Skip to main content

COVID: RN possui 105 leitos críticos e 161 leitos clínicos disponíveis

COVID: RN possui 105 leitos críticos e 161 leitos clínicos disponíveis

O RN permanece com fila zerada de pacientes para UTI Covid conforme levantamento feito por volta das 14h00 desta segunda-feira (28). Neste período, havia um (01) paciente com perfil para leitos críticos na lista de regulação e nenhum aguardava avaliação. Foram registrados disponíveis 105 leitos críticos e outros 161, sendo clínicos.

Fonte: Blog do BG

Prefeitura de Parnamirim: Pacientes das unidades básicas de saúde já podem sair com consulta para especialistas marcada 

Pacientes das unidades básicas de saúde já podem sair com consulta para especialistas marcada

A Central de Regulação de Exames e Consultas de Parnamirim informa que a partir desta quinta-feira (24), os pacientes já podem sair de qualquer Unidade Básica de Saúde que tenha acesso ao Sistema Nacional de Regulação- SISREG, com consulta marcada em nove especialidades.

O feito se dá devido a redução das filas de espera e uma melhoria no sistema que faz com que o usuário, após ser consultado e ser encaminhado para alguma especialidade, já possa autorizar a solicitação na própria unidade de saúde.

A autorização já é possível ser feita nas seguintes especialidades: dermatologia, cirurgião vascular, cirurgião geral, ortopedista, gastroenterologista, mastologista, ginecologista, ginecologia pediátrica e nefrologista.

Para mais informações, a Central de Regulação de Exames e Consultas de Parnamirim é localizada na Avenida Senador João Câmara, 137, próximo ao Basílio’s Colégio e Curso, no centro da cidade, com horário de funcionamento das 8h às 15h, de segunda à sexta, ou pelo contato 3644-8217.

Prefeitura de Natal: Prefeitura manifesta pesar pelo falecimento da mãe do prefeito Álvaro Dias

Prefeitura manifesta pesar pelo falecimento da mãe do prefeito Álvaro Dias


Crédito: Foto: Secom
Prefeitura manifesta pesar pelo falecimento da mãe do prefeito Álvaro Dias
Servidores se solidarizam com o prefeito e toda a família

A Prefeitura Municipal do Natal, ao mesmo tempo em que comunica o falecimento na noite deste sábado (26) da senhora Cleonice Costa Dias, mãe do prefeito Álvaro Dias, solidariza-se, através de seus servidores, com todos os familiares e amigos.

 

Viúva do ex-deputado Adjuto Dias, dona Cleonice tinha 86 anos e vinha travando uma batalha contra os problemas decorrentes da Covid-19. Alem do prefeito Álvaro Dias, manifestamos total solidariedade aos demais filhos: conselheiro do TCE, Renato Dias,  Débora Dias, Anselmo, Beto, Andréa, Adriana, e ao neto Adjuto Dias, secretário municipal de Trabalho e de Assistência Social

Governo do RN: Novas rotas turísticas do RN são conhecidas pela equipe da SETUR e do Idema

Novas rotas turísticas do RN são conhecidas pela equipe da SETUR e do Idema

 

“Do Sertão para o Mar”, assim é denominado o novo polo turístico do Rio Grande do Norte composto por sete municípios da Região Salineira do Estado. A criação da nova região atende a demanda do Programa de Regionalização, por meio do Ministério do Turismo, que organiza os municípios turísticos no Mapa do Turismo Brasileiro.  A partir de agora as cidades de Jandaíra, Galinhos, Guamaré, Macau, Pendências, Alto do Rodrigues e Carnaubais – unem-se com objetivo de discutir, compreender e divulgar o turismo na região e, principalmente, entender as funções da Reserva Ponta do Tubarão como área de desenvolvimento sustentável.

