Dia do Jornalista é comemorado em sessão solene na Câmara de Natal

Jornalistas são homenageados na Câmara. Foto: Verônica Macedo

Antecedendo as comemorações ao Dia do Jornalista (7 de abril), a Câmara Municipal de Natal realizou na noite desta quinta-feira (06) uma sessão solene para homenagear os profissionais da notícia. De iniciativa do presidente da Casa, vereador Raniere Barbosa (PDT), a solenidade celebrou destacadas personalidades da imprensa, de diversos veículos de comunicação, com diploma de mérito pelos relevantes serviços prestados à sociedade.

“Esta homenagem é muito significativa para a mídia norte-rio-grandense, pois reconhece sua importância para a população. O acesso à informação é uma das bases para a democracia e os jornalistas são os principais responsáveis por sustentá-lo e assegurá-lo. Trata-se de profissionais comprometidos em disseminar conhecimento com coragem e ética. É a partir do volume de informações que um povo é capaz de construir opiniões e defender ideais”, disse o presidente Raniere Barbosa.

O presidente do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Rio Grande do Norte (Sindjorn), Breno Perruci, aprovou a iniciativa da Câmara de Natal e lembrou que esse é um dia de comemoração, mas que também representa uma oportunidade para formatar ações em prol da atividade que atravessa um momento difícil em todo país.

“Quero agradecer a nobreza do gesto deste parlamento que reconhece o papel decisivo dos jornalistas para a construção do estado democrático de direito. Guiados por esta mesma perspectiva, temos batalhado pela valorização dos jornalistas. Estamos sempre na luta por um piso salarial compatível com a realidade econômica do estado, contra o Assédio Moral e a favor de melhores condições de trabalho para a categoria”, defendeu Breno.

Um dos homenageados da noite, o jornalista João Ferreira, que coordena a Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal, falou que a honraria mostra o respaldo que a profissão tem da sociedade. “Achei muito relevante este momento. Tivemos a presença de autoridades que nos prestigiaram e ressaltaram a importância da comunicação. Um evento marcado pelo encontro de diferentes épocas do jornalismo. Alguns profissionais mais experientes e outros da nova geração. A solenidade, entre outras coisas, saudou a democracia e reforçou que estamos dispostos a continuar nesta empreitada”.

Por fim, a diretora da TV Câmara Natal, jornalista Virgínia Coelli, aproveitou a ocasião para destacar que a emissora está em um constante processo de ampliação da sua interlocução com a comunidade. “Este é o nosso trabalho: por meio da comunicação, prestar serviços de interesse público, como medidas voltadas para a saúde preventiva, a valorização da cultura local e o resgate do patrimônio histórico”, concluiu Virgínia, que também foi homenageada pelo Legislativo natalense.

 

 

 

Natal ganha loja da Noha Shoes

 

Empresários da Noha Shoes. Foto: Susana Araújo

Na última terça-feira (4.4), às 19h, a marca pernambucana NohaShoes deu início ao seu projeto de expansão para 2017 com a inauguração de uma loja no Midway Mall, em Natal. A loja teve abertura oficial com um coquetel e fica localizada em frente à Zara no piso L3. No comando da marca estão os empresários Simon e Bernardo Carrazzone, João Paulo Andrade, Gustavo Krause e Marcelo Wanderley – todos jovens empreendedores já consolidados no Recife com múltiplos negócios.

Blogueiro Caio Braz.. Foto: Susana Araújo

Caio Braz, foi um dos anfitriões do evento. Blogueiro e apresentador do canal GNT, está sempre dando dicas de moda sobre roupa de homem em seu canal no yuotube. Trata-se de uma serie com 28 episódios para o homem descobrir mais sobre o mundo da moda, destacando vários tipos de situações como casamentos, entrevistas de emprego e muito mais.

Sobre a Noha Shoes

                      Foto: Susana Araújo

Lançada no ano passado, em 2016, a NohaShoes surgiu durante uma viagem à Itália, inspirada pelo estilo vanguardista do Velho Continente em contraposição a evidente inércia do mercado local – até então incapaz de suprir o seus consumidores por algo novo, um pouco mais moderno e antenado às tendências da moda internacional.

Desde a sua recente criação, a NohaShoes vivenciou um crescimento exponencial, com uma taxa de adesão do público-alvo superior ao esperado e conseguindo conquistar uma fiel clientela de note a sul do país através de suas vendas online.

