Fecomércio : Sindilojas RN informa horário de funcionamento do comércio para Black Friday e Final de Ano

O Sindilojas RN divulga os horários do comércio em shoppings centers, galerias comerciais e os comércios de rua para o chamado Ciclo Natalino. O período compreende a Black Friday e o final de ano.

Confira como funcionará o comércio em shoppings centers, galerias comerciais e o comércio de rua:

26 e 27 de novembro, das 9h às 22h

19 de dezembro, das 10h às 22h

20 a 23 de dezembro, das 10h às 23h

Nas vésperas de Natal e Réveillon, o comércio abrirá da seguinte forma:

24 de dezembro, até às 19h

31 de dezembro, até as 18h

Os demais dias terão os horários já praticados pelas empresas, sem a necessidade de regulamentação pelo Sindilojas RN.

A decisão dos horários foi negociada entre o Sindilojas RN, que representa os empresários potiguares, filiado à Fecomércio RN, e o Sindicato Intermunicipal do Empregados do Comércio do Rio Grande do Norte, por meio de um aditivo da Convenção Coletiva 2021-2022

Governo do RN : Governadora abre Expofruit e destaca fortalecimento da economia potiguar

A governadora Fátima Bezerra destacou nesta quarta-feira (24), ao participar da abertura da Feira Internacional da Fruticultura Tropical Irrigada (Expofruit), as ações de governo para revigorar a economia e ampliar as oportunidades de emprego. Entre os avanços ela citou o Programa de Estímulo ao Desenvolvimento Industrial (Proedi), a política de captação de investimentos em geração de energias limpas e o fortalecimento da agricultura.

“Temos que reconhecer que vocês são uns desbravadores. Estamos no Semiárido nordestino e vocês conseguem tornar o Rio Grande do Norte o maior exportador de frutas do Brasil, gerando milhares de empregos. Isso é fantástico”, elogiou a governadora. Ela afirmou que seu governo é um parceiro dos produtores rurais. “E não é apenas no discurso, mas em ações concretas quando entrega, por exemplo, as licenças ambientais, as outorgas de água, quando trabalha para aumentar a área livre da mosca-da-fruta e também quando paga o ICMS da Lei Kandir, coisa que não era feita há 20 anos. O governo está aqui como um parceiro para promover cada vez mais esse setor”.

O secretário de Estado da Agricultura, Pecuária e da Pesca (Sape), Guilherme Saldanha, destacou o papel do agronegócio na economia potiguar: “qual o segmento da atividade econômica que nos permite dizer, hoje, que tem capacidade para gerar 40 mil empregos formais? A fruticultura tem. É só a gente conseguir viabilizar as exportações de melão em quantidade maior.”

Sobre isso, Fátima disse que o governo do Estado participará amanhã da reunião que os produtores de melão terão com a cônsul da China, Yan Yuqing. Em 2019, ela visitou a Agrícola Famosa, maior produtora de melão da América Latina, em companhia do Cônsul Comercial Shao Weitong e do vice-cônsul He Yongwe, abrindo os caminhos para entrada do melão no gigante asiático. O secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico (Sedec), Jaime Calado, adiantou que no primeiro trimestre de 2022 uma missão do RN vai à China para tratar da criação de uma rota marítima direta e, com isso, viabilizar o escoamento da produção.

A governadora aproveitou para sancionar a lei que institui o plano de cargos, carreiras e salários dos servidores do Instituto de Defesa e Inspeção Agropecuária do Rio Grande do Norte (Idiarn).

Vantagens

O presidente do Comitê Executivo da Fruticultura (Coex), Fábio Queiroga, destacou as vantagens competitivas do Rio Grande do Norte, citando a qualidade do solo, a possibilidade de produzir três safras por ano, a localização geográfica do RN. “Estamos a oito dias da Europa em transporte marítimo e também a oito da Costa Leste da América.  Temos muitas fazendas de produção de melão com responsabilidade social, cumprindo todos os protocolos de produção.”

O superintendente do Sebrae/RN, Zeca Melo, lembrou que toda a cadeia do melão está presente na Expofruit deste ano.

