Cantora Leila Pinheiro se apresenta no projeto Seis & Meia dia 05 de Outubro

No dia 05 de outubro a cantora Leila Pinheiro volta aos palcos do Projeto Seis e Meia. Intérprete de repertório vasto, a cantora, pianista e compositora, Leila Pinheiro, vem tocando e cantando, em seus 41 anos de carreira, o riquíssimo e infinito cancioneiro brasileiro através de seus incontáveis e geniais compositores e poetas. Para abrir a noite, o cantor, compositor e violonista Erick von Sohsten se apresenta no projeto. Durante os dois anos afastada dos palcos pela pandemia, Leila realizou inúmeras lives transmitidas do seu estúdio em casa, de diferentes repertórios preparados especialmente para cada encontro.

Pérolas como Vitrines, Um dia, um Adeus, O que é o que é e Cavalgada, todas cabem nesse encontro vigoroso e íntimo da voz e piano de Leila Pinheiro com a musicalidade e talento do músico petropolitano, João Felippe, em participação especial no cavaco de 5 cordas e na guitarra baiana.

Duração: 180 minutos.
Classificação: 12 anos.

Quando: 05 de Outubro de 2022, às 19:00

Ingressos a partir de R$ 30,00

Local: Teatro Riachuelo

Vendas: AQUI

Sandy chega a Natal com o show “Nós, Voz, Eles 2” no próximo domingo, 09

A cantora Sandy já voltou aos palcos com o seu novo show “Nós, Voz, Eles 2”. Uma agenda foi especialmente desenhada para contemplar diversas regiões do país. “Tudo está sendo produzido com muito carinho. Afinal, meus fãs merecem toda dedicação e capricho pra este nosso reencontro ao vivo”, comemora Sandy, que está longe dos palcos desde 2019, quando apresentou ao lado do irmão, Junior Lima, a turnê comemorativa “Nossa História”, considerada uma das maiores do show business mundial.

Alguns dos sucessos que vão estar no show: “Me Espera”, “Aquela dos 30”, “Pra Me Refazer”, “Respirar”,”Eu Só Preciso Ser”, “Pés Cansados”, entre outros.

Quando: 09 de Outubro de 2022, às 20:00

Onde: Teatro Riachuelo

Ingressos a partir de R$ 190,00. Você pode comprar AQUI.

 

Orquestra Sinfônica do RN e Quinteto Violado realizam hoje concerto dos Mártires

Um concerto especial marca a celebração dos Mártires de Cunhaú e Uruaçu nesta segunda-feira, 03. A Orquestra Sinfônica do RN e o Quinteto Violado, um dos grandes grupos musicais da história da MPB, apresentam o espetáculo “Quinteto Sinfônico “a partir das 16h na Capela dos Mártires de Cunhaú e Uruaçu em São Gonçalo do Amarante. A entrada é franca.

O concerto, promovido pela Fundação José Augusto, será uma homenagem especial ao ex-deputado federal e ex-secretário de Educação do RN João Faustino Ferreira Neto, criador da Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte, através do Decreto nº 6874 de março de 1976, assinado pelo então Governador Tarcísio Maia.

O concerto “Quinteto Violado Sinfônico” mistura reportório popular ao erudito, retratando histórias e músicas marcantes ao longo da sua trajetória, transpondo para a partitura os arranjos musicais do grupo. Reúne o clássico ao cancioneiro popular com elementos do Teatro e da Literatura de Cordel com frevos, cirandas, maracatus, folguedos e baiões.               

Sob a regência do maestro Linus Lerner, a Orquestra Sinfônica do RN acompanhará o grupo pernambucano Quinteto Violado que  conta em sua discografia com mais de 56 obras gravadas entre LPs, CDs, DVDs, além de três livros e turnês internacionais pela Europa, EUA, Ásia e América Latina. O grupo recebeu o Prêmio da Música Brasileira, a Ordem do Mérito Cultural e a indicação ao Latin Grammy. 