Durante três dias, de terça (23) a quinta-feira (25), representantes da Secretaria Estadual de Turismo (Setur) e do Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema) estiveram em visitas técnicas nas cidades de Jandaíra, Macau e Guamaré para conhecer os atrativos turísticos e ambientais das localidades. A comitiva de turismo do Governo do Estado foi coordenada pela Secretária de Estado do Turismo, Ana Costa, com a participação do diretor-geral do Idema, Leon Aguiar. A visita técnica foi uma proposição dos municípios que integram o novo polo turístico, representado pelas lideranças municipais Tânia Fonseca e Carlos Gustavo Lima de Souza, presidente interina e vice-presidente da IGR “Do sertão para o Mar”.

O primeiro destino visitado foi a cidade de Jandaíra, na tarde da terça-feira (23), onde os gestores foram recepcionados por representantes dos sete municípios da IGR do Sertão para o Mar, na Associação de Jovens Agroecologistas Amigos do Cabeço (JOCA). A visita técnica oficializou, junto a Setur, a criação da primeira Instância de Governança Regional-IGR. A IGR do Sertão para o Mar é um modelo de gestão descentralizada do turismo que proporciona alternativas de desenvolvimento, de acordo com as especificidades de cada município.

Na ocasião, os gestores estaduais conheceram as ações na área de turismo sustentável da região. Os representantes das secretarias de turismo e de meio ambiente dos municípios apresentaram diversos roteiros, e entre os destaques, estiveram as belezas cênicas das praias de Galinhos, o Museu de Carnaubais, o turismo de eventos de Alto do Rodrigues e Pendências, o Meliponário desenvolvido pelas famílias locais com o JOCA e em parceria com o Sebrae, as Cavernas e Grutas, em Jandaíra.

Segundo a secretária de Turismo, Ana Costa, a visita técnica dará subsídios para uma futura divulgação das novas rotas turísticas para o Rio Grande do Norte. “Nossa vinda em conjunto com o Idema é estratégica para gestão do turismo do Estado, pois somos privilegiados geograficamente pelos encantos ambientais que temos em nosso território. É preciso zelar por esta riqueza. A visão do governo da professora Fátima é pautar a geração de renda com desenvolvimento sustentável e aqui estamos verificando in loco o que pode ser adotado na cadeia do turismo e que respeite o meio ambiente”, explicou.

Na segunda visita técnica no Novo Polo Turístico do Sertão para o Mar, os gestores do Idema e da Setur participaram da experiência turística pela Gamboa do Camurupim, no município de Macau/RN. “É aqui onde o Sertão de fato encontra o mar. É o encontro da Caatinga com o Mangue. A experiência turística do grupo D’adventure, une o turismo sustentável que respeita o meio ambiente, incluindo a história, a culinária e a música instrumental de qualidade”, apresentou Daybson Samid.

O eco passeio de canoa e caiaques pelos mangues e gamboas de Macau, no Rio Grande do Norte é uma oportunidade única de conhecer de perto o ecossistema de transição chamado manguezal. Outros pontos visitados foram a empresa Lavi, que desenvolve larvas para o cultivo de camarão, as obras do Recinto de Aclimatação e Programa de Soltura e Monitoramento de Peixes-bois Marinhos, do Projeto Cetáceos Costa Branca da UERN (PCCB/UERN) e a sede do Ecoposto da RDS Ponta do Tubarão.

“A Região Salineira tem muitas potencialidades para consolidar o turismo ecológico das cidades inseridas na IGR – Do Sertão para o Mar. O Idema gerencia a Reserva de Desenvolvimento Sustentável, que compreende uma área de quase 13 mil hectares entre os municípios de Macau e Guamaré, e podemos constatar que é um patrimônio ambiental bem conservado, rico em biodiversidade e belezas cênicas que podem sim conviver com as atividades de ecoturismo”, destacou o diretor-geral do Idema, Leon Aguiar.

Um dos pontos a serem observados no diagnóstico do Idema é a participação da população local, em parceira com poderes públicos, com o objetivo de gerar os atrativos pautados na conservação ambiental e no turismo de experiência. “A presença das representações populares no Conselho Gestor da RDS Ponta do Tubarão é o fórum indicado para recepcionar demandas e debater soluções para uma ocupação adequada”, completou Aguiar.

