Fecomércio RN lança projeto para fortalecer comércio do Alecrim e Cidade Alta

A Fecomércio RN fez o lançamento do projeto de Ecossistemas de Competitividade e Inovação em Comércio e Serviços (ECICS) para os bairros do Alecrim e Cidade Alta. Os momentos fazem parte da Semana do Comércio 2022, com ações previstas até esta sexta-feira (22). A primeira entrega do ECICS para os dois bairros comerciais foram as pesquisas sobre hábitos de consumo e opinião dos empresários, ouvindo consumidores e empreendedores no início do mês de julho.

 

Os números foram levantados pelo Instituto Fecomércio Rio Grande do Norte e apresentados durante o lançamento do nesta semana. De acordo com o IF RN, no Alecrim, circulam nas mais de 5 mil empresas, 3,1 milhões de pessoas por mês. O bairro é responsável por 25 mil empregos diretos. O gasto médio é de R$ 186,25.

 

A maioria dos consumidores que frequentam o bairro são da zona Leste (26,5%) e Norte (25,5%), dos quais 76,7% utilizam o comércio e os serviços do Alecrim como primeira opção. O dia de maior movimentação para o consumo é o sábado (33,3%), onde se buscam peças de vestuário (66,3%), calçados e acessórios (38%) e alimentação (27,5%).

 

O maior motivo de comprar no Alecrim para 54,2% dos entrevistados é o preço e 79,3% pesquisam os valores antes de efetuar a compra.

 

Na Cidade Alta, as mais de 2,6 mil empresas instaladas no são responsáveis por 13 mil empregos diretos. No bairro, circulam 1,5 milhão de pessoas por mês que gastam, em média, R$ 149,33.

 

Os consumidores da zona Norte da capital são os que mais frequentam a Cidade Alta, com 42%, e tem como sábado o dia preferido para a compra (30%). O principal meio de transporte para fazer compras (67,7%) e ir ao trabalho (58%) é o ônibus (52,8%).

 

Para os dois bairros, tanto os empresários como os consumidores apontam como principais problemas o estacionamento e a segurança pública.

 

Os dados foram apresentados pelo diretor de Inovação e Competitividade da Fecomércio RN, Luciano Kleiber. “O trabalho do ECICS nesses dois bairros tende a ter efeitos positivos e muito grandiosos na circulação do comércio como um todo. Avaliamos os números levantados pelas nossas pesquisas de forma muito positiva. Também estamos identificando problemas históricos e começando a aprofundar tecnicamente os debates em torno desses problemas como, por exemplo, a questão dos estacionamentos, para então levá-los ao poder público e articular soluções viáveis”, afirmou.

 

ECICS 

 

Além das entregas das duas pesquisas para cada um dos bairros comerciais, o ECICS irá oferecer produtos, serviços e ações da Fecomércio, Sesc e Senac Rio Grande do Norte aos empresários e trabalhadores do comércio.

 

Do portfólio do Senac RN, serão disponibilizadas vagas para cursos gratuitos de Ferramentas de Marketing Digital, Excel, Gerência de Loja, Formação de preços de Venda e Comunicação e Vendas.

 

Já o Sesc, voltado a saúde e bem estar do colaborador, terá ações de ginástica laboral, aulões de dança, funcional e grupos de corrida, palestras e ações educativas em saúde, e a credencial do Sesc que permite acesso a clínica odontológica, escola e restaurante.

 

Depois de três meses de projeto, a Fecomércio fará novas pesquisas de mercado com consumidores e empresários, além de oferecer serviços como valor diferenciado em Certificação Digital e aproximar de parceiros como Banco do Brasil, Sicoob, Associação Potiguar de Energias Renováveis e do Sindicato dos Corretores de Seguros do RN.

 

“Após o sucesso que tivemos com o projeto-piloto em Pajuçara, sentimos a necessidade de implantar nos principais polos comerciais do nosso estado. Esse foi o primeiro passo, traçamos o diagnóstico do comércio no Alecrim e na Cidade Alta e já apresentamos algumas das soluções. Vamos buscar também o poder público, apresentar os pleitos. É um trabalho de apoio perene. Mas ressalto que o sucesso do ECICS depende dos empreendedores, da adesão às nossas ações. Precisamos do apoio e engajamento de todos”, reforçou o presidente do Sistema Fecomércio RN, Marcelo Queiroz.

 

O presidente da Associação dos Empresários do Bairro do Alecrim (AEBA), Matheus Feitosa, ficou entusiasmado com os números apresentados e afirmou que o ECICS será importante para aqueles que fazem o comércio no bairro. “Agradeço a atenção da Fecomércio, Sesc e Senac e o ECICS será muito importante, com as capacitações, os serviços oferecidos. Peço aos empresários para fazermos isso juntos, convocar outros empreendedores, trabalhadores para ajudar a AEBA e o Alecrim”, disse.

 

Para o presidente da Associação Viva o Centro, Rodrigo Vasconcelos, as inciativas chegam em boa hora. “Estamos trabalhando uma nova reformulação, tentando atrair novos empreendedores para o Centro de Natal. Esse ano será o ano da virada e esta é a oportunidade perfeita para pegarmos essas pesquisas desenvolvidas pela Fecomércio, estudá-las e, com isso, mostrar aos empreendedores o direcionamento que deve ser feito nos seus comércios e estabelecimentos. É hora de arregaçar as mangas e, conjuntamente, trabalharmos pelo desenvolvimento do comércio local”.

 

Semana do Comércio 

 

A Semana do Comércio 2022 teve início na segunda-feira (18), com a realização de capacitações gratuitas oferecidas pelo Senac RN, que já contaram com mais de 200 inscritos.

 

O Sistema Fecomércio, por meio do Sesc, também é patrocinador do Projeto Seis em Meia, nesta quarta-feira (20). Neste mês, o show com Joanna e a cantora e atriz potiguar Clara Menezes, integra a programação do evento.

 

Os detalhes da programação estão disponíveis no site Página principal – Fecomércio RN (fecomerciorn.com.br). 21