Repertório

O repertório do concerto apresenta peças como “Tempo”, “Forró de Dominguinhos”, “Sete Meninas”, “Cavalo Marinho”, “Quero Mais”, “Noticias do Brasil”, “Disparada”, “Pra não dizer que não falei de flores”, “Festa de Sant’Ana”, “Relógio”, “Caixinha”, “Pião”, “Asa Branca” e “Algodão”.

Após o concerto, a partir das 18h, será celebrada a Missa dos Santos Mártires de Cunhaú e Uruaçu pelo arcebispo Dom Jaime Vieira Rocha e pelo padre Antônio Murilo de Paiva.

 

“Quinteto Violado Sinfônico”

Orquestra Sinfônica do RN e Quinteto Violado

Data: 3/10

Horário:16h

Local: na Capela dos Mártires de Cunhaú e Uruaçu – São Gonçalo do Amarante

Entrada franca

Outubro Rosa: Liga Contra o Câncer chama atenção para diagnóstico precoce do câncer de mama

Durante todo o mês de outubro, a Liga Contra o Câncer se veste de rosa e intensifica as ações de conscientização para o combate ao câncer de mama. “O Outubro Rosa vem para alertar e conscientizar as mulheres a importância de diagnosticar o câncer de mama precocemente, realizando visitas regulares ao médico, exames preventivos e adoção de atividades físicas e alimentação saudável. Quanto antes isso for feito, melhor para a saúde da mulher”, explica Daniella Gama, mastologista da Liga e presidente da Sociedade Brasileira de Mastologia no Rio Grande do Norte (SBM-RN).

Na última década, o câncer de mama foi o segundo com maior registo de incidência na Liga, atrás apenas do câncer de pele. Entre os anos de 2011 e 2021, a instituição registrou 8.259 casos e, ao final do primeiro ano de tratamento, 5.477 pacientes não tinham mais evidência de tumores, o que reforça a importância de identificar cedo a doença.

Além do diagnóstico e tratamentos específico para os tumores, a Liga possui uma equipe multidisciplinar, garantindo uma atenção completa aos pacientes. Foi o caso de Íris Almeida, que fez todas as etapas do tratamento na instituição. “Em um momento mais difícil da minha vida eu fui tratada por pessoas humanizadas e sensibilizadas com a minha condição, dispostas a me ajudar e a me entender. Contei com um atendimento psicológico de ponta, além de uma nutricionista que me ajudou muito no período das quimioterapias”, afirma.

Íris foi diagnosticada em 2016, quando tinha 40 anos e há um ano havia sentido o primeiro sinal do nódulo durante um autoexame. “Em abril de 2016, minha irmã paterna me informou que estava com câncer de mama. Alí eu tive a certeza de que também estava. No dia 13 de maio veio a confirmação. Um câncer altamente agressivo ao qual eu tive que me submeter a cirurgia, passei por 16 sessões de quimioterapia, 28 sessões de radioterapia e uma cirurgia reparadora na mama esquerda e uma mamoplastia redutora de risco na mama direita”, explica.

Segundo Íris, ela logo procurou conhecer mais a doença para sentir mais confiança durante o tratamento. “A informação me abriu horizontes e me fez ser grata pelo quadro, já que poderia ter sido muito pior”, afirma. Com cautela e seguindo as recomendações médicas, ela buscou viver sua rotina normalmente. “Eu não vivi o tratamento, o tratamento viveu comigo, junto a minha rotina, claro que adaptada, mas a minha rotina”, descreve.

RN deve registrar 1.130 casos em 2022

Para 2022, o INCA estima que o número de casos chegue a 66.280 em todo Brasil, com uma taxa de 61,61 casos para cada 100 mil mulheres. Já no Rio Grande do Norte, a estimativa é de 1.130 casos, com uma taxa bruta de 61,85 casos para cada 100 mil mulheres.

