Assembleia conclui composição de comissão para discutir soluções para sistema penitenciário do RN

Deputados vão debater em comissão o sistema penitenciário do RN. Foto: Eduardo Maia
Deputados vão debater em comissão o sistema penitenciário do RN. Foto: Eduardo Maia

Já está formada a comissão formada pela Assembleia Legislativa para discutir soluções para a crise penitenciária no Rio Grande do Norte. Os deputados titulares são Larissa Rosado (PSB), Márcia Maia (PSDB), Vivaldo Costa (PROS), Kelps Lima (SD), Hermano Morais (PMDB), Jacó Jácome (PSD), Getúlio Rêgo (DEM) e Dison Lisboa (PSD). Os suplentes são os deputados Tomba Farias (PSB), Gustavo Carvalho (PSDB), Albert Dickson (PROS), Souza Neto (PHS), Galeno Torquato (PSD), José Adécio (DEM) e Carlos Augusto Rosado (PSD). O presidente da comissão será escolhido nesta quarta-feira (8.2).

 

Presidente da Assembleia Legislativa do RN anuncia redução no limite prudencial e convocação de concursados

Presidente da Assembleia Legislativa do RN - Ezequiel Ferreira de Souza. Foto: João Gilberto - AL/RN
Presidente da Assembleia Legislativa do RN – Ezequiel Ferreira de Souza. Foto: João Gilberto – AL/RN

Em pronunciamento, nesta terça-feira (7.2), o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), anunciou que a Assembleia conseguiu uma grande vitória nessa gestão: “Estamos abaixo do Limite Prudencial estabelecido pela Lei de Responsabilidade Fiscal. Isto permitirá a convocação dos concursados. Reduzimos o índice de 2,34 para 2,24, abaixo do limite prudencial que é de 2,26. Sem dúvida uma grande vitória da atual gestão e do conjunto dos deputados que definiram como meta no Planejamento Estratégico a economicidade na gestão, transparência nas ações e qualificação dos servidores”, disse o presidente em seu discurso.

Ezequiel Ferreira fez a manifestação na primeira sessão ordinária deste ano deixando clara a convicção de que a Casa cumprirá o seu papel da mesma forma que cumpriu no ano passado, debatendo e aprovando projetos de interesse da população do Estado, com trabalhos marcados pelo entendimento.

WhatsApp diz não haver brecha para monitorar usuário

WhatsApp - LogoPara não quebrar o conceito de simplicidade, o WhatsApp prefere não inundar o usuário com notificações de segurança. Por isso, diz um de seus cofundadores, o aplicativo mantém desligado, como padrão, um aviso sobre quando um contato de sua lista troca de aparelho -operação na qual foi encontrada uma brecha que permitiria a interceptação de mensagens.

“Todo o tempo tentamos equilibrar privacidade e segurança com a simplicidade”, disse à Folha Brian Acton, cofundador do WhatsApp, hoje pertencente ao Facebook.

Em janeiro, reportagem do “Guardian” mostrou que um pesquisador da Universidade da Califórnia demonstrou como “enganar” o servidor do WhatsApp, passando-se por outro usuário com o mecanismo que o app tem para permitir que pessoas troquem de telefone e continuem com a mesma “identidade virtual”.

Quando o usuário passa a usar um novo celular (ou deleta e reinstala o aplicativo), o aplicativo cria uma nova “chave”, ou código de segurança, que passa a valer para ele.

Um hacker ou governo poderia forçar a criação de uma nova chave para “roubar” essa identidade, nem que temporariamente, interceptando mensagens do aplicativo.

Para usuários precavidos (chamados por Acton de “especialmente paranoicos”), há a possibilidade de ser alertado toda vez que, dentro de uma conversa, houver a mudança de chave.

Ou seja: no caso de interceptação maliciosa, ele seria notificado. Mas também seria informado no caso do que o executivo chama de “falso-positivo” -quando alguém troca de aparelho ou reinstala o aplicativo.

“Simplesmente não queríamos inundar as pessoas com notificações de segurança e criar uma reação alarmista”, disse Acton, ao justificar por que a função de aviso fica desligada como padrão.

O aplicativo de mensagens Signal, que usa a mesma tecnologia de privacidade empregada pelo WhatsApp, não tem essa brecha. Em vez de enviar as mensagens quando há a mudança de chave, o serviço as apaga.

“Optamos por entregar as mensagens” em vez de apagá-las, diz Acton. “Quando você começa a interromper ou derrubar [apagar] as mensagens por causa de mudanças na segurança, adiciona dificuldades que podem ser prejudiciais ao sistema no geral.”

A reportagem do diário britânico sugeria que a brecha na segurança foi proposital, com o intuito de permitir a leitura de mensagens pela empresa -o WhatsApp nega.

PESQUISA

Segundo pesquisa encomendada pelo WhatsApp ao Datafolha, divulgada no dia 30, mais de metade (57%) dos usuários do aplicativo no Brasil acreditam que esse é o meio mais seguro para trocar mensagens on-line.