Encerrando a série de visitas técnicas conjuntas entre Idema e Secretaria de Turismo, na Região Salineira do Estado, a cidade de Guamaré apresentou suas potencialidades e projetos. A secretária de Turismo, Ana Costa, e o diretor-geral do Idema, Leon Aguiar, foram recebidos pelo prefeito Artur Teixeira. Os gestores conheceram, juntamente com as equipes técnicas, as praias do Queimado, Minhoto, Atabaia, Praia do Rio Aratuá, a Trilha da Canoa e o Amaro.

“Para nós que queremos desenvolver o Turismo Responsável em Guamaré com seriedade, o diálogo e o apoio com a Secretaria de Turismo e com o Idema são fundamentais. Queremos que os projetos de infraestrutura turística sejam iniciados brevemente para desenvolver não apenas Guamaré como toda a região”, explica o prefeito de Guamaré, Arthur Teixeira.

Participaram ainda das visitas técnicas, a arquiteta e subcoordenadora de Infraestrutura da Setur, Anna Cecília Guedes; a assessora de comunicação do Idema, Dannyelle Nunes; a Jornalista e a Subcoordenadora de Comunicação, Analice Lima; o supervisor do Núcleo de Gestão de Unidades de Conservação, Rafael Laia e o gestor da RDS Ponta do Tubarão, Ramiro Camacho. A equipe esteve acompanhada da fotógrafa e videomaker Caroline Macedo, que registrou momentos para utilização futura na divulgação do projeto do turismo estadual

Agência Brasil explica como regularizar o título de eleitor

Agência Brasil explica como regularizar o título de eleitor

A partir de 4 de maio, cadastro eleitoral será fechado

Os eleitores que pretendem votar nas eleições gerais de outubro têm quatro meses para regularizar a situação na Justiça Eleitoral. A partir de 4 de maio, o cadastro eleitoral será fechado e nenhuma alteração poderá ser feita. 

regularização do título de eleitor pode ser feita no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O prazo também vale para quem vai pedir a primeira via do documento para votar pela primeira vez, fazer a transferência de local de votação ou a atualização de dados pessoais.

Para verificar sua situação, o eleitor deve entrar no site do TSE e checar se há algum débito em seu nome pela aplicação de multa por não ter votado em eleições anteriores, caso mais comum de irregularidade.

O voto no Brasil é obrigatório e quem não comparece no dia da eleição paga multa de aproximadamente R$ 3,50 por cada turno se não justificar a falta.

Após fazer o pagamento, por meio da Guia de Recolhimento da União (GRU), é preciso esperar a Justiça Eleitoral identificar o pagamento da multa e baixá-la no sistema, que acusará que o débito foi pago.

O eleitor que estiver com o título cancelado pela ausência consecutiva em três eleições, além de pagar a multa, deverá requerer a revisão do cancelamento ou a transferência de domicílio para ficar em dia com a Justiça Eleitoral.

Regularização

Após checar sua situação e quitar as pendências, o eleitor deve iniciar o processo de regularização por meio do site Títulonet.

Além de preencher os dados pessoais, será solicitada a digitalização dos seguintes documentos: identidade com foto, comprovante de residência, comprovante de pagamento de débitos eleitorais e comprovante de quitação de serviço militar (somente para homens). As imagens devem ser legíveis.

O eleitor também deverá anexar uma selfie no requerimento. Na foto, deverá segurar, ao lado de seu rosto, o documento oficial de identificação, sem o uso de óculos, gorros, bonés, entre outros objetos.

Após o preenchimento de todas as informações, o procedimento de verificação das informações será iniciado. No caso de falta de documentos, a Justiça Eleitoral poderá entrar em contato com o eleitor para pedir a complementação das informações.

Ao final, o pedido de regularização será aceito ou negado pelo juiz eleitoral. O andamento do processo eletrônico também pode ser acompanhado na plataforma.

Transferência

O pedido de transferência do local de votação também pode ser feito pelo site do TSE. A medida se aplica aos brasileiros que mudaram de cidade. Entre as regras, é necessário que o eleitor esteja morando no município há pelo menos três meses.

Quem mora no exterior deve fazer o pedido de transferência na embaixada ou consulado do Brasil. Os brasileiros no exterior só votam para presidente da República.

