Rio Grande do Norte terá R$ 3 milhões para investir no PAA Compra Direta

O Rio Grande do Norte vai dispor de R$ 3 milhões para executar o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) – Compra Direta com Doação Simultânea. Os recursos são provenientes do Ministério da Cidadania e executados no estado pela Emater-RN, que começará esse trabalho no dia 18 de maio.

Com esse montante, serão beneficiados 1.053 agricultores familiares, que fornecerão ao Governo do Estado alimentos como frutas, hortaliças, legumes, derivados do leite, bolos, doces, e outros itens. A expectativa é adquirir 604 mil quilos de alimentos.

Em função da pandemia do novo coronavírus, a entrega dos alimentos será concentrada prioritariamente nos Centros de Referência em Assistência Social (Cras) e nas escolas estaduais presentes nos municípios. Esses locais distribuirão os alimentos aos usuários na forma de kits.

O PAA Compra Direta tem o apoio das prefeituras municipais e beneficiará este ano 215 mil pessoas assistidas por instituições sociais como hospitais, creches e asilos. O beneficiário fornecedor (agricultor familiar) recebe o seu o pagamento diretamente do Governo Federal, através de conta no Banco do Brasil, de acordo com o total fornecido, com a comprovação da entrega dos alimentos, na quantidade e qualidade previstas.