Em abril de 2016, a empresa anunciou a adição de uma “blindagem” virtual do conteúdo trocado por usuários, impedindo que o próprio WhatsApp ou terceiros pudessem ler mensagens mesmo em caso de invasão de um celular ou servidores.

Entre os 2.363 entrevistados pela pesquisa, feita em novembro em 130 cidades, 71% afirmaram trocar mensagens confidenciais ou pessoais. Já 42% disseram ter conversas de cunho comercial.

“A criptografia permite que as pessoas tenham a tranquilidade de trocar ainda mais informação sensível, como fazer transações com cartões de crédito por meio dos nossos sistemas”, diz o cofundador do WhatsApp.

JUSTIÇA

Outro tópico desenvolvido pelo Datafolha foi a ação da Justiça ao bloquear o WhatsApp temporariamente. Entre os entrevistados, 74% disseram ser contra esse tipo de interrupção, realizada três vezes no Brasil só no ano passado após a empresa não entregar material que pudesse ser usado em investigações criminais.

A empresa argumenta não poder fornecer conteúdo de conversas de investigados de crimes, já que as mensagens são criptografadas.

“Não temos a capacidade de produzir informações quando nos solicitam”, diz Acton. “E essa é uma resposta que autoridades têm dificuldade em aceitar, mas é só o que podemos fazer.”

 

 

MPRN realiza seminário sobre “Desafios do Sistema Prisional”

Seminário do MPRN sobre sistema prisional - logoO Ministério Público do Estado do Rio Grande do Norte realiza nos dias 13 e 14 de fevereiro, na Procuradoria-Geral de Justiça, o seminário “Desafios do sistema prisional”.

A iniciativa é fruto de parceria firmada entre o Centro de Estudo e Aperfeiçoamento Funcional (CEAF), do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO) e do Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Investigação Criminal (CAOPCriminal).

O evento vai contar com participação de representantes do Ministério da Justiça, do Ministério Público do São Paulo, Rio de Janeiro e Amazonas, do Governo do Estado e do judiciário estadual e federal.

De acordo com o coordenador do CEAF, André Mauro Lacerda Azevedo, diante das situações ligadas à crise do sistema prisional ocorridas nos estados de Roraima e Amazonas, antes mesmo da rebelião localizada no presídio de Alcaçuz, o GAECO sinalizou a necessidade de realização da referida capacitação. André Mauro destaca a importância do debate acerca da crise do sistema prisional. “A questão da segurança pública é umas das maiores prioridades do MPRN hoje”, afirmou.

Morre a esposa de Luiz Almir, Berta Magalhães

Berta Magalhães e Luiz Almir. Foto: Arquivo Pessoal.
Berta Magalhães e Luiz Almir. Foto: Arquivo Pessoal.

A esposa do apresentador e vereador em Natal, Luiz Almir, faleceu nesta terça-feira (7.2), vítima de câncer. Ela estava internada há 20 dias. Os dois estavam casados há 35 anos. Berta Magalhães era servidora pública, professora e assistente social e sofria com um câncer desde o ano passado. Ela foi sepultada no cemitério do Alecrim.

 

Jorge Boucinhas Filho é eleito para a Academia Brasileira de Direito do Trabalho

Jorge Boucinhas Filho. Foto: Divulgação
Jorge Boucinhas Filho. Foto: Divulgação

Jorge Boucinhas Filho, advogado da Confederação Nacional da Indústria (CNI) e professor da Fundação Getúlio Vargas (FGV), foi recém eleito para a Academia Brasileira de Direito do Trabalho. Ele é filho do renomado médico Jorge Boucinhas.

Morre o ex-vice-prefeito de Natal Marcílio Carrilho

Marcílio Carrilho
Marcílio Carrilho

O atual Comodoro do Iate Clube e presidente do DEM em Natal, ex-presidente da Câmara Municipal de Natal e ex-vice-prefeito, Marcílio Carrilho, de 67 anos, faleceu em sua residência nesta sexta-feira (3.2). Há três anos ele lutava contra um câncer agressivo. O velório acontece a partir das 15h, no Morada da Paz, em Emaús, e a missa programada às 18h. Em seguida, a cremação.

Argentinos invadem o RN e a Secretaria de Turismo comemora

Bandeiras do Brasil e Argentina juntasO foco no investimento em divulgação e promoção para seduzir o turista argentino com as nossas belezas e culturas, desde o início desta gestão do Governo do RN, surtiu efeitos comprovados. Além do voo Buenos Aires-Natal, conquistado já no primeiro ano, o número de argentinos no Rio Grande do Norte tem crescido em proporções exponenciais.

Dados da Superintendência da Polícia Federal no Rio Grande do Norte apontam aumento de 144% do turista argentino no Estado potiguar, se comparados os anos de 2015 e 2016, sendo hoje o estrangeiro com maior frequência, seguido pelos portugueses, já tradicionais no RN após mais de uma década de continuidade do voo direto Lisboa-Natal.

“E tenho convicção de que esse percentual ainda é muito maior porque são computados apenas os argentinos vindos de Buenos Aires através do voo direto para Natal. Mas sabemos que muitos deles vêm de São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro e outras cidades”, acrescenta o secretário estadual de Turismo, Ruy Gaspar, que já enxerga viabilidade para um segundo voo. “Vamos continuar nosso trabalho de divulgação para viabilizar mais uma frequência”.

