Governo faz consulta sobre regulação da publicidade infantil

R7

O ministro da Justiça, Sergio Moro
Antonio Cruz/Agência Brasil

O Ministério da Justiça e Segurança Pública abriu consulta pública para avaliar uma proposta de norma para regulamentação da publicidade direcionada ao público infantil. A sondagem ficará aberta até o dia 27 de fevereiro, no site do órgão. Para algumas organizações da sociedade civil, contudo, a prática é ilegal e a iniciativa pode abrir espaço para a sua permissão.

Segundo a proposta do ministério, o anúncio seria permitido desde que preservasse “o direito ao desenvolvimento físico, mental, moral, espiritual e social da criança, em condições de liberdade e de dignidade” e não dirigisse “diretamente apelo imperativo de consumo”.

O texto veta outras práticas, como provocar discriminação, colocar crianças em situações incompatível com sua condição de “hipervulnerabilidade”, empregar crianças como modelos para vocalizar sugestão de consumo, utilizar formato jornalístico, afirmar características específicas encontradas em todos os produtos e exibir situações geradoras de pressão ou medo.

Leia Mais

Embrapa desenvolve hambúrguer sem carne

Agência Brasil

Embrapa desenvolve Novo Burger, um hambúrguer sem proteína animal, feito com fibra de caju e proteína de soja.
Divulgação / Embrapa

Está à venda em rede de supermercados no Estado do Rio de Janeiro um hambúrguer que tem gosto tradicional, mas não é feito de carne animal. O “Novo Burguer”, no comércio há dois meses, é feito com fibra de caju, proteína de soja, cebola, tomate, pimentão, corante natural e temperos, e tem características sensoriais assemelhadas ao hambúrguer de carne.

O produto foi criado para pessoas batizadas como “flexitarianos” – aqueles indivíduos que apesar de gostarem de carne querem balancear a dieta e buscam reduzir o consumo de carne. “São diferentes de vegetarianos ou veganos que não gostam do sabor da carne e não querem alimentos que simulem a carne”, explica a engenheira de alimentos Janice Ribeiro Lima.

Ela é pesquisadora da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, a Embrapa, na unidade da estatal responsável por desenvolver agroindústria de alimentos, e que fica no Rio de Janeiro. Ela começou a criar alternativas para carne em pesquisas iniciadas em 2007, quando ainda trabalhava na Embrapa do Ceará.

Leia Mais

Prefeitura do Natal divulga resultado da seleção pública para atrações do Carnaval 2020

A Prefeitura do Natal, através da Secretaria de Cultura (Secult-Funcarte), publicou na edição desta sext-feira (31) do Diário Oficial do Município (DOM), o resultado da seleção pública para atrações musicais e revelações para o Carnaval de Natal 2020.

Foram selecionadas 40 atrações na categoria 1 (atração musical) e 4 na categoria 2 (revelação). Um total de 94 candidatos concorreram ao processo. Os artistas selecionados irão compor a programação do Carnaval de Natal e serão distribuídos pelos Polos de Folia. 

Confira o resultado:

Leia Mais

Pesquisa vai acompanhar hábitos alimentares de brasileiros por 10 anos

Agência Brasil

restaurantes.jpg
Agência Brasil

Uma pesquisa da Universidade de São Paulo (USP) vai acompanhar, por dez anos, os hábitos de alimentação de 200 mil brasileiros. O estudo, chamado NutriNet Brasil, será coordenado pelo Núcleo de Pesquisas Epidemiológicas em Nutrição e Saúde da Faculdade de Saúde Pública da USP em parceria com o Ministério da Saúde.

A intenção da pesquisa é identificar padrões de alimentação praticados em diferentes regiões do país e analisar a relação deles com o risco de doenças crônicas que afetam os brasileiros.

“A alimentação inadequada lidera o ranking dos fatores de risco relacionados à carga global de doenças no mundo. É o fator de risco que mais contribui para mortalidade”, destacou a coordenadora de Alimentação e Nutrição da Secretaria de Atenção Primária, do Ministério da Saúde, Gisele Bortolini.

Leia Mais

1ª morte por coronavírus fora da China é confirmada nas Filipinas

G1

As Filipinas confirmaram neste domingo (2) a primeira morte pelo novo coronavírus fora da China. A vítima é um chinês de 44 anos que estava em Manila, e é o segundo caso da doença confirmado no país.

O novo coronavírus já matou 304 pessoas na China e infectou mais de 14,3 mil.

Segundo o Departamento de Saúde das Filipinas, o homem morreu no sábado (1º), e estava internado em um hospital da capital filipina desde 25 de janeiro com quadro de pneumonia.

“Ele desenvolveu pneumonia grave. Nos últimos dias, estava estável e apresentava sinais de melhora. No entanto, a condição do paciente piorou nas últimas 24 horas, resultando em sua morte ”, disse o secretário de Saúde Francisco Duque

Leia Mais