Vídeo publicado pelo TSE na internet mostra o passo a passo para transferir o título.

O primeiro turno das eleições será realizado no dia 2 de outubro, quando os eleitores vão às urnas para eleger o presidente da República, governadores, senadores, deputados federais, estaduais e distritais. Eventual segundo turno será em 30 de outubro.

Fonte: Agência Brasil

Viúvo de Paulinha Abelha confirma que artista tomava remédio para emagrecer

Viúvo de Paulinha Abelha confirma que artista tomava remédio para emagrecer

Foto: Reprodução

Clevinho Santos, viúvo de Paulinha Abelha, vocalista da banda Calcinha Preta que faleceu na última quarta-feira 23, aos 43 anos, confirmou que a cantora fazia uso de medicamentos para emagrecer. Ele disse que a artista, porém, não tomava anabolizantes.

“Alguns medicamentos de emagrecer às vezes, ela tomava medicamento e treinava, mas nunca tomou nenhum tipo de anabolizante. Os medicamentos que ela sempre tomou foram esses, mais diuréticos. Quase toda semana ela estava tomando, quando tinha show que ela queria ‘dar uma secada’, também esses chás de emagrecer”, contou Clevinho, em entrevista ao Fantástico.

O problema renal que levou Paulinha Abelha à morte ainda é uma incógnita para os médicos. A vocalista do Calcinha Preta morreu em decorrência de um quadro de comprometimento multissistêmico, e a equipe médica da cantora segue a busca por um diagnóstico.

Entre as hipóteses investigadas pelos médicos, está a intoxicação por uso de remédios para emagrecer e diuréticos e uma possível doença autoimune, quando o próprio corpo ataca o sistema imunológico. “Eles [médicos] fizeram todos os exames, eu quero saber o real motivo, o porque tudo isso aconteceu de uma maneira tão rápida”, afirmou.

Casados há quatro anos, Clevinho lamentou não ter realizado o maior desejo desejo do casal, que era ter filhos. “Nosso, maior sonho era ter um filho juntos”. “Muito difícil chegar, ver fotos dela, ver as coisas dela e não ver a presença dela aqui. Eu estou passando por um momento na minha vida que eu nunca imaginei passar.”

Fonte: Blog do BG

CARNAVAL NA PIPA VEM REPLETO DE ATRAÇÕES  

CARNAVAL NA PIPA VEM REPLETO DE ATRAÇÕES

O Carnaval na Pipa terá três dias de muita folia do Rio Grande do Norte e uma das melhores festas do Nordeste, que vai acontecer no Pipa Open Air.

No sábado (26), abertura do carnaval, Henry Freitas e Pettros DJ entram na grade junto com Bell Marques, DJ Dennis e Nattan.

Para o domingo (27) quem chega na programação é Eric Land e Felipe BZ que animam a folia junto com Pedro Sampaio, Raí Saia Rodada e Banda Eva.

E para fechar o melhor carnaval, na segunda-feira (28) Matheus Fernandes e o Baile do ED vão subir ao palco com Xand Avião, Matheus e Kauan e Felipe Amorim.

Com organização da Clap Entretenimento, o Carnaval na Pipa será realizado no espaço montado no Pipa Open Air e segue todos os protocolos estabelecidos pelo decreto estadual em uma grande área aberta e ventilada proporcionando espaço para o distanciamento do público.

Vale ressaltar que é necessário apresentar o certificado de vacinação com o ciclo vacinal atualizado ao chegar na entrada do evento para ter acesso aos shows.

As equipes dos artistas e produção do evento estão devidamente orientadas e testadas contra a Covid-19.

As vendas para o Carnaval na Pipa acontecem nos sites Ticket Simples (www.ticketsimples.com) e Ingresso Prime (www.ingressoprime.com).

Em Natal, as vendas acontecem nas lojas A Graciosa (Midway Mall e Natal Shopping). Já em Recife, os ingressos são encontrados no quiosque que funciona no Shopping RioMar.

Mais informações nos perfis @carnavalnapipa e @maisclap_ no Instagram.