Segundo levantamento do Instituto Nacional do Câncer (INCA), a maioria dos pacientes diagnosticados com câncer de mama têm mais de 50 anos, porém o número de casos de mulheres com menos de 35 vem crescendo a cada ano.

A SBM indica que toda mulher a partir dos 40 anos deve realizar anualmente uma mamografia de rotina. “Já o autoexame deve ser feito em qualquer idade, para a paciente conhecer suas mamas, e identificar alterações que porventura apareçam. Ele deve ser feito sete dias após o início da menstruação. E na menopausa, deve-se escolher um dia por mês para fazê-lo”, afirma Daniella Gama.

Para realizar a mamografia através do SUS, a paciente que reside em Natal deve procurar a Unidade Básica de Saúde do seu bairro, levando solicitação médica, cópia dos documentos, comprovante de residência e cartão SUS. Já quem mora no interior deve buscar a Secretaria de Saúde do seu município.

Estilo de vida e sintomas

Além do histórico familiar, fatores como o sedentarismo, obesidade, consumo de bebidas alcoólicas, menarca precoce e menopausa tardia podem aumentar as chances da doença. Por isso, alguns fatores de proteção são indicados pelos médicos, como praticar atividades físicas, ter uma boa alimentação, amamentar e evitar o uso de hormônios sintéticos podem ajudar a evitar cerca de 30% dos casos de câncer de mama.

Ficar atento a possíveis sinais no corpo e sintomas da doença também ajuda no diagnóstico precoce. Devem ser observados nódulos fixos nas mamas, geralmente indolores; pele da mama avermelhada, retraída ou parecida com uma casca de laranja; alterações no mamilo; pequenos nódulos nas axilas ou pescoço; e saída espontânea de líquido anormal pelos mamilos.

Sobre a Liga

Reconhecida pela democratização do acesso à oncologia de ponta, a Liga é formada atualmente por seis unidades, sendo uma de apoio humanitário: o Centro Avançado de Oncologia (CECAN), Hospital Dr. Luiz Antônio, Policlínica, Hospital de Oncologia do Seridó (em Caicó), o Instituto de Ensino, Pesquisa e Inovação (IEPI) e a Casa de Apoio Irmã Gabriela (unidade de apoio humanitário).

Instituição privada sem fins lucrativos, a Liga realiza por ano quase 1,5 milhão de procedimentos e destina 70% de seu atendimento a pacientes do SUS, como parte de sua missão de levar a melhor assistência oncológica a todos os cidadãos, independente da forma de acesso.

Sesc Rio Branco realiza Ação de Literatura e oficina com o escritor Marcelino Freire esta semana

O Serviço Social do Comércio (Sesc RN) promove entre os dias 4 e 6 de outubro, a partir das 18 horas, na biblioteca da unidade Rio Branco, em Natal, o projeto Ação Sesc Literatura, com programação que contempla a oficina “Breves Narrativas – e Outras Nem Tanto” e o lançamento da Revista Palavra, edição 2022.

A oficina “Breves Narrativas – e Outras Nem Tanto” acontece nos dias 4 e 5 de outubro, com o escritor Marcelino Freire que abordará técnicas narrativas de micro a minicontos, dando dicas de produção textual. O público alvo são amantes da literatura, escritores e estudantes. Para participar precisa ser maior de 16 anos e enviar e-mail (oficinaliteratura@rn.sesc.com.br).

Já no dia 6/10, acontece o lançamento da Revista Palavra Sesc edição 2022, com a participação de Marcelino Freire, Pedro Balduino, Manoel Cavalcante e Regina Azevedo (Mediação). A conteúdo da revista defende que as manifestações literárias surgem como forma privilegiadas de compartilhamento de ideias, com isso, a publicação realizou um esforço conjunto para promoção das diferentes maneiras de produção e circulação de literatura.