Com a NohaShoes os calçados deixaram de ser um acessório de pouca relevância para se tornarem alvo de desejo e um dos itens mais importantes na montagem de um look ou na escolha de um estilo. Inspirados nas tendências europeias, os produtos da marca agregam conforto e elegância com qualidade ímpar no mercado. O processo de criação fica por conta dos próprios sócios, que estão sempre de olho no que surge mundo afora e garimpando novos estilos em suas viagens.

Toda essa diversidade se divide em mais de 100 modelos por loja, pensados sob medida para agradar aos diferentes gostos e estilos de seus clientes. As peças são produzidas em São Paulo e no Rio Grande do sul, dois dos principais polos de calçados no brasil. Os grandes destaques da coleção atual – que estará disponível a partir do mês que vem para os potiguares – são os modelos exclusivos de mocassinis, sapatos sociais, oxfords, slip nos e espadriles.

A NohaShoes surgiu inicialmente com um showroom na Av. Conselheiro Aguiar em Recife – um movimento polo comercial da capital pernambucana. (texto fornecido pela assessoria mosaico comunicação).

Manter um preço acessível e justo alinhando com a tecnologia, modernidade, qualidade e estilo do produto é um dos maiores desafios e diferencial da marca para Simon Carrazzone. “Nossa ideia é investir num calçado que alie, conforto e muita qualidade, mas com um preço justo e capaz de conquistar não só mercado local, mas também o nacional”, enfatiza Simon.

Apesar da NohaShoes ser uma marca que vende produtos direcionados ao público masculino conta também com calçados e outros artigos para mulheres.

A NohaShoes traz para as mulheres calçados de saltos tratonados, os queridinhos do momento. Sapatinhos, sandálias e pipetus com salto plataforma, seguindo também essa nova tendência do tratonado. E tem também slip ons super confortáveis.

Acompanhe uma galeria de fotos com imagens do coquetel de inauguração da Noha Shoes: Fotos: Susana Araújo

 

“REMANEJAMENTO SERÁ OPORTUNIDADE PARA CORRIGIR ORÇAMENTO DAS POLÍCIAS”

Deputada estadual Larissa Rosado debate a realidade da Policia Civil do RN. Foto – As. Imp. ALRN

A deputada Larissa Rosado (PSB) se pronunciou nesta quinta-feira (6) sobre reunião ocorrida pouco tempo antes da sessão ordinária, na Presidência da Casa, com representantes da Polícia Civil do Rio Grande do Norte. O encontro, comandado pelo presidente da Assembleia, Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), também contou com a participação de outros parlamentares.

“Eles vieram apresentar um retrato atual da Polícia Civil”, relatou Larissa, afirmando que a categoria há muito vem sofrendo com a falta de investimentos. “A Polícia Civil está passando por um desmanche que passa por vários governos. A gente não pode dizer que isso acontece apenas no Governo de Robinson Faria, mas é uma situação que vem de Governos passados”, disse a deputada, relatando que a Polícia Civil hoje atua com 28% de sua capacidade, e muitas vezes com menos. “Isso quando não se inclui o contingente que está de licença ou de férias”, complementou.

Segundo a deputada Larissa Rosado, ao ressaltar a participação da Assembleia Legislativa em ações de combate à violência, disse que o Estado precisa de muito mais do que as 50 viaturas que serão doadas pelo Parlamento. A deputada disse que a Polícia precisa ainda de mais armamentos e coletes, justificando que enquanto as polícias se enfraquecem, as facções se fortalecem e o resultado tem sido a invasão de bandidos a municípios onde são registrados assaltos a bancos e explosões de caixas eletrônicos.

Referindo-se à mensagem do Governo do Estado enviada à Assembleia, solicitando a aprovação de alteração no índice de remanejamento do Orçamento de 2017, a deputada Larissa Rosado disse que essa será uma oportunidade de se discutir com o Executivo para que o orçamento das polícias seja corrigido.

Educação

Ao encerrar seu pronunciamento, a deputada Larissa Rosado relatou a visita que fez nesta quarta-feira à Câmara Municipal de Mossoró, e atendendo a pleito do vereador Didi de Arnor (PRB), encaminhou requerimento ao Governo do Estado e à Secretaria de Educação, solicitando a implantação de uma escola de ensino médio para atender à zona rural de Mossoró.