O empresário Luiz Barcelos elogiou a governadora Fátima Bezerra pelo plano de cargos dos servidores do Idiarn, categoria que desempenha um trabalho importante e essencial para a agricultura. “Eu já havia levado essa proposta para governos anteriores, sem sucesso. A governadora mostra que tem compromisso com seus colaboradores e com a classe produtora agrícola do Estado.”

Negócios

Os organizadores estimam movimento financeiro em torno de R$ 60 milhões e público de 15 mil pessoas passando pelos 360 estandes montados nesta edição da Expofruit. Além de produtores, empresas públicas e privadas de pesquisas agropecuárias, como a Emparn, estão presentes na feira Banco do Brasil, Banco do Nordeste, Caixa Econômica e Santander.

Atualmente, 94% das exportações têm como destino a Europa, mas o mercado asiático está no radar dos produtores locais, tendo a China como porta de entrada. Por isso, na feira deste ano está prevista uma rodada de negócios, intermediada pelo Consulado chinês no Brasil.

O consumo médio anual na China é de 12 milhões de toneladas, o equivalente a 30 anos da produção potiguar, levando em conta a colheita passada. A área técnica do Ministério da Agricultura estima que o volume de exportações do melão produzido no Nordeste dobrará se o Brasil conquistar apenas 1% do mercado chinês.

O melão responde por 25% das exportações do RN. Cultivo e colheita geram cerca de 20 mil empregos na região de Mossoró/Assu, onde a produção está concentrada.

Inspeção

Durante a Expofruit, o Idiarn realiza o 28º curso de Certificação Fitossanitária de Origem-CFO/CFOC, cujo público alvo são engenheiros agrônomos que pretendem ser habilitados junto ao Idiarn para emissão de CFO, e responsáveis técnicos das empresas produtoras de melão na área livre da mosca-das-frutas no RN. CFO/CFOC são documentos oficiais que comprovam a condição fitossanitária da origem de um produto agrícola ou de suas partes com o objetivo de prevenir a disseminação de pragas dentro do estado.

Participaram da abertura da feira, Antenor Roberto (vice-governador); deputados Isolda Dantas e Hermano Morais; Alyson Bezerra (prefeito de Mossoró); secretários estaduais – Guilherme Saldanha (Sape), Alexandre Lima (Sedraf), Jaime Calado (Sedec), Fernando Mineiro (Segri), João Maria Cavalcanti (Semarh); Leon Aguiar (Idema), Manoel Marques (DER), Mário Manso (Idiarn), Silvio Torquato (Sedec), Samanda Alves (Potigás), Rodrigo Maranhão (Emparn); João Hélio (Sebrae/RN), prefeitos e vereadores da região

Projeto que incentiva a Educação de Jovens e Adultos é aprovado na Câmara

A Câmara Municipal de Natal aprovou, em primeira discussão, durante a sessão ordinária desta terça-feira (23), o Projeto de Lei n° 420/2021 da vereadora Margarete Régia (PROS) que autoriza a realização de campanhas públicas sobre a Educação de Jovens e Adultos – EJA. A campanha deverá ser veiculada em rádios, jornais e redes sociais, entre outros veículos de comunicação disponíveis, com informações sobre a EJA nas Unidades Educacionais da Rede Municipal de Ensino.

A vereadora Margarete Régia falou sobre a relevância da proposição. “É importante que a Rede Municipal de Ensino divulgue ao público as formas de atendimento que oferece em suas unidades educacionais, para que os jovens e adultos que não tiveram acesso ou que não concluíram o ensino fundamental, possam ter conhecimento das vagas, períodos de matrículas e formas de atendimento e tenham nova oportunidade de ingressar nos estudos”.

Também em primeira discussão, o plenário deu parecer favorável a um texto de autoria da vereadora Camila Araújo (PSD) que dispõe sobre a possibilidade do servidor público municipal efetuar o pagamento do IPTU por meio de consignação em contracheque, fazendo jus ao desconto ofertado para o pagamento realizado em parcela única.

“Cabe ressaltar que a concessão do benefício do parcelamento com o desconto, não representa nova renúncia ou isenção de imposto, haja vista, que o desconto já é concedido aos munícipes que efetuarem o pagamento em parcela única, estando, portanto, previsto no planejamento financeiro anual do Poder Executivo. Em tempo: a aprovação dessa proposta legislativa irá se revestir como uma medida de valorização do servidor municipal”, explicou a parlamentar.