Marcelino Freire 

O convidado dessa edição do Ação Sesc Literatura, o escritor Marcelino Freire é natural do Pernambuco, conhecido por suas obras adaptadas ao teatro e sua atuação como professor e produtor cultural. É autor de “Contos Negreiros” (Editora Record, 2005), com o qual foi vencedor do Prêmio Jabuti, também publicado na Argentina e no México. Em 2013 lançou, pela Editora Record, o romance “Nossos Ossos” (Prêmio Machado de Assis), também publicado em Portugal, Argentina e França. É o criador e curador da Balada Literária. Em 2018, lançou o livro “Bagageiro” (Editora José Olympio). Recentemente, também pela José Olympio, foi publicada uma “Seleta” com seus contos preferidos.

Serviço:

O que: Ação Sesc Literatura.

Onde: Biblioteca Sesc Rio Branco (Natal/RN).

Programação: 

  • 4 e 5/10 – Oficina Narrativas Breves – E Outras Nem Tanto: Com Marcelino Freire.
  • 6/10 – Lançamento da Revista Palavra – Participação: Marcelino Freire, Pedro Balduino, Manoel Cavalcante e Regina Azevedo (Mediação).

Inscrições Oficina: oficinaliteratura@rn.sesc.com.br

 

Classificação Etária: +16

Confira o horário de funcionamento do comércio neste Feriado dos Mártires

Nesta segunda-feira 03 de outubro o comércio de rua da capital potiguar estará fechado, e os shopping funcionarão em horário de domingo em razão do feriado estadual dos Mártires de Cunhaú e Uruaçu. Os bancos estarão fechados e os supermercados funcionarão em horário normal

A Câmara de Dirigentes Lojistas de Natal – CDL Natal informa o horário de funcionamento dos principais estabelecimentos comerciais no feriado. Confira.

Comércio de RuaAlecrim: FechadoCentro da Cidade: FechadoZona Norte: FechadoShoppingsShopping 10FechadoMidway Mall:Praça de Alimentação e lazer – 11 às 21hDemais lojas: abertura entre 12 e 15h.Encerramento: 21h.

Natal Shopping:Alimentação: 11h às 22hQuiosques de alimentação: 13h às 21h*Âncoras e Mega Lojas: 12h às 21h*Demais lojas e quiosques: 15h às 21h*Academia Bodytech: 09h às 13hCinema: Conforme ProgramaçãoFechamento facultativo das 20h às 21h, desde que funcione por 6hs corridas.

Praia Shopping:Praça de Alimentação e Lazer: A partir das 11h.Lojas e Quiosques: 15 às 21hCinema conforme a programação

Shopping Cidade Jardim:Praça de Alimentação: Das 14 às 20h.Lojas e Quiosques: 14 às 20h.

Shopping Via Direta:Praça de Alimentação e Lazer: A partir das 11h.Lojas e Quiosques: Abertura facultativa das 14 às 20h.

Partage Norte Shopping NatalLojas e quiosques: 15h às 21hLojas Ancoras e Mega Lojas: Facultativo a partir das 12, e obrigatório das 15 às 21h.Praça de Alimentação/Lazer: 11 às 22hCarrefour: Das 07 às 21h.Smart Fit: Das 08 às 17h.Cinema conforme programação

SupermercadosFuncionamento das 07 às 21hs

Outubro Rosa: Liga Contra o Câncer chama atenção para diagnóstico precoce do câncer de mama

Durante todo o mês de outubro, a Liga Contra o Câncer se veste de rosa e intensifica as ações de conscientização para o combate ao câncer de mama. “O Outubro Rosa vem para alertar e conscientizar as mulheres a importância de diagnosticar o câncer de mama precocemente, realizando visitas regulares ao médico, exames preventivos e adoção de atividades físicas e alimentação saudável. Quanto antes isso for feito, melhor para a saúde da mulher”, explica Daniella Gama, mastologista da Liga e presidente da Sociedade Brasileira de Mastologia no Rio Grande do Norte (SBM-RN).

