“O artista não vive apenas de aplausos…”

A noite maior da cultura potiguar foi de agradecimentos, emoções e cobranças para o jornalista Toinho Silveira, diretor geral do evento. Na tribuna, Toinho cobrou uma participação mais efetiva dos nossos governantes, com relação a cultura local. “O artista não vive apenas de aplausos. Precisamos ver o artesanato como um negócio lucrativo, vê-lo de maneira lúdica, mostrado apenas em feirinhas e estampa em panos de pratos, é um dos erros cometidos pela falta de uma política que fomente a cultura. Os nossos artistas, exigem respeito”, disse Toinho.

ats

Agradecimentos e cobranças pontuaram a fala de Toinho Silveira

{module Banners Entre Notas|none}

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.