Outros três projetos foram aprovados em primeira discussão: PL 312/2020, do vereador Ériko Jácome (MDB), que cria o “Amigo do Livro” nas escolas da rede municipal de Natal, PL 288/2021, do vereador Aroldo Alves (PSDB), que dispõe acerca da denominação da Praça, situada às margens que compreende a Avenida Lima e Silva, Travessa Lima e Silva e Rua Henrique Dias no bairro Bom Pastor, na Zona Oeste desta capital, de “Praça Joaquim Tomaz da Costa”, PL 308/2021, do vereador Anderson Lopes (Solidariedade), que institui a Olimpíada Cultural Natalense.

Encontro de informática durante Unale destaca fluxo de processos nas Casas Legislativas

 

Os servidores da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte participaram na manhã desta quarta-feira (24) do Encontro Nacional de Informática Aplicada ao Legislativo. Durante o encontro, foi debatido o fluxo dos processos legislativos e o que pode ser feito para dinamizar ainda mais o trâmite.

O Analista de Sistemas da Diretoria de Gestão Tecnológica da ALRN, Zenon Sabino, destacou que o debate é “fundamental para a dinâmica dos processos fazendo com que eles cheguem mais rápido e com autonomia aos servidores, gabinetes e aos deputados”.

Jorge Azevedo, que também é analista de sistemas e participou do encontro, disse que  “essa é uma forma de compartilhar experiências e conhecimento, para levar melhorias no âmbito tecnológico, que possam auxiliar nas rotinas da Casa”.

A Assembleia Potiguar contribui com essa autonomia através do sistema e-Legis, desenvolvido pela equipe de TI da Casa e um exemplo de projeto bem-sucedido, com os módulos Administrativo, Gabinete e Plenário.

O primeiro é responsável por tarefas relacionadas aos cadastros iniciais, controle de acesso, gerência de processos e reuniões, além de outras atividades administrativas do fluxo processual. O módulo gabinete, destinado aos gabinetes parlamentares, permite a elaboração de proposições, acompanhamento dos fluxos processuais e controle das subscrições e por fim, o módulo plenário permite o acompanhamento das presenças, votações e deliberações em tempo real durante as reuniões parlamentares.

O e-Legis carrega consigo pilares da gestão moderna como Produtividade, Sustentabilidade e Economia.

A deputada e presidente da Unale, Ivana Bastos, também se fez presente no evento e falou sobre a importância da TI durante a pandemia. “Tem sido uma área de grande relevância para continuidade dos trabalhos da Assembleia durante todo o período de isolamento social, tanto é que os três concorrentes ao prêmio de gestão da Assembleia Cidadã, são oriundos da área de TI”,  destacou a deputada.

Para Luciana Lourenço, da Diretoria de Políticas Complementares, que também participou do painel, “o encontro propõe soluções de problemáticas na área tecnológica que podem ser salutares em todo o âmbito de atuação dos processos administrativos nas Casas Legislativas”.

Outro assunto que chamou a atenção durante o debate foi a necessidade de fixação de procedimentos para eventual descarte dos documentos criados, assim que finalizado o objetivo ensejador da matéria.

“Foram apresentadas as medidas necessárias à Gestão Arquivística de Documentos, com o estabelecimento de Planos de Conservação para a Guarda Permanente. Além de criação de uma Tabela de temporalidade para cada documento o que é de fundamental importância”, disse Gustavo Brito, coordenador de Suporte Legislativo da Assembleia Legislativa do RN que representou a secretária Legislativa Tatiana Mendes Cunha.

Também participaram do encontro de informática, os servidores da ALRN Samya Bastos, Luciano Farias, Vinícius Marques, Leopoldo André e Andrea Félix.

Prefeitura de parnamirim : Prefeitura ressalta a importância do Novembro Roxo

O mês de novembro é dedicado à sensibilização para a prematuridade, também conhecido como Novembro Roxo. A Prefeitura de Parnamirim, por meio da Secretaria de Saúde (Sesad), tem investido no Hospital Maternidade Divino Amor (HMDA), para fazê-lo referência também neste aspecto.