Na última década, o câncer de mama foi o segundo com maior registo de incidência na Liga, atrás apenas do câncer de pele. Entre os anos de 2011 e 2021, a instituição registrou 8.259 casos e, ao final do primeiro ano de tratamento, 5.477 pacientes não tinham mais evidência de tumores, o que reforça a importância de identificar cedo a doença.

Além do diagnóstico e tratamentos específico para os tumores, a Liga possui uma equipe multidisciplinar, garantindo uma atenção completa aos pacientes. Foi o caso de Íris Almeida, que fez todas as etapas do tratamento na instituição. “Em um momento mais difícil da minha vida eu fui tratada por pessoas humanizadas e sensibilizadas com a minha condição, dispostas a me ajudar e a me entender. Contei com um atendimento psicológico de ponta, além de uma nutricionista que me ajudou muito no período das quimioterapias”, afirma.

Íris foi diagnosticada em 2016, quando tinha 40 anos e há um ano havia sentido o primeiro sinal do nódulo durante um autoexame. “Em abril de 2016, minha irmã paterna me informou que estava com câncer de mama. Alí eu tive a certeza de que também estava. No dia 13 de maio veio a confirmação. Um câncer altamente agressivo ao qual eu tive que me submeter a cirurgia, passei por 16 sessões de quimioterapia, 28 sessões de radioterapia e uma cirurgia reparadora na mama esquerda e uma mamoplastia redutora de risco na mama direita”, explica.

Segundo Íris, ela logo procurou conhecer mais a doença para sentir mais confiança durante o tratamento. “A informação me abriu horizontes e me fez ser grata pelo quadro, já que poderia ter sido muito pior”, afirma. Com cautela e seguindo as recomendações médicas, ela buscou viver sua rotina normalmente. “Eu não vivi o tratamento, o tratamento viveu comigo, junto a minha rotina, claro que adaptada, mas a minha rotina”, descreve.

RN deve registrar 1.130 casos em 2022

Para 2022, o INCA estima que o número de casos chegue a 66.280 em todo Brasil, com uma taxa de 61,61 casos para cada 100 mil mulheres. Já no Rio Grande do Norte, a estimativa é de 1.130 casos, com uma taxa bruta de 61,85 casos para cada 100 mil mulheres.

Segundo levantamento do Instituto Nacional do Câncer (INCA), a maioria dos pacientes diagnosticados com câncer de mama têm mais de 50 anos, porém o número de casos de mulheres com menos de 35 vem crescendo a cada ano.

A SBM indica que toda mulher a partir dos 40 anos deve realizar anualmente uma mamografia de rotina. “Já o autoexame deve ser feito em qualquer idade, para a paciente conhecer suas mamas, e identificar alterações que porventura apareçam. Ele deve ser feito sete dias após o início da menstruação. E na menopausa, deve-se escolher um dia por mês para fazê-lo”, afirma Daniella Gama.

Para realizar a mamografia através do SUS, a paciente que reside em Natal deve procurar a Unidade Básica de Saúde do seu bairro, levando solicitação médica, cópia dos documentos, comprovante de residência e cartão SUS. Já quem mora no interior deve buscar a Secretaria de Saúde do seu município.

Estilo de vida e sintomas

Além do histórico familiar, fatores como o sedentarismo, obesidade, consumo de bebidas alcoólicas, menarca precoce e menopausa tardia podem aumentar as chances da doença. Por isso, alguns fatores de proteção são indicados pelos médicos, como praticar atividades físicas, ter uma boa alimentação, amamentar e evitar o uso de hormônios sintéticos podem ajudar a evitar cerca de 30% dos casos de câncer de mama.