 

Frente Parlamentar em Defesa da Mulher é lançada na CMN

Frente Parlamentar da Mulher é criada na Câmara – Foto: Marcelo Barroso – Assessoria CMN

Está lançada a Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos da Mulher da Câmara Municipal de Natal com o objetivo de fortalecer a luta e a garantia dos direitos das mulheres. O lançamento ocorreu na manhã desta quinta-feira (6) no plenário da Câmara. A vereadora Eudiane Macedo (SD) é a coordenadora e propositora da Frente, que conta com a vereadora Carla Dickson (PROS) como subcoordenadora e os vereadores Ana Paula (PSDC), Júlia Arruda (PDT), Nina Souza (PEN), Aldo Clemente e Robson Carvalho (PMB) como membros.

Os vereadores Sueldo Medeiros (PHS), Preto Aquino (PEN) e Felipe Alves (PMDB) também compareceram à reunião. Todos destacaram a importância de fortalecer os instrumentos contra a violência. A Câmara Municipal derrubou recentemente o veto do prefeito ao projeto “Patrulha Maria da Penha”, de autoria da vereadora Júlia Arruda, para qualificar a Guarda Municipal a dar apoio e assistência às natalenses em situação de violência. Projeto semelhante foi aprovado pela Assembleia Legislativa, conforme destacou a deputada Cristiane Dantas (PC do B): “Já existe no estado da Bahia e pode ser implementada aqui no Rio Grande do Norte. Sabemos a dificuldade de implementar porque precisa de uma rede com a segurança pública do estado para garantir as medidas protetivas, mas estamos aqui para somar esforços”, disse a deputada.

A delegada da Polícia Civil da Grande Natal, Sheila Freitas, revelou que a maioria das mulheres que vai às delegacias são as de classe social mais baixa e que a polícia trabalha dentro do possível com um efetivo aquém do necessário. “Não temos efetivo, por isso não funcionamos com mais eficácia. Trabalhamos com 30% do ideal, mas não deixamos a luta, sobretudo no enfrentamento. É uma questão de consciência que precisa ser trabalhada não só com as mulheres, mas principalmente com os homens, que é fundamental. A maior clientela nas delegacias é de mulheres mais humildes. As menos esclarecidas são as que mais denunciam”.

As secretárias de Políticas Públicas para as mulheres do Estado, Flávia Montenegro, e Município, Jandira Borges, relataram sobre os serviços que as pastas realizam. Em nível estadual, o “Portal da Mulher”, no endereço mulherpotiguar.rn.gov.br é a ferramenta mais recente. “É um portal de denúncia, informação e esperança pela luta da igualdade.  veio para dar visibilidade a situações de risco. Chega para dar voz e orientações sobre onde encontrara ajuda”, disse Flávia. Já no município, um trabalho itinerante em diferentes áreas da capital foi uma ação que Jandira Borges destacou. “Estamos atuando com o projeto em quatro grandes comunidades: Passo da Pátria, Nossa Senhora da Apresentação, Ponta Negra e Felipe Camarão para preparar mulheres e colocar de forma clara e precisa os meios para os quais ela pode se reportar quando tiver ou verificar momentos de violência, não só a mulher, mas as comunidade em geral. São quatro encontros e pretendemos concluir até o mês de agosto”, disse.

Uma vez por mês a Frente vai se reunir com gestores e representantes de entidades para discutir pautas voltadas para as mulheres, além de realizar ações externas. “Vamos trabalhar pela prevenção à violência indo às comunidades e escolas, ao encontro de mulheres e meninas, informando àquelas que não conhecem seus direitos. Se necessário podemos propor nova legislação e o debate se estende às questões do mercado de trabalho, saúde e outros temas. Não existe empoderamento feminino sem informação e consciência”, destacou a vereadora Eudiane Macedo. A subcoordenadora da Frente ressaltou que a saúde da mulher também integra a pauta. “A desinformação de um simples exame pode provocar um dano imenso à saúde. Estamos juntos para defender a mulher em todos os aspectos”, disse Carla Dickson.