O Hospital Maternidade Divino Amor conta com uma Unidade de Terapia Intensiva Neonatal equipada com 10 leitos e uma equipe preparada para prestar assistência de qualidade aos pequenos guerreiros que tiverem pressa para nascer.

Ana Carolina, que está com o filhinho na incubadora há um mês e 17 dias, diz estar confiante na recuperação do seu filho. “Dou glória a Deus pela vidinha dele. Estamos aqui para contarmos a história dele. Estamos sendo muito bem tratados. Não temos do que reclamar, apenas agradecer”, disse.

Um pré-natal de qualidade é fundamental para a redução da prematuridade. Outro ponto importante é a conscientização da população sobre os fatores de risco e o que as gestantes podem fazer para tentar prevenir a ocorrência do parto antes das 37 semanas de gestação.

Entre os principais fatores que podem de risco que podem aumentar a probabilidade de que uma mulher tenha um bebê prematuro estão: parto prematuro anterior, estar grávida de mais de um bebê (gêmeos, trigêmeos ou mais), problemas com o útero ou colo do útero, problemas crônicos de saúde na mãe, como pressão arterial elevada, diabetes e distúrbios de coagulação, pressão arterial elevada, determinadas infecções durante a gravidez (principalmente a infecção urinária), tabagismo, uso de álcool ou uso de drogas ilegais durante a gravidez.

É importante também estar atento aos sinais que o corpo dá de um possível trabalho de parto prematuro, como por exemplo: contrações  a cada 10 minutos ou mais vezes, mudança no corrimento vaginal, como cor, quantidade e odor, perda de líquido  ou sangramento pela vagina, pressão pélvica com a sensação de que o bebê está empurrando para baixo, dor nas costas, cólicas abdominais, com ou sem diarréia.

Igreja Nova vai receber curso de fabricação de salgados

Igreja Nova vai receber curso de fabricação de salgados

As inscrições começam nesta quarta-feira (24), na E. M. Damião Januário.

A Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria do Trabalho, Assistência Social e Cidadania, irá ofertar mais um curso de qualificação em São Gonçalo do Amarante!

As inscrições para o curso de fabricação de salgados iniciam nesta quarta-feira (24), a partir das 9h, na Escola Municipal Damião Januário, em Igreja Nova. As vagas serão disponibilizadas para os usuários do Cadastro Único.

Fonte : Prefeitura de São Gonçalo

COVID: Brasil registra 273 óbitos e 12.930 mil casos nas últimas 24h; Média móvel de mortes segue abaixo de 300 desde 1º de novembro

O Ministério da Saúde divulgou os dados mais recentes sobre o coronavírus no Brasil nesta quarta-feira (24):

– O país registrou 273 óbitos nas últimas 24h, totalizando 613.339 mortes;

– Foram 12.930* novos casos de coronavírus registrados, no total 22.043.112.

*Quantidade de casos foi acrescida de registro represados de três estados: AC (44), ES (1.040) e RN (651).

O Ministério da Saúde calcula que mais de 21,2 milhões de pessoas já se recuperaram da covid-19.

A média móvel de óbitos, que considera os dados dos últimos sete dias, ficou em 227, e a média móvel de novos casos em 9.214. A média móvel de mortes segue abaixo dos 300 desde o dia 1º novembro, quando o Brasil contou 303 óbitos na média de sete dias, conforme dados do Conass.

Fonte : GB

Fecomércio : Demanda por voos domésticos cresce 7% em outubro

O setor aéreo vem registrando alta consecutiva da demanda por passageiros nos últimos meses e, em outubro, não foi diferente. Dados divulgamos pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) na última segunda-feira (22.11) mostram que, não apenas a demanda continua crescendo, como também a procura pelos destinos nacionais. Segundo a ANAC, 6,3 milhões de pessoas viajaram pelo país no último mês, um aumento de 7% em relação a setembro. Já a taxa de ocupação dos aviões foi de 84,3%, o que representa um avanço de 3,2%.