Ficar atento a possíveis sinais no corpo e sintomas da doença também ajuda no diagnóstico precoce. Devem ser observados nódulos fixos nas mamas, geralmente indolores; pele da mama avermelhada, retraída ou parecida com uma casca de laranja; alterações no mamilo; pequenos nódulos nas axilas ou pescoço; e saída espontânea de líquido anormal pelos mamilos.

Sobre a Liga

Reconhecida pela democratização do acesso à oncologia de ponta, a Liga é formada atualmente por seis unidades, sendo uma de apoio humanitário: o Centro Avançado de Oncologia (CECAN), Hospital Dr. Luiz Antônio, Policlínica, Hospital de Oncologia do Seridó (em Caicó), o Instituto de Ensino, Pesquisa e Inovação (IEPI) e a Casa de Apoio Irmã Gabriela (unidade de apoio humanitário).

Instituição privada sem fins lucrativos, a Liga realiza por ano quase 1,5 milhão de procedimentos e destina 70% de seu atendimento a pacientes do SUS, como parte de sua missão de levar a melhor assistência oncológica a todos os cidadãos, independente da forma de acesso.

Sesc Rio Branco realiza Ação de Literatura e oficina com o escritor Marcelino Freire

O Serviço Social do Comércio (Sesc RN) promove entre os dias 4 e 6 de outubro, a partir das 18 horas, na biblioteca da unidade Rio Branco, em Natal, o projeto Ação Sesc Literatura, com programação que contempla a oficina “Breves Narrativas – e Outras Nem Tanto” e o lançamento da Revista Palavra, edição 2022.

A oficina “Breves Narrativas – e Outras Nem Tanto” acontece nos dias 4 e 5 de outubro, com o escritor Marcelino Freire que abordará técnicas narrativas de micro a minicontos, dando dicas de produção textual. O público alvo são amantes da literatura, escritores e estudantes. Para participar precisa ser maior de 16 anos e enviar e-mail (oficinaliteratura@rn.sesc.com.br).

Já no dia 6/10, acontece o lançamento da Revista Palavra Sesc edição 2022, com a participação de Marcelino Freire, Pedro Balduino, Manoel Cavalcante e Regina Azevedo (Mediação). A conteúdo da revista defende que as manifestações literárias surgem como forma privilegiadas de compartilhamento de ideias, com isso, a publicação realizou um esforço conjunto para promoção das diferentes maneiras de produção e circulação de literatura.

Marcelino Freire 

O convidado dessa edição do Ação Sesc Literatura, o escritor Marcelino Freire é natural do Pernambuco, conhecido por suas obras adaptadas ao teatro e sua atuação como professor e produtor cultural. É autor de “Contos Negreiros” (Editora Record, 2005), com o qual foi vencedor do Prêmio Jabuti, também publicado na Argentina e no México. Em 2013 lançou, pela Editora Record, o romance “Nossos Ossos” (Prêmio Machado de Assis), também publicado em Portugal, Argentina e França. É o criador e curador da Balada Literária. Em 2018, lançou o livro “Bagageiro” (Editora José Olympio). Recentemente, também pela José Olympio, foi publicada uma “Seleta” com seus contos preferidos.

Serviço:

O que: Ação Sesc Literatura.

Onde: Biblioteca Sesc Rio Branco (Natal/RN).

Programação: 

  • 4 e 5/10 – Oficina Narrativas Breves – E Outras Nem Tanto: Com Marcelino Freire.
  • 6/10 – Lançamento da Revista Palavra – Participação: Marcelino Freire, Pedro Balduino, Manoel Cavalcante e Regina Azevedo (Mediação).

Inscrições Oficina: oficinaliteratura@rn.sesc.com.br

 

Classificação Etária: +16

Orquestra Sinfônica do RN e Quinteto Violado realizam concerto no feriado dos Mártires

Um concerto especial marca a celebração dos Mártires de Cunhaú e Uruaçu na próxima segunda-feira (3/10). A Orquestra Sinfônica do RN e o Quinteto Violado, um dos grandes grupos musicais da história da MPB, apresentam o espetáculo “Quinteto Sinfônico “a partir das 16h na Capela dos Mártires de Cunhaú e Uruaçu em São Gonçalo do Amarante. A entrada é franca.

