Após cirurgia, Bolsonaro chega a Brasília e diz que reassume Presidência nesta terça

G1

O presidente Jair Bolsonaro foi representado pelo vice-presidente Hamilton Mourão Foto: Alan Santos/Presidência
Foto: Alan Santos/Presidência

O presidente Jair Bolsonaro desembarcou em Brasília na tarde desta segunda-feira (16), oito dias depois de passar por uma cirurgia para corrigir uma hérnia. O procedimento foi realizado no Hospital Vila Nova Star, onde o presidente ficou internado.

Ao chegar no Palácio da Alvorada, Bolsonaro falou brevemente com os jornalistas e afirmou que reassume a presidência já nesta terça-feira (17). Mais cedo, o Planalto chegou a informar que o vice-presidente Hamilton Mourão permaneceria à frente do governo de forma interina até quarta (18).

A alta hospitalar e o retorno de Bolsonaro a Brasília foram anunciados mais cedo pelo Palácio do Planalto. O presidente deixou o hospital e embarcou para Brasília à tarde.

Bolsonaro passou pela cirurgia de correção de uma hérnia no dia 8 de setembro. O presidente foi submetido à quarta operação desde a facada sofrida no abdômen durante a campanha eleitoral de 2018.

A equipe médica que tratou de Bolsonaro o autorizou a dar continuidade à recuperação da nova cirurgia em casa. Ele desembarcou na base aérea de Brasília e seguiu para o Palácio da Alvorada, residência oficial da Presidência.

Na próxima sexta-feira (20) a equipe do Hospital Vila Nova Star deverá reavaliar Bolsonaro em um centro médico de Brasília. A avaliação precederá a viagem a Nova York, onde o presidente discursará pela primeira vez na assembleia-geral da Organização das Nações Unidas (ONU).

Por recomendação médica, Bolsonaro adiou de domingo (22) para segunda (23) a viagem, já que o discurso na abertura da sessão está previsto para terça-feira (24). Tradicionalmente cabe ao representante do Brasil abrir os debates da assembleia-geral.

Após discursar no evento, Bolsonaro tem previsão de seguir para o Texas, onde se encontrará com representantes do setor industrial, empresários e militares americanos. O retorno ao Brasil deverá ocorrer na quarta (25).