“O turismo nacional é a grande estrela desta retomada. Os brasileiros finalmente estão dando todo o valor que o Brasil merece e aproveitando tudo o que o país tem a oferecer”, destacou o ministro do Turismo, Gilson Machado Neto. “Além disso, o déficit entre os níveis de 2019 e os atuais está cada dia menor. Os crescentes índices da demanda de passageiros registrada pelo setor aéreo mostram que estamos cada dia mais perto de retomar a potência do nosso setor”, complementou o ministro.

No aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, dos 2,48 milhões de pessoas que passaram pelo terminal em outubro, 2,07 milhões tiveram cidades brasileiras como origem ou destino, ou seja, 83% da movimentação total. Isso representa um crescimento de 37,1% quando comparado com o mesmo mês de 2020.

Já o aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP), registrou, em outubro, o maior índice mensal de passageiros do ano com 960.218 embarques e desembarques. O número representa uma alta de 36,88% no total de passageiros em relação ao mesmo mês de 2020. Este é o oitavo mês seguido de altas em relação ao mesmo período do ano passado.

TURISMO RESPONSÁVEL – O Ministério do Turismo recomenda uma série de medidas para uma viagem segura, por meio do Selo “Turismo Responsável, Limpo e Seguro”, que estabelece boas práticas de biossegurança para 15 atividades do setor. A iniciativa estabelece protocolos específicos para a prevenção da Covid-19 e busca auxiliar na retomada segura das atividades tanto para turistas quanto para trabalhadores. O selo está disponível para meios de hospedagem, parques temáticos, restaurantes, cafeterias, bares, centros de convenções, feiras, exposições, guias de turismo, dentre outros e pode ser obtido de maneira rápida e segura clicando AQUI

Governo do RN: Maior evento do RN sobre Gestão Pública acontecerá em março de 2022

O 15º Congresso de Gestão Pública do Rio Grande do Norte (Congesp/RN) vai ser realizado no período de 15 a 18 de março de 2022, em formato híbrido, com a realização de atividades presenciais e remotas. O evento estava previsto para acontecer entre os dias 30 de novembro e 03 de dezembro de 2021, mas a Comissão Organizadora decidiu pelo seu adiamento, a fim de preservar a qualidade da programação.

O Congesp é uma iniciativa do Governo do Estado, por meio da Secretaria da Administração (Sead) e da Escola de Governo (EGRN). Considerado o maior evento sobre Gestão Pública do Rio Grande do Norte e um dos mais consolidados eventos na área do país, causa grande repercussão entre os que fazem ou estudam a administração pública. Tem como objetivo fomentar o compartilhamento de experiências inovadoras e proporcionar a transferência de conhecimentos para o aperfeiçoamento dos instrumentos e práticas entre gestores e servidores públicos, professores e estudantes universitários, bem como outros profissionais liberais.

De acordo com a secretária da Administração e presidente da Comissão Organizadora, Virgínia Ferreira, a decisão pelo adiamento do 15º Congesp se deu para que não houvesse prejuízo na qualidade das apresentações e participações de convidados renomados. “O Congesp tem como marca registrada a presença de grandes especialistas e acadêmicos para suas conferências e mesas-redondas. Como alguns dos nomes que desejamos contar nesta 15ª edição estavam com agenda conflitante com as datas iniciais do evento, optamos pelo seu adiamento, garantindo assim a participação de pesquisadores e estudiosos de reconhecida competência em suas áreas de atuação”, explicou.

O diretor da Escola de Governo, João Emanuel Evangelista, reforçou ainda que a eventual ausência dos convidados provocaria uma lacuna significativa na qualidade das discussões sobre os problemas e as soluções inovadoras na gestão pública. “Muitos profissionais justificaram a recusa aos convites para a data anteriormente prevista do congresso pelo acúmulo de atividades acadêmicas, em virtude das demandas decorrentes do encerramento das atividades letivas nas suas instituições de ensino superior. São profissionais de exímia competência e que têm muito a contribuir”, destacou o professor.

Com o adiamento do congresso para 2022, as inscrições ficarão abertas até 14 de março, ao passo que o prazo para submissão de trabalhos também foi estendido. Os gestores e servidores públicos, estudantes universitários de graduação e de pós-graduação, bem como outros profissionais liberais têm agora até o dia 26 de fevereiro de 2022 para encaminhar seus artigos ou resumos expandidos no site do congresso: https://www.even3.com.br/15congesprn/

A Comissão Organizadora assegura ainda que as inscrições e as submissões de trabalho aos Grupos Temáticos já feitas pelos interessados em participar do evento serão mantidas.