Fonte: Hilneth Correia

Ucrânia liberta presos com experiência militar para lutar contra a Rússia

Presidente ucraniano Volodmir Zelenski diz que decisão foi difícil do ponto de vista moral, mas útil para o combate; condenados poderão se redimir de suas penas

Zelenski diz que 16 crianças foram mortas por russos

Zelenski diz que 16 crianças foram mortas por russos

O presidente da Ucrânia, Volodmir Zelenski, decidiu nesta segunda-feira (28) libertar os presos com experiência militar, para que se juntem à luta contra as forças da Rússia, que lançam ofensiva contra o país desde a semana passada.

“Todos que puderem se unir na luta contra os invasores devem fazê-lo. A decisão não foi fácil do ponto de vista moral, mas útil do ponto de vista da nossa proteção. Sob a lei marcial, os participantes em conflitos, ucranianos com experiência real de combate, serão ex-presos e poderão se redimir de suas condenações nos lugares mais perigosos da guerra. A chave, agora, é a defesa”, afirmou o chefe de Estado.

O anúncio foi feito por Zelenski, por meio de uma nova mensagem de vídeo, em que ainda se dirigiu a toda a população, falando sobre a luta para garantir a soberania e a integridade do país. “Quando me candidatei a presidente, disse que cada um de nós é nosso presidente. Porque todos somos responsáveis pelo nosso Estado, por nossa linda Ucrânia. E, agora, cada um de nós se tornou um combatente”, garantiu.

Zelenski, falando em ucraniano, afirmou que, durante a invasão russa, que foi iniciada quatro dias atrás, 16 crianças morreram e outras 45 ficaram feridas em consequência de bombardeios. Já se manifestando em russo, o presidente se dirigiu aos soldados do país vizinho, pedindo que deixem as tropas e abandonem a Ucrânia. “Já morreram 4.500 soldados russos. Por que vieram aqui? Por que as colunas de seus veículos blindados estão contra nós? Uma vez mais: 4.500 militares russos assassinados. Deixem suas equipes, saiam daqui. Não confiem em seus comandantes, em seus propagandistas. Só a verdade salvará suas vidas”, concluiu.

Em dia de negociações, ataques da Rússia deixam dezenas de mortos na segunda maior cidade da Ucrânia, diz Kiev

Em dia de negociações, ataques da Rússia deixam dezenas de mortos na segunda maior cidade da Ucrânia, diz Kiev

Kiev deseja cessar-fogo imediato e a retirada das tropas invasoras do território ucraniano, mas expectativas são baixas
Um veículo blindado ucraniano BTR-4 destruído em uma área próxima do centro de Kharkiv Foto: SERGEY BOBOK / AFP
Um veículo blindado ucraniano BTR-4 destruído em uma área próxima do centro de Kharkiv Foto: SERGEY BOBOK / AFP

Ataques com foguetes russos mataram dezenas de pessoas e deixaram centenas de feridos na cidade de Kharkiv, no Leste da Ucrânia, a 65 km da fronteira com a Rússia, em um ataque empreendido no mesmo momento em que as negociações de cessar-fogo entre Kiev e Moscou começavam na Bielorrússia.

No quinto dia de combates e um avanço russo mais lento do que muitos esperavam, as tropas russos utilizaram armamentos mais pesados em Karkhiv, no lugar de armas teleguiadas, atingindo inclusive áreas residenciais.

O conselheiro do Ministério do Interior ucraniano, Anton Herashchenko, disse que Kharkiv foi “atacada maciçamente”, deixando “dezenas de mortos e centenas de feridos”.

Os ataques ocorreram quase ao mesmo tempo em que as negociações entre a Ucrânia e a Rússia começavam na região de Gomel, na fronteira da Bielorrússia com a Ucrânia. Às 13h15 do Brasil (18h15 em Minsk), a reunião chegou ao fim. Ainda não há informes sobre resultados.

Em um comunicado, a Ucrânia disse que seu objetivo para as negociações ra um “cessar-fogo imediato e a retirada das tropas russas”. Sua delegação incluiu vários funcionários de alto escalão, mas não o próprio presidente, Volodymyr Zelensky. A delegação foi liderada pelo ministro da Defesa, Oleksiy Reznikov, que viajou acompanhado pelo alto conselheiro da Presidência, Mikhailo Podoliak.

