Fiern promove demissão de 63 funcionários para reduzir despesas gerais

Agora RN

Foto: Divulgação

A Federação das Indústrias do Rio Grande do Norte (Fiern) promover a demissão de 63 pessoas. A redução do quadro de funcionários teve início na última segunda-feira, 29, como forma de reduzir as despesas gerais da instituição.

O corte atingiu 9,7% dos 649 funcionários da Fiern. As reduções atingiram o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), o Instituto Euvaldo Lodi (IEL) e o Serviço Social da Indústria (Sesi). As áreas mais afetadas foram as do serviço jurídico e de comunicação.

Segundo a instituição, 21 dos 63 demitidos acataram uma consulta pública, realizada ainda em julho passado, para a demissão voluntária.

Em 2015, de acordo com dados da própria Fiern, os gastos com pessoal somaram R$ 2,2 milhões. Este é o último relatório publicado no endereço eletrônico da entidade. No período anterior, em 2014, o gasto com os funcionários somou R$ 2 milhões.