O concerto, promovido pela Fundação José Augusto, será uma homenagem especial ao ex-deputado federal e ex-secretário de Educação do RN João Faustino Ferreira Neto, criador da Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte, através do Decreto nº 6874 de março de 1976, assinado pelo então Governador Tarcísio Maia.

O concerto “Quinteto Violado Sinfônico” mistura reportório popular ao erudito, retratando histórias e músicas marcantes ao longo da sua trajetória, transpondo para a partitura os arranjos musicais do grupo. Reúne o clássico ao cancioneiro popular com elementos do Teatro e da Literatura de Cordel com frevos, cirandas, maracatus, folguedos e baiões.               

Sob a regência do maestro Linus Lerner, a Orquestra Sinfônica do RN acompanhará o grupo pernambucano Quinteto Violado que  conta em sua discografia com mais de 56 obras gravadas entre LPs, CDs, DVDs, além de três livros e turnês internacionais pela Europa, EUA, Ásia e América Latina. O grupo recebeu o Prêmio da Música Brasileira, a Ordem do Mérito Cultural e a indicação ao Latin Grammy. 

Repertório

O repertório do concerto apresenta peças como “Tempo”, “Forró de Dominguinhos”, “Sete Meninas”, “Cavalo Marinho”, “Quero Mais”, “Noticias do Brasil”, “Disparada”, “Pra não dizer que não falei de flores”, “Festa de Sant’Ana”, “Relógio”, “Caixinha”, “Pião”, “Asa Branca” e “Algodão”.

Após o concerto, a partir das 18h, será celebrada a Missa dos Santos Mártires de Cunhaú e Uruaçu pelo arcebispo Dom Jaime Vieira Rocha e pelo padre Antônio Murilo de Paiva.

 

“Quinteto Violado Sinfônico”

Orquestra Sinfônica do RN e Quinteto Violado

Data: 3/10

Horário:16h

Local: na Capela dos Mártires de Cunhaú e Uruaçu – São Gonçalo do Amarante

Entrada franca

Com produção do Grupo Carmin, Projeto Palco Natal “A Invenção do Nordeste” acontece no dia 23 de outubro

Vencedor do Prêmio Shell de Melhor Dramaturgia e do Cesgranrio de Melhor Espetáculo, entre outros, o espetáculo “A Invenção do Nordeste” aborda o surgimento e a trajetória histórica da região nordeste, propondo a desconstrução da imagem estereotipada do nordestino. Com produção da Jorge Elali Produções, a consagrada produção potiguar, do Grupo Carmin, chega ao palco do Teatro Riachuelo no dia 23 de outubro.

Motivada por reações xenófobas, manifestadas na internet durante as eleições de 2014, a atriz e diretora Quitéria Kelly encontra, na obra de Durval Muniz de Albuquerque Júnior – “A Invenção do Nordeste e Outras Artes” – um ponto de partida para refletir as divisões sociais brasileiras. Durante a pesquisa, o Carmin mergulhou nos mecanismos estéticos, históricos e culturais que contribuíram para a formação de uma visão reducionista do Nordeste brasileiro. A partir daí, Pablo Capistrano e Henrique Fontes escreveram uma auto ficção onde um diretor é contratado por uma grande produtora de fora do Nordeste para preparar dois atores norte-rio-grandenses na disputa pelo papel de um personagem nordestino. Durante a preparação, a identidade nordestina entra em cheque, os atores refletem sobre sua identidade, cultura, história pessoal e descobrem que ser e viver um personagem nordestino não é tarefa simples. Afinal, existiria apenas uma identidade nordestina?

Quando: 23/10/22

Onde: Teatro Riachuelo Natal

Compra de ingressos: AQUI