 

Encontro ocorre na Bielorrússia, perto da fronteira, no quinto dia da invasão
Encontro ocorre na Bielorrússia, perto da fronteira, no quinto dia da invasão

O presidente ucraniano declarou ter pouca esperança de que a reunião ponha fim ao conflito, que, segundo o seu governo, já matou mais de 350 civis desde o início da invasão.

Mas, acrescentou, eles devem tentar usar essa chance, mesmo que seja pequena, para que ninguém possa culpar a Ucrânia por não tentar impedir a guerra.

O Kremlin se recusou a comentar sobre seu objetivo nas negociações, mas o negociador russo Vladimir Medinsky disse que a Rússia pretende chegar a um acordo que seja do interesse de ambos os lados.

 

Quando sinalizou aceitar negociações, a Rússia mostrou pouco interesse em diminuir seus ataques. O Kremlin inicialmente impôs a desmilitarização e a “desnazificação” da Ucrânia como condições para um acordo. Moscou argumenta, de modo falso, que o governo ucraniano é composto por nazistas; Zelensky é judeu.

Na prática, essas condições sugeridas por Moscou significariam uma rendição de Kiev.

Um representante de Moscou afirmou que deseja discutir um “acordo” com Kiev durante o diálogo desta segunda-feira.

— Cada hora que o conflito se prolonga, cidadãos e soldados ucranianos morrem. Nós nos propusemos a chegar a um acordo, mas tem que ser do interesse das duas partes — declarou o negociador russo e conselheiro do Kremlin, Vladimir Medinsky.

Os ataques sobre Kharkiv, no entanto, sinalizam que o uso da força permanece como opção preferencial russa.  Vários vídeos postados em redes sociais mostram rodadas de foguetes do que parecem ser ataques de artilharia pesada em áreas civis de Kharkiv com várias baixas civis.

A agência de checagem Bellingcat pôde confirmar, por meio de métodos de georreferenciamento, que uma seção de mísseis de artilharia caiu sobre áreas civis. Testemunhas postaram fotos de um foguete Smerch MLRS em Kharkiv. Este foguete pode transportar munição de cluster, que é banida, por  que pode carregar munições de cluster (bombas de fragmentação).

Estes explosivos liberam uma grande quantidade de projéteis ou fragmentos menores lançados em todas as direções em alta velocidade, com a finalidade de causar grande número de vítima.

Há também vídeos de cadáveres na cidade, e de pessoas com membros mutilados. Em outra imagem, um enorme míssil está no meio de uma casa.]

Respondendo a uma ordem de Putin da véspera, o Ministério da Defesa da Rússia anunciou que suas armas atômicas foram postas em estado de alerta elevado.

Após um referendo no domingo — embora não haja um sistema eleitoral independente no país, onde há uma ditadura sob a influência de Moscou —, a Bielorrússia aprovou reformas constitucionais que incluem abandono de status de país não nuclear. O país, onde as negociações acontecem, é uma forte aliada russa e se tornou uma plataforma de lançamento dos soldados russos que invadem a Ucrânia.

Além de Kharkiv, o Exército ucraniano e cidadãos voluntários lutam para repelir avanços russos em várias cidades pelo quinto dia de batalhas.

O Ministério da Defesa da Rússia disse que suas forças tomaram as cidades de Berdyansk e Enerhodar, na região de Zaporizhzhya, no Sudeste da Ucrânia, bem como a área ao redor da usina nuclear de Zaporizhzhya, informou a Interfax. As operações da planta continuam normalmente, disse.

A Ucrânia negou que a usina nuclear tenha caído em mãos russas, segundo a agência de notícias.

Houve combates ao redor da cidade portuária ucraniana de Mariupol durante toda a noite, disse Pavlo Kyrylenko, chefe da administração regional de Donetsk, na televisão na segunda-feira. Ele não disse se as forças russas ganharam ou perderam terreno ou forneceu números de baixas. Agências russas dizem que a cidade está cercada.

