosso intuito é expandir a atuação para locais que ainda não são atendidos”. Ela conta que a equipe já avalia o início dos trabalhos também em Nova Esperança. “Estamos conversando sobre essa possibilidade. Sabemos das complicações decorrentes da pandemia, mas depois desse período esperamos ótimas perspectivas para a população desse bairro”, disse referindo-se a Nova Esperança.

Luciene Fernandes é moradora de Vida Nova há 4 anos. Ela marcou presença na estreia oficial do ‘Se Cuida’ e disse que se sente orgulhosa, pois tinha muita vontade de participar. “Já ouvi muitas histórias sobre o projeto na Cohabinal e tinha muita vontade de ir, mas infelizmente não podia. Graças a Deus que eles vieram pra cá. O Se Cuida vai me ajudar bastante”. Ela continua: “O médico pediu que eu me exercitasse e, com a chegada do projeto, vou conseguir manter a prática de atividade física em dia. Além disso, o professor e sua equipe nos trazem uma energia muito positiva”, ressaltou.

O encerramento dos trabalhos se deu diante de um lindo céu estrelado na cidade trampolim. O momento de oração no final da aula levou algumas das presentes a um momento de paz e reflexão, outra vertente do projeto. “Aqui é um ambiente para extravasar e liberar as tensões do dia. Fiquem à vontade e contem sempre conosco”, disse o professor Ângelo Santos, referindo-se às alunas.

Fecomercio: Comissão aprova proposta que isenta empregador doméstico e microempresário de depósito recursal trabalhista

A Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços da Câmara dos Deputados aprovou, na quarta-feira (16), o Projeto de Lei 5931/19, que isenta empregadores domésticos, microempreendedores individuais e microempresas do pagamento do depósito recursal. Previsto na Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), o depósito recursal é exigido do empregador que deseja recorrer de decisão proferida pela Justiça do Trabalho.

O relator da matéria, deputado Glaustin da Fokus (PSC-GO), defendeu a aprovação da proposta concordando com o argumento do autor, deputado Nereu Crispim (PSL-RS), segundo o qual condicionar o acesso a recursos na Justiça do Trabalho ao pagamento do depósito recursal prejudica os empresários mais modestos, que, muitas vezes, não dispõem desses valores.

“Para os empregadores menores, sejam de empregados domésticos, sejam de empresas muito pequenas, esta ‘pré-penalização’ pode ser particularmente custosa dado representar um percentual de sua renda muito maior do que nas empresas maiores. Isso, em si, já justifica a desoneração pretendida”, diz o relator.

Atualmente, o valor do depósito recursal é reduzido pela metade no caso de  empregadores domésticos, microempreendedores individuais e microempresas. O projeto mantém essa redução de valor para entidades sem fins lucrativos e para empresas de pequeno porte, como já previsto na CLT.

Tramitação
O texto será ainda analisado, em caráter conclusivo, pelas comissões de Trabalho, de Administração e Serviço Público; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.