 

 

 

EM BRASÍLIA, DEPUTADOS DO RN DISCUTEM OBRAS DO SÃO FRANCISCO

Deputados do RN em Brasília para discutir a transposição do Rio São Francisco – Foto – As. Imp.ALRN

A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte participou, nesta quarta-feira (5), de audiência pública no Senado Federal que discutiu o andamento das obras de transposição do Rio São Francisco. Representando o Parlamento potiguar, Fernando Mineiro (PT) e Gustavo Fernandes (PMDB) participaram da discussão que foi proposta pela senadora Fátima Bezerra, na comissão de Desenvolvimento Regional do Senado. No encontro, os parlamentares encaminharam ao ministro da Integração Nacional, Hélder Barbalho, a “Carta de Natal”, documento que foi produzido no Rio Grande do Norte e que mostra intenções da região para a transposição.

No encontro, os parlamentares potiguares levaram ao ministro um documento elaborado em reunião ba Assembleia Legislativa, em 22 de março, onde potiguares e representantes de Paraíba e Ceará discutiram a transposição. Já na audiência no Senado, os participantes questionaram o cronograma de andamento dos trechos que beneficiarão o Rio Grande do Norte, que integram o Eixo Norte do projeto e dependem ainda da elaboração de projetos específicos. Para Fernando Mineiro (PT), é preciso uma união dos parlamentares e da sociedade para que os projetos e os recursos sejam garantidos.

Segundo Mineiro, a previsão é que as águas da transposição cheguem ao Rio Grande do Norte pelos rios Piranhas-Assú e Apodi-Mossoró. Contudo, para que as águas cheguem ao rio, é preciso que, paralelamente à retomada das obras do Eixo Norte, seja construído um canal ou feito o desassoreamento da área entre a Barragem Caiçara e o Açude Engenheiro Ávida, na Paraíba.

“É um ponto importante e que é preocupação de todos nós. Precisamos saber o que pensa o Ministério da Integração e fiscalizar para que a obra seja concluída o mais rapidamente possível, mas com a garantia de recursos também para 2018”, disse Mineiro.

Respondendo ao deputado, ministro Hélder Barbalho assegurou que o projeto para resolver esta questão estará concluído até junho próximo e sua execução está garantida. Ainda segundo o ministro, a obra será concluída até o final de 2017.

O deputado Gustavo Fernandes disse que considerou a audiência bastante positiva e animadora para o estado. Apesar da preocupação e da cobrança para a celeridade nos trabalhos, o parlamentar disse que os potiguares receberam a garantia de que haverá o andamento das obras.

“As obras do São Francisco não estão paradas e há a expectativa de que as obras do ramal do Apodi, que levará as águas até o Alto Oeste, fiquem prontas em 2018. São boas notícias para o nosso Estado. É isso que esperamos e estamos cobrando para que a população seja beneficiada o mais rapidamente possível”, disse Gustavo Fernandes.

A bancada federal deve indicar emendas individuais e coletivas para o Ramal do Apodi e reivindicar do governo federal a alocação de recursos para que esta obra, com um custo previsto de 1,9 bilhões, saia do papel. A senadora Fátima garantiu que destinará emendas da Comissão de Desenvolvimento Regional.

Para Dom Jaime, arcebispo de Natal, presente à audiência, a defesa pela conclusão da transposição é uma causa do povo nordestino. “É fundamental a obra do Eixo Norte”, lembrou. “Tenho muita esperança nisso”.

Representando o Rio Grande do Norte, estiveram presentes na audiência, ainda, os deputados federais Felipe Maia (DEM), Walter Alves (PMDB) e Zenaide Maia (PR); Dom Antônio Carlos; Dom Mariano; padres Murilo, Ivanoff e Júlio César; diácono Francisco Teixeira e Damião Santos; o secretário adjunto da Semarh, Mairton França; a reitora da UFRN, Ângela Paiva; o reitor do IFRN, Wyllys Abel; o presidente da OAB-RN, Paulo Coutinho; o vice-prefeito de José da Penha, Júlio Jácome; e o prefeito de Pau dos Ferros, Leonardo Rego.

 

Câmara debate uso de recursos do NatalPrev para pagar folha

Câmara debate uso de recursos do NatalPrev para pagar folha. Foto: Marcelo Barroso.