Luta contra genocídio de jovens negros pauta audiência na Câmara de Natal

Os dados preocupantes que apontam para o extermínio da população jovem e negra de Natal nortearam a audiência pública realizada nesta terça-feira (23) na Câmara Municipal. O debate foi uma proposição do mandato do vereador Pedro Gorki (PCdoB) e da Frente Parlamentar da Juventude da CMN e contou com a participação de diversos movimentos sociais, movimentos que defendem os direitos da população negra, Ministério Público Estadual (MPRN), UFRN, gestores das secretarias Municipal da Igualdade Racial e da Estadual da Juventude, conselheiros tutelares, professores e estudantes.

 

O vereador destacou que um jovem negro tem 5,3 vezes mais chances de ser assassinado na capital potiguar do que um jovem de pele clara e, por isso, a responsabilidade para mudar essa realidade precisa ser coletiva. “O sentido dessa audiência é muito maior do que discutir essa situação, mas os caminhos que podemos seguir sobre essa discussão. Que cada sugestão alimente a formação de um grupo de trabalho para atuar sobre o problema do genocídio da juventude em Natal, trazendo um diagnóstico, dados e propostas incluindo entidades diferentes”, propôs o parlamentar. As vereadoras Divaneide Basílio (PT) e Brisa Bracchi (PT) também debateram o assunto.

 

De acordo com o professor Jarvis Campos, da Rede e Instituto Observatório da Violência do Rio Grande do Norte (OBVIO/UFRN), entre 2011 e 2021, mais de 90% dos jovens assassinados na capital eram negros. “Fizemos esse recorte em Natal, mas a realidade é a mesma do estado. Os negros são o maior alvo dos crimes violentos letais intencionais e existe uma segregação muito forte por áreas da cidade. Isso reflete a desigualdade porque são jovens de áreas de maior vulnerabilidade localizadas nas regiões Norte e Oeste. Esses dados do OBVIO ajudam a subsidiar políticas de segurança pública de modo geral”, contou o professor.

 

Um desses casos é o do jovem Geovane Gabriel, um negro de 18 anos que morava no bairro Guarapes e foi executado em junho de 2020 por policiais militares quando ia de bicicleta visitar a namorada em Parnamirim. A vítima foi morta por engano, já que os policiais buscavam outro jovem negro acusado de roubo. A mãe de Gabriel, Priscila Souza, participou da audiência e disse que luta por justiça e para que outras famílias não passem pelo mesmo drama. “Continuo revoltada com o que acontece nesse país com o jovem, especialmente negro. Meu filho foi uma dessas vítimas. Ainda vivo em estado de choque, me sinto impotente, mas luto por justiça e clamo para que não aconteça com outros jovens inocentes”, declarou.

 

A mudança dessa realidade pode estar na execução de mais políticas afirmativas, segundo a promotora de justiça da Cidadania, Danielle Veras. Ela disse que a cultura tem abraçado mais fortemente essas políticas que precisam se estender para todas as áreas. “Precisamos de mais políticas no sentido da afirmação para desconstrução do racismo institucional não apenas na cultura, mas em todas as áreas. O Ministério Público está à disposição para trabalhar na indução e acompanhamento das políticas públicas para descontruir e mudar a realidade desses números” destacou a promotora.

 

Alguns jovens fizeram pronunciamentos relatando situações que vivenciam. Um deles foi o vice-presidente da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes), Roberth Gois, que emocionou ao relatar sobre o racismo institucional que sofre desde a infância. “É muito mais duro pra gente, que é negro, chegar à universidade, permanecer na escola. Não só pelo racismo, mas também pela falta de identidade. O sistema nos mata e nos oprime. Não sabemos se vamos ser violentados no ônibus, na calçada, na parada, na rua…nem se voltaremos sem ser atingidos por bala perdida, sequestrados e mortos pela polícia, ou preso com a única explicação possível de ser negro. Não me arrependo de ter nascido negro, carregar minhas raízes e dizer que vidas negras importam e a gente luta e precisa viver”, declarou o estudante.