Na capital Kiev explosões foram ouvidas antes do amanhecer na capital. Tropas da Chechênia se concentram a cerca de 30km do norte cidade, e o Exército russo parece concentrar forças para uma ofensiva.

As forças ucranianas, agora recebendo o tipo de assistência militar do exterior que seu líder pede desde antes da invasão,  tem representado mais resistência do que o Exército russo parecia esperar, apesar de estarem em desvantagem em termos de soldados e de equipamentos.

A resposta liderada pelo Ocidente à invasão foi abrangente, com sanções que efetivamente cortaram as principais instituições financeiras de Moscou de sucessivos mercados ocidentais, fazendo com que o rublo da Rússia caísse 30% em relação ao dólar nesta segunda-feira.

Fonte: O Globo

G1: Após 5 dias, brasileiro consegue fugir da Ucrânia pela Hungria: ‘Nem parece que é verdade


Edson Fernando, de 23 anos (ajoelhado) conseguiu sair da Ucrânia com outros brasileiros — Foto: Redes sociais

Edson Fernando, de 23 anos (ajoelhado) conseguiu sair da Ucrânia com outros brasileiros — Foto: Redes sociais

Após cinco dias de tentativas frustradas, o jogador de futebol Edson Fernando, de 23 anos, conseguiu sair da Ucrânia nesta segunda-feira (28), após atravessar a fronteira do país com a Hungria. O potiguar e mais dois amigos contaram com a ajuda de uma rede de brasileiros que moram na Europa e se mobilizaram para resgatar compatriotas.

“Nem parece que é verdade. Fica aqui a torcida para as pessoas que não conseguiram sair da Ucrânia, que possam sair o mais rápido possível. Oremos pela paz na Ucrânia”, publicou Edson por volta das 7h desta segunda (28).

De acordo com ele, agora o grupo deve ser alimentar e descansar um pouco, antes de seguir até a capital da Hungria, Budapeste, de onde pretende pegar um avião para o Brasil.

Edson deixou a cidade de Lviv, no Oeste da Ucrânia, ao lado do companheiro de equipe, Talles Brener, e Jéssika Ariani, namorada de Talles. Os três buscavam juntos uma solução para chegar à Polônia e retornar ao Brasil o quanto antes.

Porém, após percorrer parte do percurso a pé, os brasileiros foram barrados várias vezes na fila para imigração para a Polônia.

“Só nós sabemos o que estamos passando esses dias aqui, cada humilhação, desaforo, nãos que a gente vem tomando”, disse Edson no início da manhã de domingo (27). Na ocasião, o jogador do Rukh Lviv afirmou estava há dias “sem sequer tirar o tênis do pé”.

Jogador de futebol Edson Fernando antes de conseguir deixar a Ucrânia — Foto: Reprodução

Jogador de futebol Edson Fernando antes de conseguir deixar a Ucrânia — Foto: Reprodução

 

Edson e os amigos foram encontrados pela brasileira Clara Magalhães, que mora na Alemanha e se mobilizou com outros brasileiros que residem Europa para criar a Frente Brazuca, que visa ajudar compatriotas a sair da Ucrânia.

“A situação na (fronteira) Polônia é caótica. Homens não saem, prioridade em todos os lugares são mulheres e crianças e em alguns lugares não sai a pé, só de carro ou ônibus”, relatou ela.

Após deixar a região da fronteira com a Polônia, o grupo ainda tentou atravessar a fronteira com a Eslováquia, mas de deparou com 60 quilômetros de fila. Os brasileiros então seguiram viagem até a fronteira com a Hungria, onde encararam uma fila de 2 km de carros e conseguiram atravessar.

 

Brasileiro que tenta sair da Ucrânia relata dificuldade para entrar na Polônia

Brasileiro que tenta sair da Ucrânia relata dificuldade para entrar na Polônia

Drama

 

Edson Fernando deixou a cidade de Lviv com um grupo de colegas atletas em busca de refúgio na Polônia. Eles fizeram parte do percurso a pé, mas quando chegaram na fronteira da Polônia não conseguiram entrar.