Antes de dar continuidade à votação do projeto 001/2017, de autoria do Executivo Municipal, que pede autorização para a utilização temporária de recursos do Fundo Previdenciário do Instituto de Previdência dos Servidores Municipais (NatalPrev), a Câmara Municipal realizou uma audiência pública na manhã desta quarta-feira (5.4), com vereadores, representantes de sindicatos e associações, funcionários e secretários municipais para debater o assunto.

Em segunda votação, o projeto continua sendo votado na tarde de hoje, com apreciação das emendas apresentadas. na audiência, a presidente interina do instituto, Adamires França, defendeu a autorização para utilização dos recursos, como sendo a saída para pagar os aposentados e pensionistas em dia. Ela argumentou que, paralelo a isso, o Município tenta equilibrar as finanças. “Estamos procurando eficiência nas despesas e existe eficiência na arrecadação do município. Mas o que se arrecada só cobre 50% da folha. Os recursos serão devolvidos, a garantia é o Fundo de Participal dos Municípios, mas pode ser outra fonte de arrecadação própria também como já foi aprovada na emenda do vereador Sandro Pimentel ontem”, garantiu a secretária.

A vice-líder da base governista, vereadora Nina Souza (PEN) mais uma vez destacou a crise financeira do município e a necessidade de garantir os salários dos aposentados e pensionistas que, por um ano, terão seus salários em dia, dando folga para o município. “Sabemos a necessidade de garantir os salários e sabemos sobre a crise que o município vive, com seus gastos obrigatórios e recursos insuficientes. E temos recursos em fundo que está servindo para especulação financeira. Por que ao invés do dinheiro ficar para a especulação financeira, não empresta à própria prefeitura para pagar os servidores?”, questionou a parlamentar.

Presidentes de sindicatos e associações criticaram a proposta do governo e alegaram ser prejudicial à previdência municipal, com risco dos valores não serem devolvidos. “O que está em jogo é a previdência dos servidores do município de Natal. Chega aqui projeto sem discutir com os servidores ativos, nem inativos. A Câmara não tem o direito de votar um projeto sem ouvir os interessados. Também não passou pelo conselho de administração do NatalPrev. Há todo o cuidado com esse fundo, é capitalizado para garantir as aposentadorias futuras. Vamos judicializar após a aprovação para garantir e preservar o direito dos servidores”, anunciou Soraya Godeiro, presidente do Sindicato dos Servidores (Sinsenat).

A propositora da audiência pública, Natália Bonavides (PT), considerou que a audiência foi positiva no sentido de reforçar o debate e o alerta ao projeto que ela considera um erro. Segundo a parlamentar, o Executivo violou as prerrogativas da Câmara, negando informações sobre a situação financeira do NatalPrev. “Essas informações só nos chegaram na segunda-feira, por força judicial. O Executivo precisa reconhecer que esse trâmite foi muito ruim. Pelo governo já está aprovado há muito tempo, mas considero que a audiência foi um momento rico. As informações vamos levar pro debate em plenário e continuamos convictos que esse projeto é prejudicial a longo prazo. Leva a uma bola de neve e quebrará a previdência municipal”, destacou. Na sessão ordinária desta tarde, os vereadores continuam apreciando as 14 emendas restantes para votação definitiva do projeto do Executivo.

ASSEMBLEIA APROVA CRIAÇÃO DE 530 CARGOS DE AGENTES PENITENCIÁRIOS

Novas vagas para o cargo de agente penitenciário foram criados pela Assembleia legislativa do RN. Foto: As. Imp. ALRN

A Assembleia Legislativa aprovou nesta terça-feira (4), à unanimidade, dois importantes Projetos de Lei de autoria do Executivo Estadual. O primeiro deles dispõe sobre a criação de 530 cargos de agentes penitenciários no quadro da Secretaria de Estado da Justiça e da Cidadania (SEJUC). O segundo autoriza a abertura de crédito especial em favor do órgão governamental para viabilizar o abastecimento de água por carros pipa no RN.

Líder do Governo na Casa, o deputado Dison Lisboa (PSD) ressaltou a importância da aprovação das matérias. “São projetos de grande interesse e relevância para o Rio Grande do Norte, fundamentais para o enfrentamento das crise hídrica e no sistema prisional do Estado”, disse ele explicando que 41 dos agentes contratados tomarão posse logo após o curso profissionalizante, enquanto os demais serão empossados no prazo de seis meses.