O Governo do RN, através da Setur RN e Emprotur, com recursos do RN Sustentável investiu aproximadamente R$ 300 mil em divulgação na capital e em diferentes cidades argentinas ano passado. “Esse investimento injetou mais de 10 milhões de reais em nossa economia só com o acréscimo desses turistas. Por isso nunca falo em gasto, mas em investimento no turismo, porque o retorno é sempre certo”, completou.

A presidente da Emprotur, Aninha Costa, ressalta as ações já realizadas e as que estão programadas para este ano: “Realizamos roadshows exclusivos em cidades argentinas estratégicas para nosso turismo, além de campanhas promocionais. E pela primeira vez na história o RN esteve representado na principal feira do país com estande próprio. E o melhor: vamos repetir tudo isso este ano”.

Toinho Silveira encerra comemorações dos seus 40 anos de jornalismo no Buddha Bar em Dubai

Toinho Silveira com seus convidados no Buddha Bar
Toinho Silveira com seus convidados no Buddha Bar

Dando encerramento as comemorações dos 40 anos de jornalismo de Toinho Silveira, o colunista social e jornalista realizou no sábado (28.1), seu segundo evento alusivo à data em Dubai, a maior cidade dos Emirados Árabes Unidos, um grande evento no requintado Buddha Bar, onde recebeu amigos de Dubai, incluindo brasileiros que moram na cidade e os familiares de sua irmã, Ângela Silveira Chambers, que mora em na cidade e foi organizadora do evento, junto com Francesco Galdi, o homem que pilota o Buddha Bar. Também participou como convidado especial, vindo diretamente de Natal, o arquiteto e empresário da Designer Brasil, Clodoaldo Bahia.

Ainda em Dubai, no dia anterior, na sexta-feira (27.1), Toinho Silveira participou do seu primeiro evento alusivo a comemoração dos seus 40 anos de jornalismo, desta vez organizado por Wilian Robert e Stephanie Chambers Robert, na bela casa do casal. Acompanhe matéria exclusiva sobre este evento aqui no Versátil News.

Angela Silveira Chambers (irmça de Toinho Silveira),organizadora do evento no Buddha Bar comFrancesco Galdi, o homem que pilota o Duddha Bar
Ângela Silveira Chambers (irmâ de Toinho Silveira),organizadora do evento no Buddha Bar com Francesco Galdi, o homem que pilota o Duddha Bar

Estes dois eventos em Dubai deram encerramento a uma série de eventos realizados em Natal para comemorar os 40 anos de jornalismo de Toinho Silveira, realizados ao longo do ano de 2016 e que podem ser conferidos aqui mesmo no Versátil na edição especial da revista que apresenta todos estes eventos e que será postada em breve.

Acompanhe as fotos do evento no Buddha Bar:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Fotos: Divulgação

Toinho Silveira comemora 40 anos de jornalismo em Dubai

Toinho Silveira com seus convidados na sua festa em Dubai
Toinho Silveira com seus convidados na sua festa em Dubai

O casal Wilian Robert e a elegantíssima Stephanie Chambers Robert, nomes de destaque na sociedade de Dubai, a maior cidade dos Emirados Árabes Unidos, foram os anfitriões do evento que comemorou na bela casa do casal, no último dia 27 de janeiro, os 40 anos de jornalismo do colunista social e jornalista Toinho Silveira.

Solo água mineral - patrocinadora do evento dos 40 anos de jornalismo de Toinho Silveira em Dubai. Foto - Divulgação
Solo água mineral – patrocinadora do evento dos 40 anos de jornalismo de Toinho Silveira em Dubai. Foto – Divulgação

Durante o evento compareceram brasileiros residentes e o grupo que foi do Brasil para prestigiar o jornalista Toinho Silveira. No comando da produção a irmã de Toinho Silveira, Angela Silveira Chambers, que mora em Dubai, além de Margareth Robinson e Nivea Heluey. Também participou como convidado especial, vindo diretamente de Natal, o arquiteto e empresário da Designer Brasil, Clodoaldo Bahia. Já no sábado (28.1), Toinho Silveira encerrou as comemorações dos seus 40 anos de jornalismo, com um grande evento no Buddha Bar, também em Dubai. Acompanhe matéria exclusiva deste evento aqui no Versátil News.

Príncipe Fahim Al Quasimi
Príncipe Fahim Al Quasimi
Príncipe Fahim Al Quasimi (no meio), na festa dos 40 anos de jornalismo de Toinho em Dubai
Príncipe Fahim Al Quasimi (no meio), na festa dos 40 anos de jornalismo de Toinho em Dubai

O evento teve a participação especial do príncipe Fahim Al Quasimi e foi patrocinado pela Solo Gathering Brasilian Whater, água mineral produzida pelo grupo Acquavilive Group, do empresário Mauro Mumback.

Acompanhe abaixo galeria de fotos deste evento:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Fotos: Divulgação