Com a aprovação da matéria na área da segurança pública, o Governo do Estado fica autorizado a realizar concurso público para a contratação efetiva dos agentes penitenciários. O projeto em questão deriva de acordo celebrado entre o Ministério Público Estadual (MPE) e o Estado, para viabilizar o cumprimento de decisão judicial que determinou a realização de certame público para a contratação dos profissionais.

Durante a votação da matéria, os parlamentares reforçaram a necessidade da medida. “Não nos opomos a qualquer matéria que seja de interesse da população”, disse Hermano Morais (PMDB). A deputada Márcia Maia (PSDB) destacou a importância da iniciativa para atenuar a crise prisional no RN. “Sabendo da urgência da aprovação do projeto, fica aqui o nosso apelo ao Governo para que seja debelada a crise do sistema penitenciário”, afirmou.

Os deputados Getúlio Rego (DEM), George Soares (PR), Fernando Mineiro (PT), Ricardo Motta (PSB), Kelps Lima (Solidariedade) e Jacó Jácome (PSD), também declararam posicionamento favorável à matéria. “Como integrante da Comissão de Segurança na Casa, entendemos a importância e necessidade da contratação efetiva desses agentes”, enfatizou Jacó. Kelps destacou sua posição favorável, mas observou que o Governo precisa planejar melhor suas ações.

A segunda matéria aprovada em plenário possibilita a inclusão no orçamento da SEJUC do valor de R$ 1.815.126,66 (um milhão, oitocentos e quinze mil, cento e vinte e seis reais e sessenta e seis centavos), para execução de ações emergenciais ocasionadas por desastre climatológico natural, principalmente o abastecimento de água por meio de carros pipa.

“A seca é uma preocupação compartilhada por todos os parlamentares da Casa. Com a aprovação desse projeto demonstramos, mais uma vez, a intenção e boa vontade da Assembleia em colaborar com o Estado no tocante à crise hídrica”, destacou o presidente do Legislativo Estadual, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB).

O deputado José Dias (PSDB) corroborou o posicionamento favorável dos parlamentares para a aprovação do projeto. “A Assembleia não poderia ter outro comportamento que não fosse o de apoiar essa matéria com a presteza que ela merece”, observou.

Comissão de Finanças aprova projeto que cria o programa Saúde Digital

Comissão de Finanças aprova projeto que cria o programa Saúde Digital. Foto: Assessoria de Imprensa da Câmara

A Comissão de Finanças, Orçamento, Controle e Fiscalização se reuniu, na manhã desta segunda-feira (4), para apreciar seis projetos de leis. Na ocasião cinco foram aprovados e um foi pedido vista. O vereador Luiz Almir (PR), presidente da Comissão, falou sobre a celeridade dos trabalhos da Comissão. “Inicialmente nós recebemos na Comissão 17 projetos que não tinham sido nem encaminhados, projetos de 2014 estavam arquivados. Nós colocamos todos os projetos em dia, em uma semana são designados relatores e na outra eles já são votados”, afirmou Luiz Almir.

Dentre os projetos aprovados está o 04/2017 de autoria da vereadora Nina Souza (PEN) que dispõe sobre a implantação do programa ‘Saúde Digital’. O programa permite a marcação de consultas, exames e demais procedimentos médicos no formato online. “Estamos na era da tecnologia porque não usá-la para facilitar a vida dos que buscam a saúde pública da nossa cidade? É um projeto que vai trazer dignidade às pessoas que ficam horas em filas de espera e que chegam de madrugada nas unidade de saúde para conseguirem uma ficha de atendimento”, explicou Nina Souza. “Não é um sistema difícil de ser implantado, e nem de outro mundo. Sistemas online existem em muitos setores e são disponibilizados para facilitar a vida dos usuários. Como exemplo temos o SIGAA, Sistema Integrado de Gestão de Atividades, na UFRN, que além de outros benefícios eliminou filas imensas na realização das matrículas”, acrescentou a vereadora.

De acordo com o relator do projeto, vereador Ubaldo Fernandes (PMDB), o programa ‘Saúde Digital’ é importante para melhorar e aperfeiçoar a qualidade do atendimento dos usuários do SUS. “A implantação dessa nova sistemática de marcação de consultas é importante porque, além de digitalizar um trabalho que é feito manualmente,  vai também eliminar as longas filas de espera nos postos de saúde. O usuário poderá marcar seus exames em casa, sem precisar se deslocar até as unidades de saúde”, concluiu Ubaldo Fernandes.

 

Segundo estudos científicos a cura do HIV virá até 2020

Uma parcela significativa da comunidade médica mundial não tem dúvida: a cura para o HIV é possível e virá dentro de poucos anos. O que, no auge da epidemia, sequer era discutido, hoje é encarado como meta.

— Se me perguntassem três anos atrás se o HIV tem cura, minha resposta seria não. Hoje, é sim — disse, na última quarta-feira, durante uma conferência sobre o tema em São Paulo, Mario Stevenson, chefe da Divisão de Doenças Infecciosas e diretor do Instituto de Aids da Universidade de Miami, nos EUA.

Stevenson foi um dos palestrantes do encontro promovido na última semana pela amfAR, a Fundação para Pesquisa da Aids, na Escola da Medicina da Universidade de São Paulo (USP). Nessa conferência, foi reafirmado o compromisso da fundação com a iniciativa batizada em 2015 de “Contagem Regressiva”, que estipula o ano de 2020 como o prazo para a descoberta de uma cura para o HIV. Não significa que a população que vive com o vírus começará a ser curada nessa data, mas sim que um método científico de cura deverá ser encontrado e validado.

A reação imediata de quem se depara com esse passo a passo é pensar que a teoria é bem mais simples do que a prática. É verdade, mas essa “rota” já teve êxito uma vez, resultando na única pessoa com HIV que foi curada até hoje: Timothy Ray Brown, mais conhecido como “o paciente de Berlim”. Ele, que é americano, foi infectado em 1995 e, em 2006, descobriu estar com leucemia. É muito interessante a história de Brown, pois sua cura foi validada por meio do transplante de medula óssea.

Atualmente existem 44 milhões de pessoas com HIV no mundo, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS). No último relatório do Ministério da Saúde, foram contabilizados no Brasil 842 mil infectados. No entanto, estima-se que sejam, na verdade, mais de 1,2 milhão, por conta de problemas de testagem.

Reservatórios Virais

A eliminação desses reservatórios virais leva a cura

“Os reservatórios virais ficam, então, invisíveis. E identificá-los é o primeiro de quatro passos para acabar com o HIV. O segundo é entender, cientificamente, o que mantém esses reservatórios vivos. Depois, mensurar quantas e quais células estão neles. E, por fim, retirar todas elas do corpo.”

 

Centro Odontológico Morton Mariz atendimento 24h em Natal

Atendimento no Centro de Referência Odontológica Doutor Morton Mariz na Ribeira. Foto: SMS

Funcionando 24h por dia, com serviços odontológicos de urgência e emergência e procedimentos de média complexidade para usuários da rede municipal de assistência à saúde, o Centro de Referência Odontológica Dr. Morton Mariz tem realizado uma média de cinco mil atendimentos mensais em Natal. Situado no bairro da Ribeira, o CRO também é referência no Estado no tratamento de pacientes com algum tipo de necessidade especial.

Segundo a diretora, Sandra Raíssa, além dos atendimentos e procedimentos feitos pela urgência da unidade, os usuários da rede municipal também são acolhidos na unidade oriundos da central de regulação ou ainda referenciados por uma unidade de saúde. Neste último caso, geralmente são pessoas que residem em áreas descobertas pela saúde.

Estão sendo oferecidos serviços odontológicos em especialidades como endodontia (tratamento de canal), periodontia (limpeza e tratamento de gengivas), radiologia, cirurgia bucomaxilofacial e atendimento exclusivo de pessoas com algum tipo de necessidade especial. Também ofertamos atendimentos de Atenção Básica, como exodontia (extração) e dentística (restauração), que normalmente são pacientes já em tratamento no Morton Mariz.

Em 2015, o local sediou uma capacitação “Atenção e o Cuidado da Saúde Bucal da Pessoa com Deficiência”, promovida pelo Ministério da Saúde em parceria com a SMS, voltada para cirurgiões-dentistas e auxiliares de Saúde Bucal que atuam nas unidades de Atenção Básica de Natal.

O Centro de Referências Odontológicas Dr. Morton Mariz funciona na Praça José da Penha, nº 155, no bairro da Ribeira.